Danilo, sobre título da Libertadores: 'Quantos jogadores passaram aqui e não conseguiram?'

Danilo, sobre título da Libertadores: 'Quantos jogadores passaram aqui e não conseguiram?'

Por Meu Timão

3.1 mil visualizações 42 comentários Comunicar erro

Fundamental na Libertadores de 2012, Danilo segue atuando pelo Timão

Fundamental na Libertadores de 2012, Danilo segue atuando pelo Timão

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O Corinthians comemora nesta terça-feira cinco anos do título da Libertadores de 2012. E um dos titulares daquela conquista inédita que seguem no Timão até os dias de hoje é o meia Danilo. Em entrevista concedida à Corinthians TV, o veterano de 38 anos falou sobre o significado da data especial:

"Título inédito do clube, todo ano será lembrado. Agradeço a Deus por ter feito parte disso tudo (...) Um título desse na história do Corinthians é muito importante, só tenho a agradecer por ter feito parte. Quantos jogadores passaram aqui e não conseguiram? Essa data será história até (o clube) ganhar mais um (título da Libertadores)", analisou o camisa 20 alvinegro.

Leia também:
Alessandro revela o momento da certeza do título e fala do sofrimento após o lance de Diego Souza
De Wallace a Adriano: confira onde estão os 'campeões esquecidos' do Corinthians
Pressão da torcida, Diego Souza, Romarinho 'avoado', Tite... Cássio lembra conquista da Libertadores
Do hexa à nova direção: o que mudou no Corinthians desde a Libertadores de 2012
Chicão, Seu Messias e a história do 'campeão secreto' da Libertadores de 2012 pelo Corinthians
Relembre jogo a jogo a trajetória do Corinthians na conquista invicta da Libertadores da América

Danilo foi um dos personagens mais importantes daquele trajetória corinthiana até as finais contra o Boca Juniors. No jogo de volta das semifinais, contra o Santos, foi ele o responsável pelo gol do Timão no empate em 1 a 1, no Pacaembu, que selou a classificação alvinegra. Na finalíssima, de calcanhar, deu assistência para o primeiro gol de Emerson Sheik.

"A partir do momento em que o árbitro encerrou o jogo, passam muitas coisas. Todo mundo chorando ali. O que a gente passou naquela Libertadores... Ver o que vi aquele dia não tem preço", resumiu Danilo.

Ao ser questionado sobre o tempo que levou para assimilar a conquista, Danilo admitiu que as primeiras horas após o apito final foram de emoções exacerbadas.

"Na hora, a pressão do jogo... É tudo muito rápido, você não vê. Você só vai cair na real no outro dia, quando acorda e fala 'nossa, título inédito do clube'. Loucura não só dos torcedores, mas do clube todo, funcionários, jogadores, diretoria...", contou.

Veja mais em: Danilo, Libertadores da América e Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Tem clássico! Timão e São Paulo decidem na terça vaga à semifinal da Copa RS

    Corinthians faz clássico contra São Paulo nas quartas da Copa RS

    ver detalhes
  • Rosenberg chamou Leila Pereira de 'imperadora' do Palmeiras e ironizou Allianz: 'Pneu deitado'

    Diretor do Corinthians ironiza Palmeiras e diz que 'Fiel não aceitaria imperadora'

    ver detalhes
  • Corinthians e Internacional se enfrentaram pela liderança do Grupo B da Copa RS

    Corinthians vai bem, mas cede empate para Internacional e deixa escapar liderança na Copa RS

    ver detalhes
  • 'Não sei por que fazem tanto romance em torno disso', declarou Rosenberg sobre dívida pela Arena

    Rosenberg atualiza dívida do Corinthians pela Arena: 'Na pior das hipóteses, deve R$ 650 milhões'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes