Por mais rodagem, parte dos jovens do elenco do Corinthians pode ser emprestada; veja candidatos

Por mais rodagem, parte dos jovens do elenco do Corinthians pode ser emprestada; veja candidatos

54 mil visualizações 147 comentários Comunicar erro

Warian é um dos que pode ser emprestado; Maycon, que foi para a Ponte e voltou para ser titular, vira exemplo

Warian é um dos que pode ser emprestado; Maycon, que foi para a Ponte e voltou para ser titular, vira exemplo

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Parte dos jovens do elenco do Corinthians pode ser emprestada ao término do Brasileiro. A ideia dos dirigentes e da comissão técnica é fazer com que os jogadores ganhem rodagem e voltem mais experientes num futuro próximo. O caso de Maycon, que foi liberado para a Ponte e voltou para ser titular nas campanhas dos títulos paulista e brasileiro é visto como exemplo.

A possibilidade existe com seis dos pratas da casa: Matheus Vidotto, Léo Príncipe, Warian, Guilherme Mantuan, Rodrigo Figueiredo e Carlinhos. Uns com mais chances, outros com menos. Mas um empréstimo, neste momento, não está descartado com nenhum deles.

Leia também:
Damião? Substituto para Arana? Carille abre o jogo sobre contratações do Corinthians
Mesmo suspenso, Romero tem duas metas para jogo da festa contra o Atlético-MG
Ralf fecha portas para rivais do Corinthians e encaminha permanência na China

A começar pelo goleiro. Após se rebelar por não aceitar ser preterido por Carille, Vidotto deve ser liberado para outra equipe sem maiores objeções. Como seu contrato termina no dia 31 de dezembro de 2018, é provável que o empréstimo seja feito até o fim do seu vínculo com o clube. A renovação não deve acontecer depois do episódio.

Léo Príncipe é outro que poderá ser emprestado. Algo, porém, que só aconteceria caso seja trazido um jogador mais experiente para sua posição, como foi Edilson nas temporadas 2015 e 2016, por exemplo. O contrato do jovem termina apenas no dia 31 de dezembro de 2019.

O volante Warian, que treinou com os jogadores do profissional durante o ano todo, chegou a ser relacionado mas não teve chance de entrar em campo. Uma saída para ganhar rodagem também não está descartada. O contrato do jovem termina no dia 31 de junho de 2019.

O mesmo é válido para o volante Guilherme Mantuan e para o meia Rodrigo Figueiredo. O primeiro conviveu com contusões durante a temporada, enquanto o segundo teve a chance de entrar em campo pela primeira vez somente no último domingo. É possível que ambos sejam liberados para ter mais chances de jogar. Mantuan tem contrato até 31 de maio de 2020. Figueiredo, por sua vez, tem vínculo até 31 de dezembro de 2019.

Carlinhos tem menos chance de sair. Como será necessário ter muitos jogadores na próxima temporada, devido às cinco competições, é provável que o centroavante permaneça e tenha mais oportunidades de entrar em campo - atuou por poucos minutos diante do Atlético-GO, na Arena. O vínculo do atacante vai até 31 de dezembro de 2020.

Caíque França, Léo Santos, Marciel e Pedrinho não têm qualquer chance de serem emprestados.

Veja mais em: Carlinhos, Guilherme Mantuan, Pedrinho, Warian, Léo Príncipe, Matheus Vidotto, Rodrigo Figueiredo e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Desejado pelo Atlético-MG, Clayson quer ficar e retomar alto nível no Timão em 2019

    Clayson freia saída e faz Atlético-MG analisar outros corinthianos; acordo por Luan é mantido

    ver detalhes
  • Marciel está fora dos planos da comissão técnica do Corinthians para 2019

    Sem aval de Carille, Marciel não retorna ao Corinthians

    ver detalhes
  • Sornoza será jogador do Corinthians em 2019, salvo improvável problema médico

    Sornoza agenda exames e deve assinar com Corinthians nesta quarta

    ver detalhes
  • Davi ganhou mês passado camisa autografada por jogadores do Corinthians

    Camisa do Corinthians se torna supertrunfo na inclusão social de pessoas em cadeiras de rodas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes