Corinthians/UNIP perde na prorrogação, é eliminado no Parque São Jorge e dá adeus à Liga Nacional

Corinthians/UNIP perde na prorrogação, é eliminado no Parque São Jorge e dá adeus à Liga Nacional

Por Meu Timão

Corinthians/Unip não conseguiu superar Marreco

Corinthians/Unip não conseguiu superar Marreco

Foto: Reprodução/TV

Atual campeão da Liga Nacional de Futsal, o Corinthians/UNIP foi eliminado pelo Marreco Futsal na noite deste sábado, na fase quartas de final. O Timão até venceu os paranaenses pelo placar de 4 a 3, no tempo regular, em jogo disputado no Ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge. Na prorrogação, porém, a equipe alvinegra perdeu por 1 a 0.

No jogo de ida, há duas semanas, o Corinthians/UNIP havia sido derrotado pelo Marreco em Francisco Beltrão, no Paraná, por 6 a 4. De tal forma, o Timão agora, em casa, precisava vencer no tempo normal e depois segurar ao menos um empate na prorrogação - tinha a vantagem da igualdade no marcador porque fizera melhor campanha na fase classificatória.

Eliminado nas quartas de final, o Corinthians dá adeus ao sonho do bicampeonato. O mesmo aconteceu recentemente no Campeonato Paulista, torneio no qual o Timão lutava pelo terceiro título consecutivo, mas acabou derrotado na final pelo Magnus Sorocaba.

O jogo

Precisando vencer no tempo normal para seguir vivo na luta por uma vaga rumo às semifinais, o Corinthians/UNIP honrou o mando de quadra e partiu para o ataque desde o apito inicial. Não à toa, logo no primeiro minuto de jogo, Matheus abriu o placar para o Timão.

Aos oito minutos, a equipe alvinegra ampliou o marcador com Douglas Nunes. Não demorou, contudo, para o Marreco diminuir: logo no minuto seguinte, Suelton marcou para os visitantes. E assim ficou o marcador na etapa inicial: 2 a 1 para o Timão.

Após o intervalo, os paranaenses que voltaram melhor para a quadra. E assim não tardaram a empatar a partida: gol de Emerson logo aos dois minutos. Poucos segundos depois, contudo, o Corinthians/UNIP tratou de colocar ordem na casa: 3 a 2 com Douglas.

A exemplo do que já havia acontecido no jogo ida, em solo paranaense, as equipes seguiram disputando o jogo de forma bastante equilibrada. O Corinthians tentava controlar a vantagem no placar; o Marreco, por sua vez, buscava sair no contra-ataque para surpreender.

Melhor para o time de Francisco Beltrão: Fabiano Assad balançou as redes aos 11 minutos em jogada de bastante velocidade. A igualdade no placar era favorável ao Marreco. Mas o Corinthians/UNIP tratou de voltar à frente: Matheus acertou um chutaço de longe, estufou as redes aos 15 minutos e garantiu o 4 a 3 no marcador. O goleiro Guitta, lá atrás, salvou a pátria diversas vezes e sacramentou a ida do Timão à prorrogação.

No tempo extra, a vantagem do empate era do Corinthians. E o Timão não soube aproveitá-la. Logo aos dois minutos, Barbosinha balançou as redes para o Marreco. Os alvinegros, então, passaram a sofrer com o bom sistema defensivo dos paranaenses - e não conseguiram igualar o marcador.

Escalação do Corinthians/UNIP

Titulares: Guitta, Matheus, Alex, Vander Carioca e Nenê;

Suplentes: Careca, Douglas, Douglas Nunes, Johnny, Índio, Genaro, Edson, Gleidson e Wilsinho.

Veja mais em: Futsal do Corinthians.

Veja Mais:

  • Na Série B do Brasileirão pelo Internacional, Leandro Damião entrou na mira do Timão

    Corinthians inicia sondagem sobre centroavante do Internacional

    ver detalhes
  • Timão monitorava situação de Roger, em fim de contrato no Botafogo

    Alvo do Corinthians, centroavante Roger fecha com clube gaúcho

    ver detalhes
  • Vilson só deve retornar aos treinos em fevereiro do ano que vem

    Vilson passa por nova cirurgia no joelho e deve perder pré-temporada do Corinthians; veja foto

    ver detalhes
  • Assim como no Paulistão, Cássio será o escolhido para levantar a taça do Brasileiro

    Carille define qual jogador do Corinthians vai levantar a taça do Campeonato Brasileiro de 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes