Inspirado na Democracia Corinthiana, time do norte da Espanha adota escudo e nome do Corinthians

Inspirado na Democracia Corinthiana, time do norte da Espanha adota escudo e nome do Corinthians

Cantabria é uma província de cerca de 600 mil habitantes localizada no norte de Espanha. A cidade de Santander, mais povoada, é a capital. São necessárias 12 horas de voo, com ao menos uma parada, para percorrer os 9,5 mil quilômetros que separaram aquela região européia da cidade de São Paulo. Uma distância que não impediu que uma das passagens mais bonitas da história do Corinthians inspirasse alguns de seus moradores: a Democracia Corinthiana.

Trata-se do CS Corinthians Cantabria, equipe amadora que disputará nos próximos meses a Liga Cántabra de Futebol 7 (ou Fútbol Rápido, como alguns chamam os duelos com sete jogadores de cada lado). Na quadra de grama sintética, por enquanto, treinamentos e esperança de fazer um bom torneio. Além, é claro, da intenção de representar bem a equipe de Sócrates, Casagrande, Wladimir & Cia. que inspirou o nome e o símbolo do time espanhol.

A reportagem do Meu Timão conversou com Diegu San Gabriel, um dos representantes do CS Corinthians Cantabria. O jogador, amador como todos os outros, contou que a ideia foi a de montar uma equipe diferente, democrática, em que todos tivessem voz e pudessem tomar as decisões necessárias, exatamente como ocorreu com o Timão no início da década de 80.

"A melhor forma de transmitir essa filosofia era chamarmos de Corinthians", afirmou Diegu, em rápido bate-papo com a reportagem.

Mais de 9 mil quilômetros separam a Cantábria de São Paulo

Mais de 9 mil quilômetros separam Cantábria de São Paulo

Reprodução/Internet

Os acontecimentos recentes com a equipe mais tradicional de futebol da região viraram combustível para a decisão do grupo de se inspirar na Democracia Corinthiana. Antes comandado pelos sócios, o Racing Santander passou a ser gerido por empresários, incluindo magnatas estrangeiros com implicações com a polícia internacional.

O clube, que já foi adversário de Real Madrid e Barcelona por diversas temporadas na elite do país, neste momento, integra a segunda divisão do futebol espanhol. De acordo com Diegu, o Racing Santander ficou próximo de ser extinto. Algo que só não aconteceu devido à intervenção dos sócios que, democraticamente, voltaram a dar as cartas na tradicional agremiação da região norte da Espanha.

"Daquela experiência surgiram numerosas vozes que defenderam que o Racing voltasse a ser dos sócios. Houve uma campanha popular, impulsionada por ex-jogadores, que ajudou a salvá-lo. E reconhecemos no exemplo do Corinthians do início dos anos 80 de como se aprende a redemocratizar um clube esportivo", afirmou.

A ligação da pequena equipe com o Corinthians pode ir mais além. Os jogadores possuem um sonho: vir ao Brasil e conhecer as instalações do Parque São Jorge e da Arena Corinthians. Algo que, neste momento, parece distante da realidade de Diegu San Gabriel e seus amigos.

"Isso seria demais! Mas somos modestos estudantes e trabalhadores do outro lado do Atlântico. Nos encantaria conhecer a Arena Corinthians e o ambiente que sabemos que se vive ali dentro. Temos um companheiro de origem galega, que nos ajuda a traduzir tudo sobre o clube", revelou o jogador amador, antes de encerrar a entrevista de uma maneira bastante corinthiana.

"Muito obrigado pelo interesse de vocês (do Meu Timão). Um abraço dos corinthianos de Cantábria a todos do Time do Povo".

Escudo da equipe espanhola inspirado no Corinthians

Escudo da equipe espanhola inspirado no Corinthians

Divulgação / CS Corinthians Cantabria

Veja mais em: História do Corinthians.

Veja Mais:

  • Pablo já disse mais de uma vez que quer permanecer no Corinthians

    Corinthians sobe oferta e espera sim de Pablo: 'Espero que seja suficiente'

    ver detalhes
  • Alvo do Corinthians, Roger deve ser oficializado como reforço do Internacional nos próximos dias

    Decisão de Roger não é repudiada pela diretoria do Corinthians: ‘Faz parte...’

    ver detalhes
  • Ginásio Wlamir Marques recebeu jogo 4 da final do NBB em 2017

    Corinthians faz pré-inscrição na Liga Ouro e reativa basquete após 21 anos

    ver detalhes
  • 32 mil torcedores foram ao estádio em Itaquera no último treino aberto

    Por agradecimento à Fiel, Corinthians deve abrir treino no sábado na Arena

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes