Confiante, Pedro Henrique quer fazer Corinthians esquecer novas contratações

Confiante, Pedro Henrique quer fazer Corinthians esquecer novas contratações

3.1 mil visualizações 40 comentários Comunicar erro

Colocado à prova, Pedro garante estar preparado para corresponder às expectativas no Timão

Colocado à prova, Pedro garante estar preparado para corresponder às expectativas no Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O zagueiro Pedro Henrique deve ganhar nova oportunidade na defesa do Corinthians no próximo domingo, contra o Atlético-GO, pelo Brasileirão. Revelado nas categorias de base do clube, o defensor de 21 anos pretende acabar com eventuais dúvidas em torno do seu futebol e dar respostas não só para torcida e comissão técnica como à diretoria do Timão.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira à tarde, no CT Joaquim Grava, Pedro Henrique esbanjou confiança e garantiu que fará o que estiver ao seu alcance para fazer o Corinthians mudar de ideia no que diz respeito a novas contratações para o setor defensivo – ideia, aliás, como revelou o Meu Timão na terça-feira, que já começa a ser deixada de lado.

“Já provamos no jogo passado, quando o Léo Santos entrou bem. Contra a Ponte, no Paulista, também demos conta do recado. É ganhar mais confiança, ritmo de jogo e quem sabe eles esquecem esse negócio de reforço. Mas como eu falei: se vier, é para ajudar, vai ser bem recebido, porque sabemos que o campeonato é longo”, afirmou Pedro Henrique, principal candidato à vaga de Balbuena, lesionado.

“Tenho de dar sequência no trabalho. Vem trabalhando firme e forte para dar conta do recado quando aparecer a oportunidade. Meus companheiros e comissão técnica me dão muita confiança para eu fazer meu trabalho em campo”, acrescentou o beque.

Sincero, Pedro comemorou o fato de o Timão ter olhado com maior carinho para as pratas da casa em 2017. A equipe que conquistou o Campeonato Paulista e foi mantida neste início de Campeonato Brasileiro, por exemplo, tem Fagner, Guilherme Arana, Maycon e Jô, todos formados no “terrão”, antigo nome dado às divisões de base do clube.

“Fizemos muito felizes pelas oportunidades, a garotada tem de aproveitar da melhor maneira possível. Quando a oportunidade surge, tem de dar o melhor e corresponder. Fico muito feliz com isso”, admitiu o zagueiro.

“A gente sabe que o Brasileiro é muito longo, tem um índice muito grande de lesão. Quem vier vai ajudar, uma disputa sadia. Vou dar meu melhor nos treinos para buscar a vaga na equipe”, concluiu.

Corinthians e Atlético-GO se enfrentam no domingo, às 16h (de Brasília), no Serra Dourada, pela terceira rodada da Série A. Com um empate e uma vitória, o Timão ocupa a quarta colocação do torneio.

Veja mais em: Pedro Henrique e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Andrés Sanchez mostrou incômodo com postura dos empresários de Balbuena

    Andrés Sanchez critica empresários de Balbuena em entrevista a jornal português

    ver detalhes
  • Timão pode erguer troféu da Liga Ouro já na sexta-feira, na casa do São José

    Corinthians vence batalha com quatro prorrogações e fica a uma vitória do título da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Maioria dos titulares de Loss já completou sétimo jogo no BR; Cássio e Fagner, sequer seis

    Doze corinthianos já completaram sete jogos no Brasileirão; veja quem ainda pode se transferir

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes