Adriano admite erros no Corinthians e lamenta: 'Queria ter mostrado muito mais'

5.7 mil visualizações 44 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Adriano queria ter mostrado mais com a camisa do Corinthians

Adriano queria ter mostrado mais com a camisa do Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Depois de deixar o Corinthians, em 2011, Ronaldo deixou em aberto um espaço no comando de ataque alvinegro e, sobretudo, como estrela de marketing do clube. A solução encontrada na época foi uma indicação do próprio Fenômeno. Para o lugar do ex-camisa 9, Adriano desembarcou no Parque São Jorge.

Logo em seu primeiro treino, no entanto, lesionou o tendão. No processo de recuperação, não fez a fisioterapia da forma correta. O Imperador não esconde que esse é seu maior arrependimento na passagem pelo Timão.

"Me arrependo de não ter seguido a minha fisioterapia como ela deveria ter sido feita no Corinthians. Isso eu tenho a plena noção que eu realmente errei, sempre falei isso para todo mundo. Mas na vida vamos aprendendo, né. Tem coisas que a gente não sabe o que vai acontecer e quando vai ver já aconteceu. Temos que ter uma autocritica, saber que errou e eu errei, isso é fato. Então é disso que me arrependo um pouco", relembrou o ex-atacante, em participação no programa Aqui com Benja, do canal Fox Sports, neste sábado.

Leia também:
Antes de deixar o Brasil, Guilherme Arana faz tatuagem e eterniza camisa usada no Corinthians
Carille diz que Corinthians tem 'bastante chance' de contratar Júnior Dutra e Renê
Saiba como assistir ao jogo entre Corinthians e Sport pela TV

Como resultado do descuido no tratamento de sua lesão, Adriano nunca se firmou no clube. Por conta disso, atuou apenas oito vezes com a camisa 10 alvinegra. Triste pela curta passagem no time paulista, o Imperador, ao menos, tem histórias para contar. Em uma de suas poucas aparições, saiu do banco para decidir o importante duelo contra o Atlético Mineiro, vencido por 2 a 1 pelo Timão. O resultado foi essencial para a conquista do pentacampeonato nacional.

"A lesão me abalou muito, porque eu queria ter mostrado muito mais no Corinthians. Foram pessoas que me trataram super bem, abriram as portas para mim também e me deram a oportunidade de voltar a jogar”, disse.

"Infelizmente joguei pouco, mas ainda consegui fazer um gol, fiz meu golzinho. Deus ainda fez com que eu ganhasse mais um Brasileiro, apesar de não ter jogado muito. Mas isso faz parte da minha vida", completou.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Treinador português corre risco de demissão no Monaco

    Possível interesse do Corinthians em técnico do Monaco repercute na Europa

    ver detalhes
  • Corinthians Sub-20 decide vaga na semifinal no Parque São Jorge

    Corinthians conhece datas das quartas do Paulista do Sub-20, Sub-17 e Sub-15; veja como ficou

    ver detalhes
  • Casa invadida pelo carro de Ralf amanheceu com pichações nesta terça-feira

    Muro de casa invadida por carro de Ralf, do Corinthians, é pichado

    ver detalhes
  • Cássio comentou sobre as recentes críticas ao técnico Fábio Carille

    'Não vejo ninguém incomodado aqui', diz Cássio sobre declarações de Carille

    ver detalhes
  • Pedrinho quer enfrentar o Goiás pelo Corinthians

    Pedrinho se coloca à disposição para enfrentar o Goiás; Corinthians envia fisioterapeuta

    ver detalhes
  • Cássio até se divertiu ao lembrar do momento ruim em 2016

    Chamado de 'gordo' em 2016, Cássio se coloca como exemplo para companheiros em baixa

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: