Joel Santana faz comentário polêmico sobre Corinthians de Fábio Carille

91 mil visualizações 246 comentários

Por Meu Timão

Joel Santana falou sobre Corinthians

Joel Santana falou sobre Corinthians

Reprodução/TV

O Corinthians de Fábio Carille, que tanto encantou torcedores, jornalistas e demais interessados em futebol em 2017, foi alvo de uma análise um tanto quanto polêmica por parte do treinador Joel Santana, atualmente sem clube. Em participação no programa Seleção SporTV desta terça-feira, o técnico desempregado ironizou a fama conquistada pelo Timão e, mais precisamente, pelo comandante alvinegro após os títulos paulista e brasileiro.

"Estou vendo de falar de tática, técnica, estas coisas todas. Por ter sido um aprendiz do Tite, o treinador do Corinthians... Foi a equipe que melhor trabalhou atrás da linha da bola. Antigamente, era retranqueiro. Agora é uma arte. Esse é o futebol brasileiro (hoje). É 'organizado'. O futebol hoje é ter números e falar difícil. Inventar qualquer coisa. Marcação na frente, ou atrás ou do lado", disparou o rodado técnico de 69 anos.

Leia também:
Por problemas financeiros, Carille projeta futebol brasileiro mais distante da Europa
Carille envia recado de Natal para Fiel e promete trabalho por um '2018 melhor ainda'
Por 'característica única', Carille vê Rodriguinho como peça fundamental para 2018

É claro que até o mais forte crítico acaba se rendendo ao trabalho de Carille à frente do Corinthians. E isso não foi diferente com Joel Santana. O treinador ex-África do Sul, em meio às análises polêmicas, elogiou a entrega dos jogadores corinthianos ao longo do Estadual e do Nacional da atual temporada - e destacou o trio Cássio, Rodriguinho e Jô.

"No começo do Paulista, o Corinthians suou sangue, ganhou tudo apertadinho ali, suado, fazia um golzinho, se segurava e o Cássio pegando de tudo quanto é jeito. Porque ele é um baita de um goleiro. E o Corinthians foi seguindo, criou moral, o time não é tão ruim como parece e foi embora", disse.

Fábio Carille exibe a taça de heptacampeão brasileiro

Fábio Carille exibe a taça de heptacampeão brasileiro

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

"Ninguém acreditava, era o quarto de São Paulo, porque o Jô estava voltando, não estava numa boa fase, recuperou, tomou uma água milagrosa aí e ficou bom, o Cássio voltou a agarrar bem, Rodriguinho voltou a jogar para caramba, meter a bola no buraco, a defesa muito firme, muito bem composta, organizada, o time foi chegando e jogando do jeito que queria. Esperava a bola, uma bolinha parada, um chute de longe, uma falta, não se precipitou e foi campeão com uma longa margem de pontos que nem Papai Noel pensava que ia dar uma disparada como ele deu", completou.

O último trabalho de Joel Santana como técnico foi à frente do Boavista, no Campeonato Carioca e na Copa do Brasil de 2017. Por lá, somou seis vitórias, três empates e nove derrotas. A última conquista do treinador foi em 2010, quando conquistou o Estadual do Rio de Janeiro como comandante do Botafogo.

Veja mais em: Fábio Carille, Heptacampeonato brasileiro, Campeonato Paulista e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Duilio Monteiro Alves venceu Augusto Melo e Mario Gobbi nas eleições presidencias do Corinthians

    Conheça o histórico e a trajetória de Duilio Monteiro Alves, o novo presidente do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians conquista o bicampeonato da Supercopa de Futsal

    Corinthians repete roteiro da semifinal, supera Pato e é Bicampeão da Supercopa de Futsal

    ver detalhes
  • Duílio é o novo presidente do Corinthians

    Duílio Monteiro Alves vence eleição e é o novo presidente do Corinthians; oito chapas foram eleitas

    ver detalhes
  • Cássio voltou a treinar no CT Joaquim Grava; Corinthians encara Fortaleza na quarta-feira

    Com presenças de Cássio e Ramiro, Corinthians faz segundo treino para enfrentar o Fortaleza

    ver detalhes
  • Mario Gobbi teve o voto de 783 sócios do Corinthians

    Mario Gobbi agradece apoio dos sócios do Corinthians e parabeniza Duilio Monteiro Alves

    ver detalhes
  • As oito chapinhas mais votadas serão parte do Conselho Deliberativo no triênio 2021-2023

    Conselho Deliberativo do Corinthians racha ao meio após eleição; vitalícios serão fiel da balança

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: