Há um mês na Rússia, Jabá admite 'decisão difícil' e explica saída do Corinthians

Há um mês na Rússia, Jabá admite 'decisão difícil' e explica saída do Corinthians

Por Meu Timão

Ex-promessa da base do Corinthians, Jabá agora defende o FC Akhmat

Ex-promessa da base do Corinthians, Jabá agora defende o FC Akhmat

Foto: Reprodução/Instagram

Há pouco mais de um mês no FC Akhmat Grozny, da Rússia, o atacante Léo Jabá ainda vai lutando para se adaptar à rotina distante do Corinthians. É o que contou em entrevista concedida ao portal Uol e publicada nesta segunda-feira.

Jabá, que foi vendido em julho em negócio que deve render R$ 4,1 milhões ao Timão, explicou sua saída do Corinthians. Ele também admitiu estar sentindo o impacto da mudança tão repentina em sua vida.

"A decisão de deixar o Corinthians foi tomada em comum acordo com meus pais e empresários. Foi uma decisão difícil, pois estava no clube desde pequeno. Era minha rotina ir para o treino, ficar com os meus amigos, tinha um bom ambiente ali", declarou o jovem de 19 anos.

Leia também:
Sem pressa para marcar, Clayson destaca versatilidade para ajudar o Corinthians
Mantuan projeta estreia e comemora utilização das categorias de base no Corinthians

Hoje estou longe dos meus amigos e familiares, mas foi o caminho que escolhi para a minha vida. Tem um mês que estou aqui e a adaptação está vindo aos poucos", completou.

Nos cinco primeiros jogos disputados pelo FC Akhmat, Jabá anotou dois gols. Na sexta partida, disputada no último domingo, contra o Zenit, o ex-corinthiano passou em branco e viu sua equipe ser goleada por 4 a 0.

Nesse cenário de altos e baixos, Jabá faz uma análise positiva de seu início na Rússia. O atacante também evitou falar mal de sua passagem pelo profissional do Corinthians.

"Não é que faltaram mais chances. É que a forma de jogar é diferente, estou jogando mais perto da área onde eu não tenho que marcar tanto, como no Corinthians. Além disso, tem a oportunidade de sequência de jogos. Aqui estou tendo isso, mas não tem como falar de falta de chances no Corinthians. Estou feliz aqui e é vida que segue", finalizou.

Veja mais em: Léo Jabá e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Pablo já disse mais de uma vez que quer permanecer no Corinthians

    Corinthians sobe oferta e espera sim de Pablo: 'Espero que seja suficiente'

    ver detalhes
  • Alvo do Corinthians, Roger deve ser oficializado como reforço do Internacional nos próximos dias

    Decisão de Roger não é repudiada pela diretoria do Corinthians: ‘Faz parte...’

    ver detalhes
  • Ginásio Wlamir Marques recebeu jogo 4 da final do NBB em 2017

    Corinthians faz pré-inscrição na Liga Ouro e reativa basquete após 21 anos

    ver detalhes
  • 32 mil torcedores foram ao estádio em Itaquera no último treino aberto

    Por agradecimento à Fiel, Corinthians deve abrir treino no sábado na Arena

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes