Mascherano revela que expulsão pelo Corinthians em 2006 mudou sua carreira

73 mil visualizações 61 comentários

Por Meu Timão

Jogador do Corinthians, Mascherano foi expulso diante do ex-clube na Libertadores de 2006

Jogador do Corinthians, Mascherano foi expulso diante do ex-clube na Libertadores de 2006

Gazeta Press

Campeão brasileiro pelo Corinthians em 2005, Javier Mascherano, zagueiro da seleção argentina e do Barcelona, mudou a maneira de encarar o futebol profissional na noite de 26 de abril de 2006. A data se refere à derrota sofrida pelo Timão por 3 a 2 para o River Plate, em Buenos Aires, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Em entrevista à revista El Gráfico publicada no último dia 1º, Mascherano recordou sua expulsão naquela partida. Para o veterano defensor, que ainda atuava no meio de campo à época, o fato de ter prejudicado a equipe alvinegra diante do River Plate, clube que o revelou, gerou dúvidas por parte de torcedores corinthianos quanto à sua honestidade.

“Marcelo (Gallardo) foi astuto porque o segundo cartão amarelo foi ele que me forçou a receber, exagerando a queda. Aquele meu jogo não foi ruim. Foi péssimo”, detalhou Mascherano. “Aquele cartão me complicou no Brasil, tanto que os torcedores vieram falar comigo”, emendou o argentino.

Segundo o jogador, aquele cartão vermelho o fez enxergar futebol de outra maneira. Dali em diante, ele jamais se envolveria emocionalmente – ao menos não dentro de campo – com o River Plate, time pelo qual nunca escondeu ser apaixonado. Já o Corinthians acabaria eliminado da Libertadores no Pacaembu, onde perdeu pelo placar de 3 a 1.

“Ali, naquele fracasso, percebi que o jogo me transbordou, que eu fiquei totalmente tomado. Sou bastante sensível e me emociono fácil. Choro fácil, também. Fiquei tão perdido que em vez de ir para o vestiário depois da expulsão, dei a volta pelo campo, por trás do gol”, relembrou.

Contratado pelo Corinthians via parceria com a MSI, Mascherano logo deixaria o clube rumo ao futebol inglês. O defensor, hoje ícone da seleção argentina, disputou apenas 26 jogos com a camisa alvinegra.

Leia também:
Adriano admite erros no Corinthians e lamenta: 'Queria ter mostrado muito mais'
Feliz por conquista do Brasileirão, Renato Augusto compara Corinthians de 2015 e 2017

Curiosamente, Javier e River voltariam a cruzar caminho em uma decisão em 2015, na final do Mundial de Clubes. E a lembrança ligada ao Corinthians cerca de dez anos antes veio à tona:

Qualquer gesto pode ter qualquer interpretação, e depois do que aconteceu com o Corinthians, preferi me afastar emocionalmente em jogos assim. O torcedor é torcedor, mas como vou ter alguma razão para desrespeitar o River, com tudo o que o clube me deu? Enquanto eu me aquecia naquela final no Japão, repetia para mim mesmo: 'Não vá até lá, não se comprometa emocionalmente, você joga como zagueiro central, se for até lá, você vai fazer alguma cagada e o time vai perder por culpa sua. Pensei nisso o tempo todo, desde a semifinal', completou.

Relembre a expulsão de Mascherano

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians e Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Corinthians é massacrado pelo Flamengo e Cássio desabafa após goleada

    VÍDEO: Corinthians é massacrado pelo Flamengo e Cássio desabafa após goleada

    ver detalhes
  • Cássio desabafou após a goleada sofrida para o Flamengo, em plena Neo Química Arena

    O motivo por trás do desabafo de Cássio após a goleada sofrida pelo Corinthians diante do Flamengo

    ver detalhes
  • Fábio Santos deve ser anunciado pelo Corinthians em breve

    Vagner Mancini rasga elogios a Fábio Santos, possível reforço do Corinthians: 'Peça significativa'

    ver detalhes
  • Corinthians tem semana cheia, com base, feminino e mais

    Corinthians tem semana cheia com 12 jogos em diversas modalidades; veja datas

    ver detalhes
  • Fagner na derrota contra o Flamengo, na Neo Química Arena, pelo Brasileirão

    Corinthians dá vexame contra o Flamengo e sofre maior goleada da Neo Química Arena

    ver detalhes
  • Cazares no jogo contra o Flamengo, na Neo Química Arena

    Torcida do Corinthians 'poupa' Cazares em dia de média geral baixíssima; dupla beira o zero

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: