A sete meses de eleição, oposição do Corinthians se une e pede renovação de Carille

A sete meses de eleição, oposição do Corinthians se une e pede renovação de Carille

Por Meu Timão

Fábio Carille virou unanimidade no Corinthians

Fábio Carille virou unanimidade no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A próxima eleição presidencial do Corinthians acontece em fevereiro de 2018. Ainda não há candidatos definidos nem chapas anunciadas. Mas há um consenso entre situação e oposição: Fábio Carille deve ser o treinador do próximo mandatário alvinegro, independentemente de quem for o escolhido pelos associados.

Além da aprovação de Roberto de Andrade e seus aliados, o atual comandante do Timão tem o apoio daqueles que certamente serão opositores no pleito. Três deles concederam entrevista ao blog do jornalista Marcel Rizzo, hospedado no UOL Esporte. E os três com a mesma opinião: não há motivo para Carille não renovar e fazer todo o planejamento antecipado para a próxima temporada - vínculo atual termina no dia 31 de dezembro.

“Não vejo problema em renovar com ele já, ele faz um ótimo trabalho e tem que continuar. Ele tem uma ligação forte com o clube e sabe que é um diferencial muito grande treinar o Corinthians”, disse o ex-diretor de futebol Antônio Roque Citadini, que perdeu a eleição de 2015 e já se coloca como pré-candidato em 2018.

Outro que elogiou Carille e pediu sua permanência foi Felipe Ezabella, ex-diretor de esportes terrestres da atual gestão, mas que neste momento faz parte de um grupo denominado “Corinthians Grande”, que conta com pessoas que trabalharam nas gestões de Andrés Sanchez e Mário Gobbi - chapa ainda sem candidato definido.

“Ele tem o perfil que nosso grupo pensa para o clube, é jovem (43 anos), estudioso, ético, conhece o clube. Eu não o conheço tão bem, mas outras pessoas do grupo conhecem e ele tem essas virtudes. Não teria problema nenhum renovar com ele (de forma antecipada)”, disse Ezabella.

A mesma opinião tem Paulo Garcia, derrotado nas últimas três eleições presidenciais do Corinthians. Para o conselheiro, que ainda não decidiu se tentará se eleger mais uma vez, o 'fico' do atual treinador seria importante para o departamento de futebol profissional.

“O Carille é um treinador competente, tem que permanecer e ficar por muito tempo no Corinthians. É uma pessoa que conhece o clube, está há anos no departamento de futebol, e isso é muito importante”, disse Garcia, que sempre teve ótima relação com Andrés Sanchez.

O ex-presidente Andrés Sanchez, que ainda não decidiu se disputará o pleito como candidato, preferiu não polemizar. Na sua visão, como Roberto de Andrade estará no cargo até o dia da eleição (em fevereiro de 2018), cabe a ele renovar com Carille, já que a mesma terá de ser tomada ainda em 2017 para não prejudicar o planejamento da equipe.

O assunto da renovação de contrato de Carille ganhou mais força antes do Dérbi, quando o treinador concedeu entrevista e brincou que estava no aguardo da chamada do presidente em sua sala. Posteriormente, o comandante do Timão revelou que rechaçou uma oferta milionária do futebol chinês.

Com Carille, o Corinthians conquistou o Campeonato Paulista de 2017 e, após 14 rodadas, lidera o Brasileiro com oito pontos na frente do segundo colocado (Grêmio).

Veja mais em: Fábio Carille, Diretoria do Corinthians e Roberto de Andrade.

Veja Mais:

  • Com saída de Adriano, Marquinhos herdou a camisa 10 do Timão na Libertadores 2012

    Campeão em 2011, Marquinhos diz ter celebrado hepta do Corinthians e ensaia retorno

    ver detalhes
  • Golaço de Rodriguinho sobre o Sport entrou em vídeo de emissora italiana

    Canal de esportes da Itália produz vídeo com cinco gols mais belos do hepta do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes