Oswaldo de Oliveira critica atitudes, mas enaltece Corinthians: 'Muito maior que eu'

Oswaldo de Oliveira critica atitudes, mas enaltece Corinthians: 'Muito maior que eu'

Por Meu Timão

8.6 mil visualizações 74 comentários Comunicar erro

Oswaldo de Oliveira teve sua última passagem pelo clube em 2016

Oswaldo de Oliveira teve sua última passagem pelo clube em 2016

Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians

Campeão mundial pelo Corinthians, Oswaldo de Oliveira ainda tem a equipe do Parque São Jorge viva em suas recordações. Na noite dessa segunda-feira, o atual comandante do Al-Arabi, do Qatar, falou sobre seus tempos à frente do Timão, confessou não ter ressentimentos, mas não deixou de criticar "determinadas pessoas" de dentro do clube.

“Eu já trabalhei três vezes no Corinthians, a primeira vez foi maravilhosa. Fui campeão paulista, brasileiro e mundial. Não tenho mágoa com o clube, mas não gostei da atitude de determinadas pessoas. O Corinthians é muito maior do que eu e todo mundo que está lá”, desabafou, em bate-papo com o público por meio do Facebook oficial da Fox Sports Brasil.

Vencedor pela equipe alvinegra em outras oportunidades, Oswaldo de Oliveira passou longe de realizar as mesmas proezas em 2016, ano em que fez sua última passagem pelo time. Contratado na reta final do Brasileiro à época, não conseguiu a classificação para a Libertadores do ano seguinte e foi demitido após dois meses, somando duas vitórias, quatro empates e três derrotas.

Apesar da grande experiência no Timão e no mundo do futebol, o treinador, que tem 66 anos, descarta a possibilidade de se aposentar nos próximos anos.

“Eu tenho muitos anos de carreira no futebol, 42 anos. Como treinador, ainda estou no meio da carreira. Ainda quero trabalhar muito”, finalizou o comandante.

Veja mais em: Oswaldo de Oliveira.

Veja Mais:

  • Romão e Carlinhos foram emprestados pelo Corinthians

    Corinthians empresta Carlinhos e Guilherme Romão para o Oeste

    ver detalhes
  • Sidcley está no Atlético-PR

    Corinthians negocia a contratação de lateral-esquerdo do Atlético Paranaense

    ver detalhes
  • Fabrício Oya pode deixar o Corinthians de graça nos próximos meses

    Ainda sem definição sobre renovação, joia do Corinthians entra na mira de clubes do exterior

    ver detalhes
  • Lima jogou pelo Benfica entre os anos de 2012 e 2015; faz tratamento no Corinthians desde 2017

    Andrés Sanchez esclarece situações de Guerrero, Barcos e Lima ligadas ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes