Clayson conta como utilizou pausa forçada para evoluir e mira clássico

Clayson conta como utilizou pausa forçada para evoluir e mira clássico

Por Meu Timão

Clayson aproveitou período fora de ação para aprimorar partes física e tática

Clayson aproveitou período fora de ação para aprimorar partes física e tática

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Clayton não pôde jogar as últimas três partidas do Corinthians. Único reforço pós-Paulistão, o meia-atacante desfalcou o Timão nos dois duelos contra o Racing, da Argentina, por já ter disputado a Copa Sul-Americana pela Ponte Preta. Já diante do Vasco, no último fim de semana, foi obrigado a cumprir suspensão. Nada que tenha lhe abalado profissionalmente.

Sincero, Clayson admitiu que a pausa sem jogos e viagens com o elenco foi ruim, mas foi importante para ele direcionar seu foco aos treinamentos físicos, técnicos e táticos no CT Joaquim Grava.

“Sensação de não pode ajudar nunca é bom, mas faz parte do futebol. Mas por outro lado também foi um tempo para aperfeiçoar algumas coisas, como finalização e parte tática”, explicou Clayson, opção para o técnico Fábio Carille no clássico deste domingo, contra o São Paulo.

“Aproveitei para me condicionar ainda mais e me sinto totalmente preparado para novamente poder ajudar o Corinthians nesta reta final do Campeonato Brasileiro”, frisou o camisa 25.

Clayson soma 18 partidas pela equipe alvinegra, sendo sete como titular. Embora ainda não tenha balançado as redes vestindo o uniforme do Timão, o meia-atacante, eleito revelação do Campeonato Paulista, deu quatro passes para gol.

Leia também:
Na véspera do Majestoso, Corinthians promove treino aberto à torcida na Arena
Trio trabalha com bola e Corinthians deve ter força máxima no Majestoso

Ciente de que pode ajudar o Corinthians no Majestoso, Clayson projetou o embate no estádio do Morumbi. Para ele, o Timão necessita ter pés no chão e deixar de lado o momento do rival, dono da 17ª colocação da Série A e, assim, postulante a pleitear a segunda divisão nacional em 2018.

“Clássico é difícil de falar e analisar, ainda mais na situação em que o adversário se encontra. Independentemente de posição na tabela, quando rivais se encontram, não tem favorito e o equilíbrio é grande. Com certeza será um jogo muito difícil, mas nós vamos entrar focados para fazer nosso melhor e buscar a vitória. Respeitando o adversário, mas sabendo o que podemos buscar”, finalizou.

Corinthians e São Paulo medem forças neste domingo, às 11h (de Brasília), no Morumbi, pela 25ª rodada do Brasileirão. O time de Fábio Carille tem 53 pontos, dez em relação ao Grêmio, atual vice-líder.

Confira os próximos jogos do Corinthians

24 Set, Dom, 11h00 - São Paulo x Corinthians
01 Out, Dom, 16h00 - Cruzeiro x Corinthians
11 Out, Qua, 21h00 - Corinthians x Coritiba
15 Out, Dom, 16h00 - Bahia x Corinthians
18 Out, Qua, 21h50 - Corinthians x Grêmio
22 Out, Dom, 16h00 - Botafogo x Corinthians
29 Out, Dom, 17h00 - Ponte Preta x Corinthians
05 Nov, Dom, 17h00 - Corinthians x Palmeiras

Veja mais em: Clayson, Majestoso, Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Jadson foi o nome do jogo neste domingo: anotou dois dos três gols do Corinthians

    Após 'apagões', Jadson brilha, Corinthians goleia São Caetano e vence a primeira no Paulistão

    ver detalhes
  • Jogadores correm pra abraçar Jadson após um dos gols do camisa 10

    Em primeira vitória do Corinthians no ano, Jadson e recém-contratados 'estouram'; Kazim destoa

    ver detalhes
  • Kazim deve ser poupado em jogo da próxima quarta-feira

    Carille 'esquece' clássico, mas indica mudanças no Corinthians para quarta; Kazim deve ser poupado

    ver detalhes
  • Confira os gols da goleada do Corinthians contra o São Caetano

    VÍDEO: Confira os gols da goleada do Corinthians contra o São Caetano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes