Carille admite rivalidade diante do Internacional e projeta postura do Corinthians

Carille admite rivalidade diante do Internacional e projeta postura do Corinthians

3.0 mil visualizações 40 comentários Comunicar erro

Carille projetou a partida do Timão contra o Internacional, desta quarta-feira

Carille projetou a partida do Timão contra o Internacional, desta quarta-feira

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Os confrontos entre Corinthians e Internacional seguem com uma das maiores rivalidades do futebol brasileiro e o encontro entre as equipes, desta quarta-feira, pela quarta fase da Copa do Brasil, promete não ser diferente. Admitindo o clima tenso que ronda a partida, que acontece às 21h45 (de Brasília), no estádio Beira-Rio, o técnico Fábio Carille comentou o preparo do Timão diante do adversário e projetou a postura da equipe duelo.

O clima de rivalidade entre o Timão e a equipe de Porto Alegre cresceu a partir da temporada de 2009, quando as equipes definiram o título da Copa do Brasil e os corinthianos levaram a melhor. A tensão aumentou ainda mais no último ano, quando o Corinthians venceu o adversário em Itaquera e o colocou de vez na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Com isso em mente, Carille acredita em um jogo disputado contra a equipe do Sul.

Existe sim uma rivalidade, desde 2009 são jogos pegados, de muita provocação antes de começar a partida. O grupo está bem preparado e consciente para fazer um jogo lá”, comentou o técnico do Corinthians em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, nesta terça-feira.

A espera por um duelo “brigado” levou a Carille uma preocupação: a postura do Timão. O técnico ressaltou a necessidade do time em superar a pressão, para evitar uma possível expulsão ou confusão com o adversário. “Peço que eles se concentrem no jogo, na bola, é importante terminarmos com 11 jogadores. Esses duelos têm muitas discussões, passei antes do treino que eles têm de se concentrar nas ações do jogo, na bola, para não sermos prejudicados por nada", finalizou.

Neste quesito, Carille pode se apoiar nos índices do elenco, já que o Corinthians não teve nenhum jogador expulso em partidas oficiais até o momento. O único caso na equipe alvinegra aconteceu no clássico contra o Palmeiras, quando o volante Gabriel foi confundido com Maycon e acabou levando um cartão vermelho erroneamente. O equívoco foi resolvido no Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo, que cancelou a advertência do corinthiano.

Veja mais em: Fábio Carille e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Corinthians fez dois gols no final do jogo e garantiu a classificação

    Corinthians vira no fim, despacha o Avenida e avança na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Quem para o homem?! - Gustagol comemora oitavo gol pelo Corinthians em 2019

    Atacantes do Corinthians empatam na eleição do craque da segunda fase da Copa BR; veja avaliações

    ver detalhes
  • Urso beija escudo do Corinthians ao comemorar primeiro gol pelo clube

    Carille se encanta com Sornoza e valoriza credenciais de Urso: 'Sei que o corinthiano gosta'

    ver detalhes
  • Avelar é dúvida para compromisso do fim de semana; Timão se reapresenta nesta quinta

    Avelar deixa Arena mancando e pode se tornar desfalque para Carille

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes