Odebrecht propõe até perdão de dívida ao Corinthians em tentativa de 'fugir' da Arena

Odebrecht propõe até perdão de dívida ao Corinthians em tentativa de 'fugir' da Arena

Por Meu Timão

Arena Corinthians pode se desvincular da Odebrecht em breve

Arena Corinthians pode se desvincular da Odebrecht em breve

Foto: Bruno Trolo/Divulgação

A relação entre o Corinthians e a Odebrecht pode estar com os dias contados. Ao menos isso é que aponta uma reportagem publicada nesta quinta-feira pelo portal Uol, na qual é revelado um plano da construtora de "fugir" do estádio de Itaquera.

Principal alvo da Polícia Federal na Operação Lava Jato, a construtora tenta limpar seu nome dentro do possível. Uma das medidas que vêm sendo tomadas pela empresa é a de se afastar de área nas quais não é especializada - estádios de futebol, por exemplo.

Dessa forma, a Odebrecht vem mantendo contato com pessoas responsáveis nos mais altos níveis hierárquicos pela Arena Corinthians. Entre as diversas propostas verbais que vem sendo cogitadas está até mesmo o perdão de parte da dívida que o clube tem com a construtora.

Ainda de acordo com o Uol, diretores da Odebrecht estudam deixar de lado cerca de R$ 200 milhões que deveriam ser pagos pelo Corinthians. Uma das propostas esboçadas diz respeito ao perdão dos R$ 500 milhões relativos a debêntures da Caixa Econômica Federal em troca da aquisição dos títulos dos Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento, que valem algo em torno de R$ 420 milhões.

Oficialmente, ainda não há negociação entre Corinthians e Odebrecht pelo perdão parcial da dívida. Conselheiros do clube ficam com um pé atrás em relação a tal possibilidade, haja vista que auditorias feitas recentemente no estádio identificaram mais de R$ 200 milhões em obras inacabadas e contratos fraudulentos.

O ex-presidente Andrés Sanchez, homem-forte por trás da Arena, falou sobre a possibilidade de negociação com a Odebrecht: "Isso vai acontecer um dia, mas não tem nada a ver. Isso é balela. A Odebrecht não senta com ninguém se não for comigo, esquece. Não chegou nada. Vai acontecer, é questão de tempo para sair todo mundo".

Vale lembrar que Andrés Sanchez é suspeito de recebimento de R$ 3 milhões via caixa 2 de acordo com lista de pagamento de propina da própria Odebrecht.

Veja mais em: Arena Corinthians e Andrés Sanchez.

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes