Em primeira coletiva, Andrés Sanchez confirma mudanças e promete nova postura do Corinthians

Em primeira coletiva, Andrés Sanchez confirma mudanças e promete nova postura do Corinthians

Por Meu Timão

49 mil visualizações 169 comentários Comunicar erro

Andrés concedeu sua primeira entrevista coletiva depois da eleição

Andrés concedeu sua primeira entrevista coletiva depois da eleição

Foto: Reprodução/TV

Reeleito presidente do Corinthians no último sábado, Andrés Sanchez concedeu sua primeira coletiva no CT Joaquim Grava, nesta terça-feira. Ao lado dos vice-presidentes Alexandre Husni e Edna Murad, o mandatário alvinegro confirmou as previstas mudanças no clube.

"Duílio vai ser adjunto de futebol, Rosenberg do marketing. Mudou a eleição no Corinthians, vamos fazer uma composição com as chapinhas, para todo mundo trabalhar em prol do Corinthians. Todos os vice-presidentes vão participar ativamente também, sabemos que precisamos deles mais ativos", explicou Andrés.

Leia também:
Corinthians reúne imagens de tentativas de agressão a Sanchez e irá à polícia
Em nota oficial, Ponte Preta nega acerto de gerente de futebol com Corinthians
De volta à diretoria, Rosenberg planeja implantar marketing agressivo no Corinthians

Já trabalhando, Duílio Monteiro foi confirmado como adjunto do futebol, assim como Luis Paulo Rosenberg, novo diretor de marketing do Timão. A coletiva também serviu para confirmar Wesley Melo como diretor financeiro e Fábio Trubilhano como novo diretor jurídico.

Além dos nomes na diretoria alvinegra, o que também deve mudar para o próximo triênio é a postura do clube. Mesmo pregando cautela com a parte financeira, tanto para reforços quanto para pagamento da Arena, o dono do cargo máximo corinthiano garante atitudes mais atrevidas.

"Seremos o mais transparente possível, queremos ser muito mais ativos e atrevidos. Vamos melhorar tudo o que achamos que tem de melhorar", pontuou, deixando claro que mudanças são normais, mesmo fazendo parte da mesma chapa do ex-presidente Roberto de Andrade.

"A essência em si é o padrão. Mas cada um tem uma maneira de administrar, tanto Roberto como Mário. Todos tiveram liberdade para administrar da maneira que eles quiseram fazer", concluiu.

Veja mais em: Andrés Sanchez e Eleições no Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians de Jonathas não conseguiu vencer o Cruzeiro nesta quarta-feira

    VAR tem noite terrível, Corinthians é derrotado na Arena e perde título da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Emerson Sheik foi eleito pela Fiel o melhor em campo na derrota do Corinthians para o Cruzeiro

    Mais velho e mais novo do Corinthians são eleitos os melhores da final da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians deu show à parte na finalíssima da Copa do Brasil

    Torcida do Corinthians dá novo show e 'se salva' em vice da Copa do Brasil; veja repercussão

    ver detalhes
  • Corinthians levou R$ 20 milhões pelo segundo lugar na Copa do Brasil

    Revés para o Cruzeiro na final da Copa do Brasil faz Corinthians perder quase R$ 40 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes