Ronaldo Fenômeno é quem se convidou para jogar no Corinthians; conheça a verdadeira história

Ronaldo Fenômeno é quem se convidou para jogar no Corinthians; conheça a verdadeira história

Por Meu Timão

10 mil visualizações 59 comentários Comunicar erro

Ronaldo é quem se convidou para jogar no Corinthians

Ronaldo é quem se convidou para jogar no Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Andrés Sanchez? Luis Paulo Rosenberg? Afinal, quem foi o responsável por levar Ronaldo Fenômeno ao Corinthians? Ninguém.

É isso mesmo. Ninguém levou Ronaldo ao Corinthians. Foi o próprio Fenômeno quem se convidou para acertar com o Timão e assim deixar o Flamengo (onde realizava treinos) para trás.

Quem fez a revelação foi o médico do Corinthians Joaquim Grava. Em entrevista concedida nesta terça-feira à Rádio Jovem Pan, ele foi questionado se era verdade que o marketing corinthiano, na época conduzido por Rosenberg, é quem fora o verdadeiro responsável por tirar Ronaldo do Rio de Janeiro e fixá-lo no Parque São Jorge.

"Ninguém acordou pensando em contratar o Ronaldo. A contratação surgiu de um almoço entre eu, o Ricardo Rocha, o Andrés e o Rosenberg. Ele estava pensando em encerrar a carreira, porque no Flamengo não estava dando certo a recuperação", contou.

Leia mais: Filho de Ronaldo revela: Fenômeno deixou Flamengo de lado e hoje é torcedor do Corinthians

"Aí fui para o Rio de Janeiro ver o joelho dele. E levei o Andrés comigo. Aí chegamos no apartamento do Ronaldo, avaliei, chamei o Bruno Mazziotti, vi as ressonâncias. E falei para o Ronaldo que ele tinha condições para voltar a jogar, que tinha joelho melhor do que muitos atletas. Aí continuamos a conversa, fomos até a varanda do apartamento, ele se propôs a jogar no Corinthians. O Andrés respondeu 'não tenho dinheiro, não dá'", continuou.

O que parecia uma brincadeira - tanto por parte da informalidade de Ronaldo ao se convidar quanto da surpreendente negativa do então presidente corinthiano -, se tornou sério dias depois. Joaquim Grava deu aval médico à contratação, que passou a ser conduzida pela alta cúpula alvinegra em contato com o representante do jogador.

"Aí conversei com o Ronaldo sobre a possibilidade. Eu falei que o Corinthians não tinha centro de treinamento, mas havia reformado todo o Parque São Jorge, com aparelhagem de primeiro mundo. Aí ele topou a ideia. Aí ficou aquele negócio de muita gente falando que não daria certo... Mas o André me questionou se eu achava uma boa. Aí eu falei para trazer. E aí o Andrés foi para o Rio buscar o Ronaldo", lembrou.

Por fim, Joaquim Grava ainda aproveitou para deixar uma indireta no ar, destinada a pessoas que eventualmente se aproveitam da contratação de Ronaldo para se promoverem no ambiente corinthiano:

"Depois todo mundo quer ser oportunista dizendo que foi responsável por isso, por aquilo..."

Veja mais em: Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians ficou no 1 a 1 com o Santos neste domingo

    Corinthians tem expulsão errada e pênalti mal marcado, mas consegue manter empate com o Santos

    ver detalhes
  • Futsal do Corinthians entra em quadra na noite desta segunda-feira

    Corinthians recebe gaúchos no Parque São Jorge em jogo adiado da Liga Nacional de Futsal

    ver detalhes
  • Fagner e Clayson, além de Ramiro, são os jogadores do Corinthians mais advertidos com amarelo no primeiro semestre

    Primeiro semestre do Corinthians: uma única expulsão e quarteto com mais cartões amarelos

    ver detalhes
  • Walter ganhou mais um interessado na sua contratação

    Com foco ainda em 2019, Ceará demonstra interesse em contratação de Walter

    ver detalhes

Comente a notícia: