Pedro Henrique elogia novo parceiro de zaga e vê responsabilidade maior em Chapecó

Pedro Henrique elogia novo parceiro de zaga e vê responsabilidade maior em Chapecó

Por Meu Timão

3.6 mil visualizações 39 comentários Comunicar erro

Pedro Henrique terá Léo Santos como companheiro de zaga

Pedro Henrique terá Léo Santos como companheiro de zaga

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Aos 21 anos, Pedro Henrique será o experiente da dupla de zaga do Corinthians contra a Chapecoense, na próxima quarta-feira. Com a suspensão de Balbuena e as lesões de Vilson e Pablo, o jovem Léo Santos, de 18 anos, será titular em Chapecó. Problema? Para o camisa 34, nenhum. A única mudança, segundo ele, será na condução da dupla dentro de campo.

"Gera uma responsabilidade a mais por eu ser mais velho, assim como gera para o Balbuena quando joga comigo. Mas tenho certeza que o Léo fará uma grande partida e tudo vai dar certo", afirmou Pedro Henrique, que completou:

"É um garoto que vem trabalhando firme e forte, que vai dar muitas alegrias à torcida. Ele tem um grande potencial, vai entrar e dará conta do recado. Eu já falei algumas vezes, mas repito: torço muito por ele. Quem está vindo do banco, sempre está dando conta do recado, com ele não será diferente. Tenho certeza disso", garantiu.

Leia também:
Gabriel comenta apoio da torcida do Corinthians após derrota: 'É maravilhoso'
Fiel canta na Arena após primeira derrota do Corinthians no Brasileirão
Derrota para o Vitória quebra três invencibilidades do Corinthians

Pedro Henrique analisou a derrota para o Vitória de forma tranquila, com a impressão que se o jogo tivesse o dobro de tempo, a bola não entraria do mesmo jeito.

"Se olhar as estatísticas, tivemos várias chances, posse de bola. Vitória veio por uma bola, se defenderam e foram felizes. Se continuasse jogando até agora, não faria o gol. Tem dia que a bola não entra, é pensar no próximo jogo contra a Chapecoense para recuperar esses três pontos perdidos", lembrou.

Por fim, o camisa 34 pediu que tudo seja mantido daqui para frente. Na visão de Pedro Henrique, o trabalho não pode ser modificado após a primeira derrota na temporada em cinco meses.

"Conversamos para seguir tudo na mesma linha. Perdemos agora, mas ficamos um turno todo sem derrota. É dar continuidade ao que vem sendo feito, assim faremos um grande jogo em Chapecó", finalizou

Veja mais em: Pedro Henrique, Léo Santos e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Timão pode erguer troféu da Liga Ouro já na sexta-feira, na casa do São José

    Corinthians vence batalha com quatro prorrogações e fica a uma vitória do título da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Maioria dos titulares de Loss já completou sétimo jogo no BR; Cássio e Fagner, sequer seis

    Doze corinthianos já completaram sete jogos no Brasileirão; veja quem ainda pode se transferir

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes
  • Léo Jabá tem contrato de cinco temporadas com o FC Akhmat Grozny

    Jabá encaminha transferência à Grécia, e Corinthians pode ganhar mais de R$ 4 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes