Fagner dá sua versão para instabilidade do Corinthians e evita 'festejar' pelo Grêmio

Fagner dá sua versão para instabilidade do Corinthians e evita 'festejar' pelo Grêmio

Por Meu Timão

Fagner não impediu tropeço do Corinthians na Sul-Americana

Fagner não impediu tropeço do Corinthians na Sul-Americana

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Equipe sensação do futebol brasileiro até a virada de turno do Campeonato Brasileiro, no último mês de agosto, o Corinthians agora convive com um momento de instabilidade - natural para alguns; alarmante para outros. Na opinião do lateral-direito Fagner, um dos líderes do elenco corinthiano, tudo é uma questão de perspectiva.

Leia também:
21 anos após erro de tatuador, corinthiano fecha costas com lembranças da Liberta
Fagner volta atrás em críticas à Conmebol, mas acusa árbitro: 'Nítida a intenção dele'

Em entrevista coletiva concedida na tarde desta quinta-feira, no saguão do Aeroporto de Guarulhos, após desembarque da delegação alvinegra em solo paulista, Fagner se defendeu das críticas que o elenco vem sofrendo nas últimas semanas. As derrotas para Vitória, Atlético-GO e Santos, bem como a eliminação para o Racing, não parecem incomodar:

"A gente está tirando como parâmetro o primeiro turno que foi anormal. Quando você tem uma sequência com duas derrotas em casa, sai e perde... Começam a falar que o Corinthians está em crise, não é mais o mesmo. Mas pelo contrário, a equipe continua forte. A gente tem de ir para campo no domingo procurando fazer um grande jogo, procurando ser consistentes", afirmou, se referindo ao clássico da próxima rodada contra o São Paulo.

"A gente sabe que será um jogo disputado, brigado. Os dois times precisando da vitória. Precisamos de tranquilidade para tentar fazer um grande jogo. Ser uma equipe forte defensividade e ter frieza para jogar quando estiver com a bola", comentou, projetando o embate da manhã desta domingo, marcado para as 11h, no estádio do Morumbi.

Leia também:
Após seis anos, Corinthians deixa CT para se concentrar ao lado do Morumbi
Corinthians desembarca em São Paulo e já projeta clássico da manhã deste domingo

De fato, ao observar a classificação do Campeonato Brasileiro, o discurso de Fagner não parece nada absurdo: o Corinthians lidera a competição com dez pontos de folga para o vice-líder Grêmio. Os gaúchos, além do mais, se classificaram na última quarta-feira para as semifinais da Libertadores e devem dar ainda menos atenção ao torneio nacional. Bom para o Timão? Fagner deu de ombros:

"Eu estou bem preocupado é com o Corinthians. O que fiz respeito aos outros clubes eu não me preocupo. Temos de descansar bem, nos preparar para domingo. Deixa os outros clubes lá e nós aqui", declarou.

Veja mais em: Fagner, Campeonato Brasileiro, Copa Sul-Americana e Majestoso.

Veja Mais:

  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Kazim não deve permanecer no Corinthians em 2018

    Corinthians quer definir destino de Kazim nos próximos dias; chegada de Dutra deve atrapalhar turco

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos pode ser emprestado para outro clube em 2018

    Com chegada de reforço, Corinthians estuda empréstimo de Fellipe Bastos

    ver detalhes
  • Minds Idiomas segue na manga da camisa corinthiana em 2018

    Com até bolsa de estudos a jogadores, Corinthians renova com patrocinador para manga da camisa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes