Além da vitória: Maycon se vê 'responsável' por gerações futuras do Corinthians

Além da vitória: Maycon se vê 'responsável' por gerações futuras do Corinthians

3.0 mil visualizações 34 comentários Comunicar erro

Maycon (à dir.) ao lado de Pedrinho, promessa do Corinthians promovida aos profissionais em 2017

Maycon (à dir.) ao lado de Pedrinho, promessa do Corinthians promovida aos profissionais em 2017

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Titular absoluto do Corinthians com apenas 19 anos, Maycon se vê numa situação pouco comum: corresponder às expectativas da diretoria e da comissão técnica do Timão para que outras pratas da casa tenham oportunidades na equipe profissional do clube no futuro.

Maduro, o volante concedeu entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, ao lado do zagueiro Pedro Henrique, também cria da base, e não escondeu o desafio que está sobre seus ombros. O meia tem a consciência de que precisa mostrar bom futebol e, assim, evitar que o espaço destinado aos garotos oriundos de divisões menores possa se fechar ainda mais.

“Sabemos que essa oportunidade muitas gerações não tiveram no Corinthians. Estamos tendo muita oportunidade e conseguindo corresponder, conseguimos um título nesse primeiro semestre que nos dá muita confiança”, lembrou Maycon. “É tudo fruto que fazemos na base, e agora é um trabalho futuro: tem de jogar por nós e para outros garotos também terem oportunidade depois”, admitiu o camisa 8.

O elenco campeão paulista de 2017 contou com alguns jogadores formados no Parque São Jorge, entre eles o goleiro Caique, o zagueiro Pedro Henrique, o meia Pedrinho e o atacante Léo Jabá, além do próprio Maycon. Segundo o jogador, que disputou o Brasileirão 2016 pela Ponte Preta, o primeiro passo é vencer o Atlético-GO no final de semana.

Leia também: Ao Meu Timão, Maycon vibra com bom momento, conta como ganhou camisa 8 e dá detalhes da ascensão do Corinthians

“Nossa obrigação é fazer um grande jogo, acertar o que estamos errando, porque se fizermos isso vamos ficar muito perto da vitória. Estamos trabalhando para corrigir o que erramos. O Corinthians entra sempre de igual para igual, vai ser um grande jogo, temos de entrar ligados para corrigir os erros e fazer um grande jogo. Assim, consequentemente ficamos mais perto das vitórias”, declarou o volante.

“Sabemos que precisamos melhorar muito, estamos trabalhando bastante. Uma equipe que começou a trabalhar esse ano, e já conquistamos um título que nos deu muita confiança. É uma equipe que quer lutar pelos títulos agora do Brasileiro e Sul-Americana, temos uma margem de crescimento muito grande. Estamos evoluindo em algumas partes, mas em alguns jogos dentro de casa estamos deixando cair”.

Com Maycon, o Corinthians vai a Goiânia no domingo com a missão de conquistar sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro. O fato de o jogo ser disputado longe da Arena Corinthians, onde vem tropeçando nas últimas partidas – empate com a Chapecoense, por exemplo, pela estreia do torneio nacional –, não chega a ser tão incômodo.

Temos alguns pontos específicos para melhorar, mas nossa evolução fora de casa é nítida. No meio de semana o Atlético-GO tem jogo, e nós temos esse tempo para trabalhar. Vamos nos preparar para tentar buscar os três pontos”, concluiu.

Veja mais em: Maycon e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Jonathas está na mira do Corinthians; atacante está no Hannover, da Alemanha

    Uma contratação, uma baixa e duas negociações: como se reapresenta o Corinthians pós-folga

    ver detalhes
  • Éric Cantona utilizou imagem de Sócrates para criticar Neymar

    Ídolo francês usa foto de corinthiano Sócrates para dar indireta a Neymar

    ver detalhes
  • Goleada da Inglaterra inspirou memes de corinthianos

    Torcida do Corinthians usa goleada da Inglaterra para provocar São Paulo nas redes sociais

    ver detalhes
  • Bernard, Marinho e Sánchez são algumas sugestões da Fiel ao Corinthians

    Sete sugestões de contratação da Fiel ao Corinthians para o segundo semestre de 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes