Torcedores de organizadas do Corinthians são detidos em ação da polícia do Rio de Janeiro

Torcedores de organizadas do Corinthians são detidos em ação da polícia do Rio de Janeiro

Por Meu Timão

3.1 mil visualizações 51 comentários Comunicar erro

Cinco torcedores de organizada do Timão foram presos no Rio de Janeiro

Cinco torcedores de organizada do Timão foram presos no Rio de Janeiro

Foto: Reprodução/Twitter

No último domingo, o Corinthians foi derrotado pelo Flamengo por 3 a 0 no estádio Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro. Antes da partida, cinco membros de uma das torcidas organizadas do clube impedidas de ter acesso aos estádios cariocas foram detidos por policiais do GEPE (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios). A decisão da Justiça ocorreu após confusão realizada no estádio do Maracanã, no último ano.

Além da prisão dos seus integrantes, a organizada terá de pagar uma multa de R$ 20 mil pelo descumprimento da punição. A informação foi divulgada pela própria polícia carioca no Twitter. O Meu Timão não conseguiu confirmar qual ou quais torcidas organizadas estariam envolvidas no episódio. Contudo, vale lembrar, que Estopim da Fiel e Fiel Macabra não estão proibidas de viajar ao Rio de Janeiro, tanto que estenderam suas faixas. As outras, sim.

Leia também:
Segundo jornalista, Jô pode deixar o Corinthians para atuar no futebol italiano
Em rede social, Corinthians ironiza gesto obsceno de atacante do Flamengo
Após derrota, Carille assume erro na escalação do Corinthians no Rio de Janeiro

Em outubro de 2016, antes do apito inicial do empate de 2 a 2 entre Corinthians e Flamengo pelo Campeonato Brasileiro daquele ano, no Maracanã, a torcida anfitriã arremessou copos em direção ao local destinado a torcedores do Timão. Em resposta, alguns corinthianos tentaram invadir a arquibancada ao lado, fazendo com que a Polícia Militar reagisse. Cassetetes e spray de pimenta foram usados pelos agentes, causando ainda maior tumulto.

O episódio levou a prisão preventiva de 31 torcedores do Corinthians, acusados de entrar em confronto com policiais militares. Entretanto, levando em consideração as imagens do duelo, só quatro dos 31 (entre eles um menor de idade) participaram do tumulto. Os indivíduos foram soltos em janeiro daquele ano, e acabaram sendo banidos de qualquer partida do clube alvinegro em território nacional.

Veja mais em: Corinthianos presos no Rio, Campeonato Brasileiro, Torcidas organizadas e Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Fábio Carille exibe a taça de heptacampeão brasileiro; treinador seguirá carreira na Ásia

    Fábio Carille deixa Corinthians e acerta com Al-Wehda, da Arábia Saudita

    ver detalhes
  • Osmar Loss (à esq.) sucede Carille no comando técnico do Corinthians

    Osmar Loss assume Corinthians após saída de Carille; estreia acontece nesta quinta

    ver detalhes
  • Carille, agora ex-Corinthians, acertou com Al-Wehda, do mundo árabe

    Corinthians divulga vídeo de agradecimento a Carille

    ver detalhes
  • Titulares do Corinthians foram a campo nesta terça-feira

    Titulares vão a campo, mas Carille não esboça time; jovem ganha atenção especial no fim do treino

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes