Triunfo no Majestoso encerra gestão de Roberto de Andrade no Corinthians; confira retrospecto

5.5 mil visualizações 80 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Roberto de Andrade deixa a presidência do Corinthians neste sábado

Roberto de Andrade deixa a presidência do Corinthians neste sábado

Marcelo Machado/Ag. Corinthians

Embora ainda tenha quase uma semana de mandato pela frente, Roberto de Andrade viu, neste sábado, seu último jogo como presidente do Corinthians. O triunfo alvinegro contra o São Paulo, por 2 a 1, encerrou os três anos de seu mandato da mesma forma que começou, com vitória em um clássico. No final, o retrospecto dentro de campo termina positivo.

Mandatário alvinegro desde 7 de fevereiro de 2015, Roberto de Andrade ocupou o cargo máximo do clube durante 213 partidas. Destas, o Timão venceu 115, empatou 58 e perdeu apenas 40 - somando também os amistosos. Nesse período, ainda, o clube marcou 317 vezes e sofreu outros 178 tentos.

Leia também:
Andrés admite dificuldade por máster, mas garante CT da base em caso de eleição no Corinthians
Vitória no Majestoso garante vantagem do Corinthians contra o São Paulo no Pacaembu
Com comparação a Tite, Carille tem trabalho no Corinthians elogiado em portal da Inglaterra

A primeira partida alvinegra com o atual presidente aconteceu um dia depois de sua eleição. O adversário foi o Palmeiras, no Allianz Parque. Na oportunidade, o Corinthians, comandado por Tite, bateu o rival por 1 a 0, com gol do experiente Danilo, que segue no clube.

Se o retrospecto é bastante positivo, a lista de títulos não deixa a desejar - foram três troféus. Logo em seu primeiro ano no cargo, Roberto de Andrade conquistou o título do Campeonato Brasileiro com Tite e seus comandados. Dois anos mais tarde, já em seu último "ano cheio" no cargo, o Timão voltou a conquistar o Brasileirão, dessa vez com Carille. O clube ainda levou o Paulistão para casa na mesma temporada.

Em tempo: as eleições para o cargo de presidente do Corinthians ocorrem neste sábado, dia 3. O processo eleitoral conta com cinco candidatos: Andrés Sanchez, da situação, e Felipe Ezabella, Romeu Tuma Jr, Paulo Garcia e Antônio Roque Citadini, da oposição.

Veja mais em: Roberto de Andrade, Majestoso e Eleições no Corinthians.

Veja Mais:

  • Ralf volta ao plantel do Timão para o jogo desta quarta-feira

    Com três retornos, Corinthians confirma lista de relacionados contra o Goiás; veja provável time

    ver detalhes
  • Corinthians não tomou conhecimento do adversário e garantiu mais um título estadual

    Corinthians goleia Magnus fora de casa e garante título do Campeonato Paulista de Futsal

    ver detalhes
  • Treinador português corre risco de demissão no Monaco

    Possível interesse do Corinthians em técnico do Monaco repercute na Europa

    ver detalhes
  • Arena compete com outros sete estádios pela honraria de sediar a final continental

    Conmebol confirma Arena Corinthians como candidata para sediar final da Libertadores de 2020

    ver detalhes
  • Timão perdeu a primeira pelo NBB

    Corinthians perde para São Paulo em noite de atuação apática na estreia do NBB

    ver detalhes
  • Casagrande rebateu as entrevistas concedidas pelo treinador

    Casagrande culpa Carille por deficiências do elenco citadas pelo técnico: 'Má escolha dele'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: