Titular pela primeira vez no ano, Léo Santos comemora chance contra a Chapecoense

Titular pela primeira vez no ano, Léo Santos comemora chance contra a Chapecoense

Léo Santos será titular contra a Chapecoense, em Chapecó

Léo Santos será titular contra a Chapecoense, em Chapecó

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A dupla de zaga do Corinthians contra a Chapecoense, na próxima quarta-feira, será composta por Pedro Henrique e Léo Santos. O primeiro é titular desde a lesão de Pablo. O segundo, por sua vez, ganha mais uma chance na equipe principal após Balbuena receber o terceiro cartão amarelo na derrota para o Vitória. Após o jogo deste sábado, Léo Santos falou do duelo em Chapecó.

O jogador, de apenas 18 anos, comemorou a oportunidade de ser titular pela primeira vez na temporada. Nas outras 51 partidas da equipe em 2017, Léo atuou apenas duas vezes. E, em ambas, entrou durante o jogo - Ponte Preta, na primeira fase do Paulista, em Campinas; e Vitória, em Salvador, na Arena Fonte Nova.

"Uma oportunidade que eu esperava há muito tempo, venho trabalhando forte, e ela chegou. Quero fazer o meu melhor na quarta-feira", afirmou.

Leia também:
Carille admite tristeza após revés, mas destaca postura do Corinthians no Brasileirão
Balbuena leva terceiro amarelo, e Corinthians enfrentará Chape com zaga de jovens
Gabriel comenta apoio da torcida do Corinthians após derrota: 'É maravilhoso'

Para aqueles que acham que faltará entrosamento entre os dois jovens, Léo Santos lembrou que ele e Pedro Henrique atuaram lado a lado na maioria dos treinamentos no CT.

"Nunca jogamos juntos na base, mas já estivemos juntos no profissional em alguns jogos. Quando o Pablo está conosco, sempre treinamos juntos também. A gente se conhece bem, e temos tudo para fazer um grande jogo", avisou. "Eu já mostrei minhas qualidades, é se preparar a parte psicológica e fazer um grande partida", completou.

Por fim, Léo Santos falou sobre a derrota inesperada do Corinthians para o Vitória dentro da Arena. Na visão do jovem, os baianos foram felizes no momento de fazer o gol.

"Foi um jogo duro, eles vieram para se defender, deram um chute no gol e fizeram o gol", finalizou.

Em tempo: Vílson segue sem previsão de volta. Pablo ainda precisará de cerca de duas semanas para voltar aos gramados.

Veja mais em: Léo Santos e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Henrique já treina no CT; jogador trabalha no campo em períodos sem a imprensa

    Entenda por que o zagueiro Henrique ainda não foi anunciado pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini segue como candidato no Corinthians

    Citadini consegue liminar e segue como candidato à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim soma duas más atuações em duas partidas como titular no Paulistão-2018

    Áudio de comentarista sobre Corinthians vaza no Globo Esporte: 'Peguei muito pesado com o Kazim?'

    ver detalhes
  • Jadson ganhou nova função em novo esquema tático de Fábio Carille no Corinthians

    Novo esquema tático de Carille transforma Jadson em arma letal do Corinthians; compare

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes