CBF recua e deve adiar estreia do árbitro de vídeo no Campeonato Brasileiro

CBF recua e deve adiar estreia do árbitro de vídeo no Campeonato Brasileiro

Por Meu Timão

1.5 mil visualizações 45 comentários Comunicar erro

Árbitro de vídeo não deve ter início neste fim de semana no Brasil

Árbitro de vídeo não deve ter início neste fim de semana no Brasil

Foto: Fernando Torres/CBF

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) deve voltar atrás em relação à intenção de utilizar o árbitro de vídeo já na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, no fim de semana. Em reuniões realizadas pela entidade nesta quarta-feira, ficou acertado que a tecnologia será implementada na Série A apenas no momento em que todos os jogos tiverem condições de recebê-la. A informação foi publicada pelo site Uol.

A vitória do Corinthians sobre o Vasco por 1 a 0, no último domingo, na Arena, foi determinante para que a CBF apressasse a ideia de ter o árbitro de vídeo no Brasileirão imediatamente. Isso porque o gol marcado pelo centroavante Jô foi irregular – o jogador utilizou o braço para completar um cruzamento – motivando reclamações do presidente do clube de São Januário, Eurico Miranda.

Na segunda-feira, o coronel Marcos Marinho, chefe da Comissão Nacional de Arbitragem, foi firme ao confirmar a estreia do chamado video assistant referees (VARs) no torneio nacional já a partir da rodada 25. Entretanto, por conta da necessidade de maiores testes do sistema e adequação física dos estádios, é provável que o início da era Campeonato Brasileiro com árbitro de vídeo fique para a 26ª rodada.

Leia também:
Apesar de polêmica, treinador do Corinthians vê Jô pronto para decidir contra o Racing
Renata Fan compara Jô a 'ladrão' e revolta torcida do Corinthians

A CBF trabalha em conjunto com a TV Globo, detentora dos direitos de transmissão da primeira divisão do futebol brasileiro, para colocar o VARs em prática. Em nota oficial divulgada nesta quarta-feira, a emissora carioca fez coro pelo adiamento do recurso tecnológico, afirmando que “(...) esse é um projeto que demanda tempo para selecionar, treinar operadores, padronizar estádios com equipamentos necessários, simular testes com os times de operador de replay, técnico e árbitro de vídeo CBF”.

Em entrevista recente, o técnico do Corinthians, Fábio Carille, criticou a possibilidade de os árbitros brasileiros poderem usufruir da tecnologia para evitar erros polêmicos. “É chato demais, vai acabar com o futebol, com a alegria. Só o chip da bola que eu gosto. De resto, acho muito chato esse negócio de imagem. A gente tem é que profissionalizar os árbitros. Isso vai parar o jogo demais, vai ficar chato”, opinou o treinador.

Líder com 53 pontos, o Corinthians volta a campo pelo nacional no próximo domingo, diante do rival São Paulo, às 11h, no Morumbi. Provavelmente, sem árbitro de vídeo...

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Cássio falhou no terceiro gol do São Paulo neste sábado

    Corinthians joga mal e perde clássico no Morumbi

    ver detalhes
  • O jogador corinthiano fez sua última partida pelo Timão neste sábado

    'Não sei se fico feliz ou triste': torcedores do Corinthians repercutem saída de Rodriguinho

    ver detalhes
  • Mateus Vital durante amistoso contra o Cruzeiro, na Arena Corinthians

    Shakhtar ofereceu quase R$ 40 milhões ao Corinthians por Mateus Vital

    ver detalhes
  • Jonathas anotou seu primeiro gol como jogador do Corinthians diante o São Paulo

    Loss e Rodriguinho são detonados, e só Jonathas 'se salva' em avaliação da torcida do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes