Corinthians vence Mirassol em jogaço de cinco gols

Corinthians Corinthians 3 x 2 Mirassol Mirassol

Paulista 2017

Corinthians vence Mirassol em jogaço de cinco gols

Por Isabela Abrantes

418 mil visualizações 460 comentários Comunicar erro

Em jogo disputado, Corinthians encarou o Mirassol e venceu por 3 a 2

Em jogo disputado, Corinthians encarou o Mirassol e venceu por 3 a 2

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Na briga direta pela liderança da classificação geral do Campeonato Paulista, Mirassol e Corinthians protagonizaram um duelo de bonito futebol na noite deste sábado. As equipes se enfrentaram na cidade homônima ao time, no estádio José Maria de Campos Maia, o Maião.

Vindo da vitória no clássico contra o Palmeiras, o Timão tinha o desafio de bater o único time ainda invicto na competição. Com um ponto apenas de diferença entre as equipes, o confronto colocou em xeque o eficiente ataque do Mirassol, com 11 gols no Campeonato, com a sólida defesa corinthiana, a menos vazada da competição, com apenas dois gols sofridos.

Com elenco titular repleto de jogadores da base - seis, no total, se contarmos com o atacante Jô, revelado no Corinthians - Carille também aproveitou a partida para estrear novo esquema tático. O treinador abriu mão do 4-1-4-1, e voltou ao mais tradicional 4-4-2, apostando na equipe com dois atacantes.

Assim, o time foi a campo com Cássio; Léo Príncipe, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Fellipe Bastos e Léo Jabá; Kazim e Jô. Já o Mirassol, do técnico Moisés Egert foi a campo com Vagner; Mário Sergio, Wallace, Edson Silva e Raul; William, Wellington Junior, Paulinho e Xuxa; Rodolfo e Zé Roberto.

Primeiro tempo

O jogo começou agitado, com o Corinthians mostrando organização defensiva e Aos 25 minutos, Fellipe Bastos levou o amarelo por falta em Wellinton Junior - a falta veio segundos depois do jogador corinthiano levar um chapéu do adversário.

Aos 28 minutos, o Corinthians esteve muito perto de abrir o placar com jogada de Maycon e Arana. O chute, porém, ficou na defesa do Mirassol, que encaixou um contra ataque mortal com Zé Roberto. Dominando na entrada da área, o atacante mirassolense chutou rasteiro de fora da área e surpreendeu o goleiro Cássio, marcando 1 a 0 para o mandante.

Nos minutos seguintes, o Timão mostrou sentir o jogo e mais desorganizado e nervoso abriu espaço para o adversário, se expondo mais no campo defensivo. Mais tenso e mais faltoso, o Corinthians levou a segunda advertência: Pedro Henrique dessa vez levou o amarelo.

A equipe alvinegra conseguiu se reorganizar, e assim, aos 38 minutos, o Corinthians finalmente empatou. Em lance de bola parada, Arana lançou a bola para área e na confusão, Kazim dominou mas não conseguiu chutar. O zagueiro Pablo, porém, aproveitou a sobra e deixou tudo igual no placar.

O placar, porém, ainda não fazia justiça ao primeiro tempo primoroso do Corinthians. Procurando o tempo todo o gol, a equipe foi premiada pela persistência aos 43 minutos: Jô cruzou para Kazim na área, que deu de bicicleta, mas não pegou bem na bola. Maycon, no entanto, estava no lance e não perdoou, e chutou para concluir a virada antes do intervalo.

Segundo tempo

A chuva começou a cair assim que a partida recomeçou em Mirassol. O campo molhado diminui o ritmo do jogo que esteve muito aquém da correria da primeira etapa. O Corinthians continuou bem no setor defensivo e deu poucas chances para a equipe da casa.

Apesar disso, o Mirassol não desistiu do jogo e chegou a levar perigo, em especial com chutes potentes de fora da área. O jogo correu sem tantos acontecimentos até que, atendendo a pedidos da torcida presente, Carille fez a primeira mudança na equipe. Aos 25 minutos atacante Romero entrou no lugar de Léo Jabá.

Aos 32 minutos Kazim ganhou um presente do zagueiro do Mirassol. Após cruzamento de Maycon, zagueiro e goleiro do Mirassol se enrolaram na defesa e o atacante corinthiano recebeu a bola livre para chutar. O campo molhado, porém, prejudicou o jogador que chutou a bola espirrada para a fora e lamentou muito a oportunidade perdida.

No lance seguinte, Carille fez mais uma mudança na equipe. Marciel entrou em campo no lugar do atacante Jô, e mudou o esquema tático da equipe, que ficou apenas com um atacante de ofício: o paraguaio Angel Romero.

O jogador mal entrou e já cometeu uma falta perigosa na entrada da área. O lance foi decisivo para o Timão, já que meia Xuxa, do Mirassol, bateu com muita categoria e deixou tudo igual no placar. Com o jogo em 2 a 2, o Corinthians precisou ir pra cima: e funcionou.

Aos 39 minutos, após cobrança de escanteio, o zagueiro Pedro Henrique apareceu na área adversária e não perdoou um erro da defesa do Mirassol, quando o goleiro Vagner espalmou e a bola desviada da defesa apareceu limpa para o cabeceio. Após o lance, Carille fez a última mudança com a saída de Maycon para a entrada de Moisés.

A partida seguiu disputada até o minuto final, mas terminou com a vantagem de 3 a 2 para o Timão. Com o resultado, a equipe corinthiana agora assume a liderança geral da competição e chega aos 15 pontos no Campeonato Paulista.

O próximo jogo do Corinthians, na quarta-feira, acontece às 21h45 contra o Brusque-SC, pela Copa do Brasil. No Paulista, o próximo confrontro é no sábado, e é novamente um clássico: desta vez a equipe enfrenta o Santos na Arena Corinthians.

Veja mais em: Campeonato Paulista.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Mirassol