Corinthians pede adiantamento à FPF para evitar imbróglio com Receita Federal

Corinthians pede adiantamento à FPF para evitar imbróglio com Receita Federal

Por Meu Timão

3.0 mil visualizações 72 comentários Comunicar erro

Diretoria alvinegra recebeu 'alerta' da Receita Federal nos últimos dias

Diretoria alvinegra recebeu 'alerta' da Receita Federal nos últimos dias

Foto: Vinícius Souza/Meu Timão

O Corinthians solicitou à Federação Paulista de Futebol (FPF) o adiantamento das cotas inerentes à participação do clube no Campeonato Paulista 2018. A intenção da diretoria do Timão é receber o montante agora e, assim, quitar tributos não recolhidos junto à Receita Federal. A informação é do site Uol.

De acordo com a publicação, o Corinthians foi notificado pelo órgão público nos últimos dias por conta de uma pendência de R$ 13 milhões. Tal quantia se deve a impostos não pagos pelo clube paulista, o que motivou a Receita a advertir a cúpula do presidente Roberto de Andrade.

A princípio, o aviso dado ao Timão tem sido tratado somente como um alerta no Parque São Jorge. Entretanto, é possível que o Corinthians seja autuado pelo órgão se não solucionar o caso até o fim de setembro – nas próximas duas semanas, portanto.

Essa não é a primeira vez que o Corinthians tem o nome ligado a problemas relacionados a impostos. Em junho de 2015, Andrés Sanchez, então superintendente de futebol da equipe, se tornou réu de um processo aberto pelo Superior Tribunal Federal (STF) por sonegação de tributos e crimes contra o patrimônio.

Outros três dirigentes do Timão acabaram envolvidos na ação: Roberto de Andrade (presidente), André Luiz Oliveira (vice-presidente) e Raul Corrêa (ex-diretor financeiro), todos com cargos na chefia do clube durante o período em que os impostos não foram recolhidos à Receita. Posteriormente, o processo se tornaria um inquérito.

Outro lado

Em resposta, o diretor financeiro do Corinthians, Emerson Piovesan, afirmou que os recursos oriundos do próximo estadual são enviados pela FPF nessa época do ano. Portanto, não pode ser considerado um adiamento o que foi solicitado pelo clube.

Nota atualizada às 20h24.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Roberto de Andrade e Parque São Jorge.

Veja Mais:

  • Corinthians de Ralf já respira mais tranquilo na luta contra a parte de baixo da classificação

    Jogos de domingo chegam ao fim, e Corinthians dobra distância para o Z4; veja classificação

    ver detalhes
  • Ándrés Sanchez aparece do lado do presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, e Ronaldo

    Presidente do Corinthians se reúne com presidente do Real Madrid em passagem pela Espanha

    ver detalhes
  • Avelar teve atuação contestada pela torcida após jogo desse sábado contra o Vasco

    Avelar admite queda de rendimento, lista possíveis motivos e diz que pode melhorar no Corinthians

    ver detalhes
  • Árbitro Wilton Pereira Sampaio foi bastante requisitado no tenso duelo entre Corinthians e Vasco

    Árbitro relata em súmula tentativa vascaína de intimidação na Arena Corinthians; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes