Em primeiro clássico no Brasileiro, Corinthians tenta pôr fim a tropeços na Arena

Em primeiro clássico no Brasileiro, Corinthians tenta pôr fim a tropeços na Arena

39 mil visualizações 66 comentários Comunicar erro

No último Corinthians x Santos, Jô brilhou e voltou a ser decisivo. Tem mais do Rei dos Clássicos neste sábado?

No último Corinthians x Santos, Jô brilhou e voltou a ser decisivo. Tem mais do Rei dos Clássicos neste sábado?

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians disputa neste sábado, contra o Santos, às 19h (de Brasília), seu primeiro clássico pela atual edição do Campeonato Brasileiro. Com sete pontos conquistados nas três rodadas iniciais, o Timão entra em campo com a missão de dar fim à série de quatro empates consecutivos dentro da Arena Corinthians. Nada que incomode o técnico Fábio Carille, bastante elogiado pelo início da equipe na Série A.

"Os empates em casa não me incomodam. Tem empates e empates. Contra Ponte e São Paulo, vencemos fora a primeira partida. Também não escondo que o ataque é o setor em que precisamos crescer. Contra o Atlético-GO, tivemos três ou quatro oportunidades claras. Ficaria muito mais preocupado se não estivéssemos criando", disse Carille, que concedeu entrevista coletiva à imprensa na noite de sexta-feira, no CT Joaquim Grava, depois de encerrar a preparação do time.

"O torcedor tem de ir, apoiar, nossa ideia de jogo será mantida. Acredito que a cada jogo teremos mais oportunidades de gol. Fizemos 33 jogos no ano, desde a Flórida, em 17 não tomamos gol. É um baita de um número, não sei se tem alguma equipe com esses números até no mundo, Juventus, Atlético de Madrid, que têm esse estilo. Como olho muito jogo a jogo, não tinha esses números. Orgulhoso", admite o comandante.

Considerando os jogadores titulares, Carille não conta apenas com Balbuena. O zagueiro se recupera de lesão muscular de grau número um na coxa direita e, embora já tenha iniciado a transição do departamento médico para o físico, não possui condições de jogo. Dessa forma, o jovem Pedro Henrique, de 21 anos, segue como parceiro de zaga de Pablo.

Escalações

Carille não fez questão de esconder a escalação do Corinthians para o duelo na Arena. No esquema 4-2-3-1, o Timão vai a campo com Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Ángel Romero; Jôveja aqui a lista de relacionados.

Do outro lado, o Santos vem a Itaquera desfalcado. O lateral-esquerdo Zeca e o meia Lucas Lima, homens de confiança de Dorival Júnior, sequer foram relacionados para o embate por contusão. A tendência é o treinador optar pela seguinte equipe: Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Copete; Renato, Thiago Maia e Vladimir Hernández; Vitor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.

Arbitragem

O clássico tem a arbitragem do gaúcho Anderson Daronco. Ele será auxiliado pelos bandeiras Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Junior, também do Rio Grande do Sul. Confira o desempenho do juiz nos últimos jogos do Timão.

Onde acompanhar

Apenas o canal Premiere (pay-per-view) transmite a partida ao vivo. A cobertura em tempo real do Meu Timão começa mais cedo, a partir das 18h40.

Sequência de tropeços

O Corinthians não vence em seus domínios desde o dia 19 de abril, quando superou o Botafogo pelo placar mínimo e se classificou às semifinais do Campeonato Paulista. Desde então, empatou quatro vezes na Arena Corinthians, todas por 1 a 1: Internacional (Copa do Brasil), São Paulo, Ponte Preta (ambos no Paulistão) e Chapecoense (Campeonato Brasileiro).

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Andrés Sanchez mostrou incômodo com postura dos empresários de Balbuena

    Andrés Sanchez critica empresários de Balbuena em entrevista a jornal português

    ver detalhes
  • Timão pode erguer troféu da Liga Ouro já na sexta-feira, na casa do São José

    Corinthians vence batalha com quatro prorrogações e fica a uma vitória do título da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Maioria dos titulares de Loss já completou sétimo jogo no BR; Cássio e Fagner, sequer seis

    Doze corinthianos já completaram sete jogos no Brasileirão; veja quem ainda pode se transferir

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes