Cristian pode acionar Corinthians na Justiça depois de ser afastado

Cristian pode acionar Corinthians na Justiça depois de ser afastado

Por Meu Timão

6.7 mil visualizações 143 comentários Comunicar erro

Cristian foi afastado após declarações polêmicas contra o clube

Cristian foi afastado após declarações polêmicas contra o clube

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O polêmico afastamento de Cristian, confirmado ao final da tarde desta quarta-feira pelo Corinthians, embora esteja definido, pode ganhar novos ingredientes em breve. Aos 33 anos, o volante possui contrato até o fim da temporada e, consequentemente, carrega o direito de receber pelo valor acordado. Em contrapartida, também tem a possibilidade de optar por outro método de se desligar do clube, através de uma rescisão contratual.

Punido pelo Corinthians depois de disparar duras críticas e acusar os próprios funcionários do clube de omissão com seu trabalho, Cristian agora não integra mais o elenco de Fábio Carille. O treinador, inclusive, foi outro empecilho na visão do volante, tendo em vista que Cristian sequer marcou presença na lista dos jogadores inscritos para o Campeonato Paulista.

Fato é que, com cerca de R$ 4,5 milhões a receber do Corinthians até o fim de seu vínculo, entre salários e demais atributos, Cristian, que se posicionou a respeito do fato na manhã desta quinta-feira, pode encerrar seu contrato sem ter de pagar nada, caso acione a Justiça contra o clube.

"É mais uma decisão arbitrária, temerária e que ignora todos os preceitos legais. Diversas fontes do Direito demonstram essa violação. O trabalhador tem direito à ocupação efetiva, que é trabalhar em condições iguais a todos os outros trabalhadores", confirma advogado João Henrique Chiminazzo, advogado especialista em direito desportivo, ao UOL Esporte.

Conforme menciona João, a opção do Corinthians por colocar Cristian em trabalhos separados do elenco principal, pode render ao clube futuras punições judiciais. De acordo com a legalidade, a não utilização do volante no elenco seria considerada normal, desde que o mesmo realizasse sua preparação junto ao elenco.

"A partir do momento em que você o coloca para treinar separado, você viola o direito de ocupação efetiva. De fato, só jogam 11 jogadores, e não se questiona ser titular ou não, mas o jogador precisa ser preparado nas mesmas condições que os outros, ter os mesmos treinamentos que os outros", acrescentou.

À espera de como serão os primeiros dias de afastamento, Cristian irá iniciar seu pior momento no Corinthians. Em baixa ao longo da segunda passagem - com início em 2015 - o volante agora se coloca à disposição por ofertas de outros clubes. Sobre as condições disponibilizadas a Cristian depois da punição, o advogado salientou os direitos do próprio jogador, caso não sejam cumpridos.

"O trabalhador é retirado de uma situação de trabalho e colocado em uma situação prejudicial para que ele não se sinta à vontade e peça demissão. Os tribunais brasileiros já têm decidido que treinar separado dentro do futebol é falta contratual, e pode ensejar rescisão de contrato de trabalho e, consequentemente, permitir ao atleta cobrar a multa contratual e dano moral", finalizou, citando a possibilidade de punição ao Timão.

Se depender do que o Corinthians divulgou após o anúncio do afastamento, Cristian será preservado e terá condições de um jogador comum. Porém, desintegrado do elenco de Carille, o ex-camisa 16 realiza trabalhos em horários separado dos demais jogadores no CT Joaquim Grava.

Veja mais em: Cristian.

Veja Mais:

  • Bernard, Marinho e Sánchez são algumas sugestões da Fiel ao Corinthians

    Sete sugestões de contratação da Fiel ao Corinthians para o segundo semestre de 2018

    ver detalhes
  • Renan Areias (no centro) está no Corinthians desde os seis anos de idade

    Corinthians empresta capitão do Sub-20 para o Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Fessin já marcou três gols pelo Corinthians no Paulista Sub-20

    Fessin marca, Corinthians vence no Paulista Sub-20 e diminui distância para rival

    ver detalhes
  • Corinthians fechou a primeira fase na liderança e invicto no Paulista Feminino

    Corinthians vence Portuguesa e fecha primeira fase do Paulista Feminino líder invicto

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes