Gil admite torcida pelo Corinthians, dá pitaco sobre Carille e fala de retorno ao Brasil

Gil admite torcida pelo Corinthians, dá pitaco sobre Carille e fala de retorno ao Brasil

Por Meu Timão

Gil é um dos principais zagueiros do século no Timão

Gil é um dos principais zagueiros do século no Timão

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Dono da melhor defesa do Campeonato Brasileiro, o líder Corinthians tem ao menos um torcedor "de respeito" mundo afora. Na China, mais precisamente! Trata-se do zagueiro Gil, hexacampeão pelo Timão em 2015.

Em entrevista concedida à Gazeta Esportiva, Gil admitiu ficar na torcida pelo Corinthians mesmo do outro lado do mundo. O jogador de 30 anos de idade, que está no Shandong Luneng desde o início de 2016, destacou as amizades que mantém com corinthianos:

"É um clube pelo qual tenho grande carinho, assim como todos pelos quais passei na minha carreira. Cada um tem seu destaque e sua história na minha vida. O Corinthians, por ter sido o último e o que mais defendi, é especial", comentou.

Leia também:
'Não vamos entrar em leilão', avisa diretor do Corinthians sobre zagueiro
Com grana a receber, Corinthians deseja boa sorte a Paulinho no Barcelona: 'Tamo junto'

Tenho grandes amigos lá e, sempre que posso, procuro visitar. É sempre bom encontrar o pessoal, afinal de contas, foram três anos juntos. Procuro acompanhar também. Apesar do fuso, a gente dá um jeito de estar de olho e torcer pelos amigos", completou.

No Corinthians, Gil foi comandado por dois treinadores diferentes: Tite e Mano Menezes. Seja com um ou com outro, Fábio Carille sempre foi o auxiliar-técnico. Assim, o zagueiro conhece muito bem o atual comandante do Timão, sensação do futebol brasileiro em 2017.

"É um grande profissional, trabalhador, e que sempre ajudou e esteve preocupado com todos. Os resultados mostram a qualidade dele e de toda a comissão técnica. É preciso ressaltar o trabalho de todos. Já conquistaram o Campeonato Paulista e agora com chances boas do Brasileiro", analisou Gil.

Especulações

Desde os primeiros meses no futebol chinês, Gil tem seu nome constantemente associado a clubes como Flamengo e o próprio Corinthians no que diz respeito ao mercado da bola. O zagueiro admitiu a possibilidade de um dia retornar ao Brasil, mas negou qualquer negociação com equipe brasileiras até o momento.

"Ainda tenho contrato até o fim de 2019 com o Shandong e nisso que tenho que pensar. Se chegar algo bom para mim e para o clube, vamos estudar as possibilidades. Mas não teve nada de concreto desde que cheguei aqui. Então, cabe a mim trabalhar e fazer o meu melhor aqui", esclareceu.

Veja mais em: Ídolos do Corinthians e Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Na Série B do Brasileirão pelo Internacional, Leandro Damião entrou na mira do Timão

    Corinthians inicia sondagem sobre centroavante do Internacional

    ver detalhes
  • Timão monitorava situação de Roger, em fim de contrato no Botafogo

    Alvo do Corinthians, centroavante Roger fecha com clube gaúcho

    ver detalhes
  • Vilson só deve retornar aos treinos em fevereiro do ano que vem

    Vilson passa por nova cirurgia no joelho e deve perder pré-temporada do Corinthians; veja foto

    ver detalhes
  • Assim como no Paulistão, Cássio será o escolhido para levantar a taça do Brasileiro

    Carille define qual jogador do Corinthians vai levantar a taça do Campeonato Brasileiro de 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes