Até cervejada no rosto! Sob protestos, Andrés Sanchez é reeleito presidente do Corinthians

Até cervejada no rosto! Sob protestos, Andrés Sanchez é reeleito presidente do Corinthians

Por Danilo Augusto, Lucas Faraldo e Rafaela de Oliveira

91 mil visualizações 787 comentários Comunicar erro

Andrés Sanchez conversou com o então ainda presidente Roberto de Andrade durante a eleição

Andrés Sanchez conversou com o então ainda presidente Roberto de Andrade durante a eleição

Foto: Rafaela de Oliveira/Meu Timão

O novo presidente do Corinthians para o triênio 2018/19/20 foi eleito neste fim de tarde de sábado: Andrés Navarro Sanchez, da chapa de situação Renovação & Transparência. Em votação realizada no mini-ginásio do Parque São Jorge, os sócios do clube elegeram o deputado federal (PT-SP) com 33,9% dos votos. O fim do pleito foi marcado por confusão: protestos, gritaria e tentativa de agressão contra o novo mandatário - veja vídeo abaixo.

Podiam votar neste sábado 3.514 sócios patrimoniais e ainda 8.080 sócios remidos, somando assim 11.594 sócios. No fim das contas, foram às urnas exatos 3.642 associados.

Leia também:
Voadora e até mordida: jornalistas são agredidos após eleição do Corinthians; veja vídeo
Gritos de guerra, fuga no banheiro e ajuda da PM: o início do mandato de Andrés no Corinthians

Boa parte dos sócios de oposição que marcaram presença no Parque São Jorge se revoltou contra Andrés Sanchez após o anúncio do resultado da eleição. Sob cânticos de "Andrés, aqui não tem burguês!", o novo presidente do Corinthians sofreu tentativa de agressão e levou até uma "cervejada" no rosto ao ser encurralado instantes antes de falar com a imprensa. Na sequência, se escondeu no banheiro para fugir dos que o ameaçavam.

Andrés se escondeu em banheiro para não apanhar de sócios

Andrés se escondeu em banheiro para não apanhar de sócios

Meu Timão

É neste clima de tensão que Andrés Sanchez volta à cadeira de presidente do Corinthians após mandar oficialmente no clube de 2007 a 2011. O agora novo mandatário do Timão assume o cargo neste sábado mesmo, substituindo Roberto de Andrade, que também era da chapa Renovação & Transparência.

Eleição do Corinthians acabou com presença da polícia militar no PSJ

Eleição do Corinthians acabou com presença da polícia militar no PSJ

Rafaela de Oliveira/Meu Timão

Para assumir a presidência para este próximo triênio, vale lembrar que Andrés Sanchez venceu os seguintes opositores na eleição: Antonio Roque Citadini, Paulo Garcia, Felipe Ezabella, Romeu Tuma Jr. Juntos, os candidatos de oposição somaram 2.376 votos.

Resultado da eleição no Corinthians

Andrés Sanches - 1235 votos (33,9%)
Paulo Garcia - 834 votos (22,9%)
Antônio Roque Citadini - 803 votos (22%)
Felipe Ezabella - 461 votos (12,6%)
Romeu Tuma Júnior - 278 votos (7,6%)
Brancos e nulos - 31 votos (0,8%)
Total - 3642

Vídeo da confusão pós-apuração

Veja mais em: Eleições no Corinthians, Presidentes, Andrés Sanchez e Roberto de Andrade.

Veja Mais:

  • Roger fez seu primeiro gol pelo Corinthians

    Corinthians cede empate ao Sport e perde chance de reassumir liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthiano Mantuan durante jogo contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro

    Fiel 'esquece' Roger e elege dois defensores como craques do Corinthians no empate contra Sport

    ver detalhes
  • Corinthians tropeçou no Sport neste domingo

    Corinthians perde uma posição e vê 'perigoso concorrente' assumir liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Fábio Carille conversou com a imprensa sobre possível saída do Corinthians

    Carille sobe tom, ataca imprensa, mas confirma sondagem: 'Se chegar proposta, vou pensar'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes