Zé Maria cita diferença com decisão de 77 e vê Corinthians com título encaminhado

2.4 mil visualizações 30 comentários

Por Meu Timão

Zé Maria durante a decisão do Paulista de 79, contra a Ponte Preta

Zé Maria durante a decisão do Paulista de 79, contra a Ponte Preta

Ronaldo Kotscho/Placar

Ídolo corinthiano e peça fundamental na equipe campeã paulista em 77, Zé Maria falou sobre a decisão do Campeonato Paulista deste ano, entre Corinthians e Ponte Preta, após a vitória do Timão por 3 a 0, neste domingo. O ex-lateral citou uma diferença entre a decisão deste ano e a do título que tirou do Corinthians o jejum de 23 anos sem levantar um troféu. Para Zé Maria, na decisão de 77, o time do Corinthians era inferior ao da Ponte Preta, o que não acontece neste ano.

“Em 77, nós chegamos contra um time que a gente mesmo achava que era tecnicamente melhor que o nosso. Foi um jogo da técnica contra a força. E nós ganhamos o jogo na garra. O time da Ponte Preta de hoje é igual ao time do Corinthians. Não tem muita diferença”, afirmou Zé Maria, durante participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta.

Atualmente com 67 anos, o ex-atleta elogiou a postura que a equipe de Fábio Carille teve neste domingo. Ele ainda afirmou que a Ponte Preta estava irreconhecível e que a equipe de Campinas não jogou quase nada.

“O Corinthians entrou mais bem postado do que a Ponte Preta e foi feliz nas conclusões. A Ponte teve alguns lances, mas mais de bolas esporádicas. O Corinthians foi mais agressivo, a Ponte foi um time irreconhecível, não jogou quase nada”, comentou o ex-lateral.

Zé Maria concluiu dizendo que o Corinthians encaminhou bem o título do Paulistão. O ex-atleta disse que o Timão construiu uma vantagem quase impossível de ser revertida, mas alertou que a Ponte Preta virá diferente para o confronto.

“É quase impossível o Corinthians não levar esse título. Encaminhou bem. Construiu uma vantagem quase impossível de ser revertida. É uma defesa que toma poucos gols e terá de sofrer três. É muito difícil o revés”, disse, antes de fazer um alerta. “A Ponte Preta vai estar com o brio machucado, vai ser um time totalmente diferente. Não vai ser esse jogo tão tranquilo”, concluiu Zé.

Zé Maria jogou por 13 anos no Corinthians e tem seu nome escrito na história do clube. Pelo Timão, ele conquistou os títulos Paulista de 1977, 1979, 1982 e 1983. Uma das cenas mais marcantes em sua passagem pelo clube, é a do ex-lateral jogando com a camisa ensanguentada, após ter seu supercílio aberto e insistir para voltar a partida, durante a decisão do Paulista de 79.

O próximo compromisso do Corinthians com a Ponte Preta é no próximo domingo pelo jogo de volta da decisão do Campeonato Paulista, às 16h, na Arena Corinthians. O Timão tem a vantagem de poder perder por até dois gols de diferença, já que venceu a partida de ida por 3 a 0.

Veja mais em: Ídolos do Corinthians e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Mantuan abriu o placar em noite de mais uma vitória emocionante do Corinthians

    Corinthians bate o Vasco com mais um gol de 'talismã' Everaldo nos minutos finais

    ver detalhes
  • Mantuan marca o primeiro gol do Corinthians na partida contra o Vasco

    Mantuan é eleito o melhor em campo na vitória do Corinthians; volantes são os piores

    ver detalhes
  • Everaldo marcou o gol da vitória alvinegra no Rio de Janeiro

    'Cristiano Everaldo', Mancinismo e Cazares em alta: Fiel repercute vitória do Corinthians

    ver detalhes
  • Mancini chegou a sua segunda vitória pelo Corinthians

    Queda no segundo tempo, Everaldo bem e recuperação pós-goleada: Mancini comenta vitória do Timão

    ver detalhes
  • Gustavo Mantuan será desfalque nos dois próximos jogos do Corinthians

    Após gol e boa partida, Mantuan vira desfalque para o Corinthians nos dois próximos jogos

    ver detalhes
  • Corinthians bateu um rival direto na luta contra o rebaixamento

    Corinthians ganha posições e dorme no meio da tabela do Brasileirão; rodada começa no sábado

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: