Marquinhos Gabriel reclama de pênalti contra Botafogo e comenta desconfiança de parte da torcida

98 mil visualizações 123 comentários Comunicar erro

Marquinhos Gabriel atuou no segundo tempo da vitória de 1 a 0 do Timão sobre o Botafogo-SP

Marquinhos Gabriel atuou no segundo tempo da vitória de 1 a 0 do Timão sobre o Botafogo-SP

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

De volta para o time do Corinthians, Marquinhos Gabriel comentou um lance polêmico que protagonizou no minuto final da vitória de 1 a 0 sobre o Botafogo-SP, deste domingo. O meio-campista reclamou a não marcação de pênalti no momento em que foi atingido pelo marcador adversário, dentro da área, já nos acréscimos e não deixou de comentar sobre a desconfiança da Fiel em seu futebol.

“Pênalti claro, né? Não sei por que ele não deu, quem sabe 0 a 0 ele daria. Independente de ser no primeiro ou último minuto, estar 0 a 0 ou 1 a 0, ele tem que dar o pênalti. Se foi pênalti, seria mais um gol e a gente estaria mais tranquilo”, comentou o jogador enquanto deixava a Arena Corinthians, palco do jogo.

Ainda sobre o lance, Marquinhos ressaltou a busca pela jogada e o impacto da decisão da arbitragem. “Lógico, a gente trabalha tanto pra, quando entrar em campo, poder fazer essas jogadas. Quando acontece o adversário impede a gente, com falta ainda, o juiz tem que marcar, não tem o que pensar. Não sei o que ele pensou na hora, pra eu seria muito importante que ele marcasse, mas agora é pensar na quarta-feira na Copa do Brasil”, completou.

Longe dos gramados desde o dia 9 de fevereiro, o meia corinthiano se recuperou de problemas físicos e voltou ao banco de reservas do técnico Fábio Carille neste fim de semana. Alvo de desconfiança da torcia do Corinthians, Marquinhos comentou sua posição sobre o apoio das arquibancadas e garantiu foco no trabalho.

“Metade gosta, metade tem um pouquinho de desconfiança. Como falei, vou continuar trabalhando no dia a dia pra continuar a ter a confiança de todo mundo. A confiança da diretoria eu já tenho, agora é ter a torcida para o nosso lado, precisamos estar juntos. É fazer bons jogos que a torcida vem para o nosso lado”, contou.

Questionado sobre a má fase dos companheiros Giovanni Augusto e Guilherme, além da própria, Marquinhos desvencilhou uma análise específica. O jogador ressaltou o trabalho em equipe e colocou a vitória como principal ponto para recuperar o apoio do torcedor.

“Acho que não, acho que não dá pra falar especificamente de nós três. Eu não vou ganhar jogo sozinho, nós três não vamos ganhar sozinhos. Quando o grupo todo está bem focado, está sabendo o que quer, acho que todo mundo vai ganhar. Quando a equipe estiver vencendo e conseguirmos faze gols, o torcedor vai readquirir essa confiança que tinham na gente”, finalizou.

Veja mais em: Marquinhos Gabriel, Campeonato Paulista e Erros de arbitragem.

Veja Mais:

  • Corinthians se manteve entre os cinco primeiros do Brasileiro

    Corinthians conta com virada nos acréscimos e fica entre os cinco melhores no BR-19; veja tabela

    ver detalhes
  • Levantamento de bandeirões no Setor Norte foi um dos motivos da multa pesada por parte da Conmebol

    Corinthians recebe multa pesada da Conmebol por três motivos diferentes; entenda

    ver detalhes
  • Felipe Vezaro foi o grande nome do Corinthians na partida desta segunda-feira

    Corinthians conta com Vezaro em noite espetacular e bate Bauru na primeira vitória no NBB

    ver detalhes
  • Neto comentou sobre faltas de Sornoza, erro de Marllon, fase de Urso e muito mais

    Neto critica Marllon, ironiza Sornoza batedor de falta e cobra até 'pata de Urso' na TV

    ver detalhes
  • Duelos contra o Santos mostram queda da confiança da torcida em Carille

    Linha do tempo: clássicos contra o Santos evidenciam queda do Corinthians de Carille na temporada

    ver detalhes
  • Corinthians vive momento ruim, mas segue com boas chances de ir ao principal torneio do continente

    Mesmo em mau momento, Corinthians segue com boas chances de ir para a Libertadores

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: