Marlone pondera sobre passagem apagada pelo Atlético-MG e pede calma para definir futuro

9.0 mil visualizações 120 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Marlone não correspondeu às expectativas no Atlético-MG

Marlone não correspondeu às expectativas no Atlético-MG

Divulgação/Bruno Cantini

Ao contrário do esperado tanto por Corinthians como por Atlético-MG, o meia Marlone não mostrou em 2017 o futebol que o credenciou a ser contratado pelo time paulista no início de 2016. Com o fim do empréstimo junto ao clube de Belo Horizonte, o jogador de 25 anos retorna ao Parque São Jorge sem saber lá como será daqui em diante.

Em entrevista reproduzida pelo site GloboEsporte.com nesta quarta-feira, Marlone classificou a temporada como positiva, apesar de ter recebido poucas oportunidades no Atlético-MG. Foram apenas 19 jogos disputados e três gols marcados entre março e dezembro.

“Esse ano foi um ano importantíssimo. Não posso achar que foi ruim pelo fato de não jogar ou estar em evidência”, explicou Marlone. “Foi onde fiz amizades, cresci muito aqui e extracampo também. Na vida do atleta não pode só olhar o ponto apenas de estar jogando. Aprendi muito aqui no Atlético-MG e pontuo como um ano positivo”, declarou o meia.

Marlone foi cedido pelo Corinthians no último mês de março. Em troca, o Atlético-MG emprestou à equipe da capital paulista o atacante Clayton – ele viria a ser devolvido em agosto. Sem vingar em nenhum dos clubes, o armador trata sem pressa a possibilidade de voltar a vestir a camisa corinthiana.

Leia também:
Meia emprestado pelo Corinthians é dispensado de clube da Série B; jogador é cotado no Fortaleza
Sheik, Lucca, Marllon... Rebaixada, Ponte Preta anuncia 16 dispensas; Corinthians de olho

“É difícil falar de vontade, porque ainda tenho dois anos (de contrato) com o Corinthians e futebol tudo muda muito rápido. É difícil eu falar, se quero ir para o Corinthians ou ficar, porque vida de jogador é muito doideira. Planejei muitas coisas aqui, mas acabaram não acontecendo. É assim a vida. Tenho que olhar com calma para fazer a escolha certa e ver onde vou ter uma sequência.”

Atrito no passado – Gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes chegou a rebater críticas feitas por Marlone pouco antes de o jogador ser anunciado oficialmente como reforço do Atlético-MG. O já ex-camisa 8 do Timão rechaçou, via assessoria de imprensa, a postura do clube alvinegro em sua negociação. “Ele, na minha opinião, foi bastante infeliz ao usar a palavra ‘covardia’”, respondeu Alessandro, na ocasião.

Veja mais em: Jogadores emprestados, Marlone, Alessandro e Marlone.

Veja Mais:

  • Ralf volta ao plantel do Timão para o jogo desta quarta-feira

    Com três retornos, Corinthians confirma lista de relacionados contra o Goiás; veja provável time

    ver detalhes
  • Arena compete com outros sete estádios pela honraria de sediar a final continental

    Conmebol confirma Arena Corinthians como candidata para sediar final da Libertadores de 2020

    ver detalhes
  • Treinador português corre risco de demissão no Monaco

    Possível interesse do Corinthians em técnico do Monaco repercute na Europa

    ver detalhes
  • Corinthians Sub-20 decide vaga na semifinal no Parque São Jorge

    Corinthians conhece datas das quartas do Paulista do Sub-20, Sub-17 e Sub-15; veja como ficou

    ver detalhes
  • Casa invadida pelo carro de Ralf amanheceu com pichações nesta terça-feira

    Muro de casa invadida por carro de Ralf, do Corinthians, é pichado

    ver detalhes
  • Cássio comentou sobre as recentes críticas ao técnico Fábio Carille

    'Não vejo ninguém incomodado aqui', diz Cássio sobre declarações de Carille

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: