Pai de Matheus Vidotto quebra o silêncio e fala sobre situação do filho no Corinthians

Pai de Matheus Vidotto quebra o silêncio e fala sobre situação do filho no Corinthians

Por Meu Timão

Matheus Vidotto pode não jogar mais pelo Corinthians

Matheus Vidotto pode não jogar mais pelo Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Um dos poucos episódios negativos do Corinthians nos últimos dias, o "caso Matheus Vidotto" ganhou nova repercussão na noite dessa segunda-feira. Isso porque Claudinei Vidotto, pai do goleiro de 24 anos, concedeu entrevista ao portal GloboEsporte.com, quebrando o silêncio e falando assim sobre a situação de seu filho no clube do Parque São Jorge.

Leia também:
Toninho Cecílio comenta situação de Caíque e valoriza trabalho de Mauri Lima
Corinthians se reapresenta com reservas e titular 'solitário'; escalação terá mudanças
Confiando em Caíque, Pedro Henrique comenta situação de Vidotto

De acordo com Claudinei, o goleiro não ofendeu ninguém da comissão técnica corinthiana. O que houve foi uma manifestação de insatisfação por ter sido preterido por Caique França no jogo de quarta-feira passada, contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada, quando Walter se lesionou.

"Ele (Matheus) está tranquilo, seria incapaz de ofender alguém. Podia ter ficado quieto, mas não ficou e se ofenderam. É que ele não é covarde, é um cara de nível. O que nos deixa chateados é que somos corinthianos desde sempre", alegou o pai do jogador.

No último sábado, o Meu Timão noticiou em primeira mão o afastamento de Vidotto do elenco profissional do Corinthians. O goleiro foi cortado da lista de relacionados para a partida de sábado, contra o Avaí, por ter se rebelado nos vestiários contra a decisão de Fábio Carille - o que, na opinião do diretor de futebol Flávio Adauto, "nem é problema".

"O problema é que eles não utilizam e também não liberam o garoto. Ele teve umas dez propostas. No começo do ano apareceu a Portuguesa, mas não deixaram. Ele teve coisas para fora do Brasil também. Agora, não sei como vai ser. Acho que não deve ficar em 2018", alegou o pai do goleiro.

Vale lembrar que a situação de Vidotto no Corinthians começou a se complicar no início desta temporada, quando o arqueiro viajou para a Itália, onde tirou passaporte, durante o período de pré-temporada do Timão nos Estados Unidos. De tal forma, o goleiro, então terceiro reserva, perdeu espaço para os garotos Caique França e Diego no elenco alvinegro.

Vidotto, que está no Corinthians há 16 anos, tem contrato com o clube até dezembro de 2018.

Veja mais em: Matheus Vidotto e Caíque.

Veja Mais:

  • Emerson Sheik é esperado no CT do Corinthians na parte da tarde

    Zagueiro vai ao CT do Corinthians; Sheik e Matheus Vital são esperados no período da tarde

    ver detalhes
  • Na noite desta terça-feira, só a vitória importa ao Sub-20 do Timãozinho

    Tudo ou nada! Invicto, Corinthians mede força com Avaí pelas oitavas de final da Copinha

    ver detalhes
  • Henrique Dourado ainda pode reforçar Corinthians em 2018

    'Caso Gilberto' e atrito político: por que Corinthians ainda pode contratar Henrique Dourado

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini não poderá concorrer na eleição de fevereiro

    Citadini tem candidatura à presidência do Corinthians impugnada

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes