Pouco utilizado, Fellipe Bastos precisou de trabalho especial; preparador do Corinthians explica

Pouco utilizado, Fellipe Bastos precisou de trabalho especial; preparador do Corinthians explica

Por Meu Timão

5.6 mil visualizações 61 comentários Comunicar erro

Sumido, Fellipe Bastos teve de realizar trabalhos especiais de condicionamento

Sumido, Fellipe Bastos teve de realizar trabalhos especiais de condicionamento

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Uma das apostas do Corinthians para temporada, o meia Fellipe Bastos, de 27 anos, até deu indícios que poderia ser importante para a temporada alvinegra. Apesar disso, não demorou para o jogador ir para o banco e praticamente não ser mais aproveitado. Mais do que técnica, o problema do atleta foi físico, como explica Walmir Cruz, preparador do clube.

"Quando ele chegou, precisava de uma adaptação melhor, sobre a nossa metodologia de trabalho de força, que é feito com todos os atletas. Trabalhamos com ele, mas o Maycon entrou bem no time e encaixou no esquema", explicou Walmir, em entrevista ao Lance!.

Utilizado por apenas 19 minutos nos últimos 19 jogos do time de Fábio Carille, Fellipe Bastos estava nos Emirados Árabes antes de retornar ao Brasil para defender o Timão. Titular em seis das oito primeiras partidas do ano, acabou sendo submetido a um trabalho especial de recondicionamento, que durou 45 dias.

"Ele está treinando normalmente e em boas condições físicas, só faltando, lógico, o ritmo de jogo. A partir do momento que for necessária a entrada dele, ele vai corresponder tranquilamente", explicou.

"É difícil, ele jogava uma vez por semana lá e depois passou um tempo. Aqui começou a jogar duas. Acarretou um acúmulo de carga. Com certeza ele deve ter sentido. Tiramos para dar continuidade ao trabalho", concluiu.

Depois de trabalho parecido com o que foi feito recentemente com jogadores como Anderson Martins e Vagner Love, Fellipe Bastos está apto a ajudar Carille, mas tem difícil concorrência pela frente. Maycon é titular absoluto da posição e Camacho aparece como substituto imediato. A longa temporada, no entanto, faz crer que Bastos ainda pode ser importante para o clube. Para isso, a questão física já parece resolvida para o jogador.

Vale citar que o nome do jogador foi envolvido nesta sexta-feira em conversas sobre o meia-atacante Nenê, do Vasco. O atleta foi oferecido ao Corinthians, que ouviu a proposta de troca por Giovanni Augusto e Fellipe Bastos. O negócio, porém, não agradou aos dirigentes corinthianos.

Veja mais em: Fellipe Bastos.

Veja Mais:

  • Resta apenas o acerto dos jogadores com seus novos clubes para selar o negócio

    Corinthians e Atlético-MG se acertam por troca de atacantes; jogadores aceitam conversar

    ver detalhes
  • Uendel pode acertar retorno para o Corinthians em breve

    Empresário confirma que Corinthians deve acertar retorno de Uendel em janeiro

    ver detalhes
  • Ramiro assinou com o Corinthians nesta quinta-feira e é o quinto reforço para 2019

    Novo reforço do Corinthians, Ramiro se aproxima de Jadson e Luan em estatísticas do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians jogou boa parte da temporada sem estampa no espaço principal do uniforme

    Otimismo do Corinthians com patrocínio contrasta com fracasso inédito desde era Kalunga

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes