Pedro Henrique elogia novo parceiro de zaga e vê responsabilidade maior em Chapecó

Pedro Henrique elogia novo parceiro de zaga e vê responsabilidade maior em Chapecó

Por Meu Timão

Pedro Henrique terá Léo Santos como companheiro de zaga

Pedro Henrique terá Léo Santos como companheiro de zaga

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Aos 21 anos, Pedro Henrique será o experiente da dupla de zaga do Corinthians contra a Chapecoense, na próxima quarta-feira. Com a suspensão de Balbuena e as lesões de Vilson e Pablo, o jovem Léo Santos, de 18 anos, será titular em Chapecó. Problema? Para o camisa 34, nenhum. A única mudança, segundo ele, será na condução da dupla dentro de campo.

"Gera uma responsabilidade a mais por eu ser mais velho, assim como gera para o Balbuena quando joga comigo. Mas tenho certeza que o Léo fará uma grande partida e tudo vai dar certo", afirmou Pedro Henrique, que completou:

"É um garoto que vem trabalhando firme e forte, que vai dar muitas alegrias à torcida. Ele tem um grande potencial, vai entrar e dará conta do recado. Eu já falei algumas vezes, mas repito: torço muito por ele. Quem está vindo do banco, sempre está dando conta do recado, com ele não será diferente. Tenho certeza disso", garantiu.

Leia também:
Gabriel comenta apoio da torcida do Corinthians após derrota: 'É maravilhoso'
Fiel canta na Arena após primeira derrota do Corinthians no Brasileirão
Derrota para o Vitória quebra três invencibilidades do Corinthians

Pedro Henrique analisou a derrota para o Vitória de forma tranquila, com a impressão que se o jogo tivesse o dobro de tempo, a bola não entraria do mesmo jeito.

"Se olhar as estatísticas, tivemos várias chances, posse de bola. Vitória veio por uma bola, se defenderam e foram felizes. Se continuasse jogando até agora, não faria o gol. Tem dia que a bola não entra, é pensar no próximo jogo contra a Chapecoense para recuperar esses três pontos perdidos", lembrou.

Por fim, o camisa 34 pediu que tudo seja mantido daqui para frente. Na visão de Pedro Henrique, o trabalho não pode ser modificado após a primeira derrota na temporada em cinco meses.

"Conversamos para seguir tudo na mesma linha. Perdemos agora, mas ficamos um turno todo sem derrota. É dar continuidade ao que vem sendo feito, assim faremos um grande jogo em Chapecó", finalizou

Veja mais em: Pedro Henrique, Léo Santos e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Com saída de Adriano, Marquinhos herdou a camisa 10 do Timão na Libertadores 2012

    Campeão em 2011, Marquinhos diz ter celebrado hepta do Corinthians e ensaia retorno

    ver detalhes
  • Golaço de Rodriguinho sobre o Sport entrou em vídeo de emissora italiana

    Canal de esportes da Itália produz vídeo com cinco gols mais belos do hepta do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes