Corinthians mantém busca por camisa 9, mas trabalho de Carille dá fôlego à diretoria

Corinthians mantém busca por camisa 9, mas trabalho de Carille dá fôlego à diretoria

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni

17 mil visualizações 200 comentários Comunicar erro

Andrés atualizou busca por camisa 9 após vitória do Timão sobre Bragantino

Andrés atualizou busca por camisa 9 após vitória do Timão sobre Bragantino

Foto: Larissa Lima/Meu Timão

O Corinthians segue em busca de um centroavante capaz de substituir Jô, craque do último Campeonato Brasileiro. Enquanto não repõe tal saída, Fábio Carille vai trabalhando com o que tem em mãos e dando “fôlego” à direção do clube. Em entrevista na zona mista da Arena Corinthians após a vitória por 2 a 0 sobre o Bragantino, na noite desta quinta-feira, o presidente Andrés Sanchez reiterou a dificuldade para contratar um camisa 9.

“Estamos procurando, mas todo mundo sabe que está difícil. É uma posição que nós, do futebol brasileiro, temos que discutir. Os centroavantes dos grandes times hoje têm mais de 33 anos, para não dizer 35 e 37. Tem que começar a olhar nas categorias de base para ver o que está acontecendo com os centroavantes. Mas vamos continuar procurando e, com certeza, quando menos se esperar, ele chega”, afirmou Andrés Sanchez, que relacionou a carência de centroavantes no mercado da bola com o trabalho desempenhado na formação de atletas nas categorias de base.

“Tá difícil (encontrar um camisa 9), não é um problema só do Corinthians, é um problema do futebol brasileiro como um todo. Três de quatro times têm jogador de mais de 34 anos. Temos que trabalhar isso, com os treinadores de base, o porquê de não ter um centroavante como sempre tivemos”, declarou.

Leia também:
Carille explica mudanças, confirma sequência a Vital e projeta Majestoso
Corinthians revê São Paulo nas semis do Paulista; veja datas e horários

Andrés fez questão de valorizar não só a classificação do Corinthians às semifinais do Paulistão como o trabalho de Carille à frente da equipe de futebol. Segundo o dirigente, o técnico está perto de encontrar o chamado “time ideal” mesmo sem o futuro centroavante.

“Programado nunca está. Queremos ganhar sempre, mas tivemos algumas mudanças no começo do ano. Repusemos algumas peças, tiramos outras, mas o Carille está achando um time ideal. O Campeonato Paulista, infelizmente, está se tornando isso. É praticamente uma pré-temporada. O campeonato foi bem disputado, jogo difícil e hoje, graças a Deus, passamos”, finalizou.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Campeonato Paulista, Mercado da bola e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Jogadores treinaram na tarde desta sexta-feira no CT Joaquim Grava

    Jair Ventura não esboça time titular para encarar o Vitória; trio não vai a campo e lateral é dúvida

    ver detalhes
  • Diego Tardelli está há três temporadas no Shandong Luneng

    Corinthians recebe aceno positivo de 'concorrido' Tardelli por retorno ao Brasil

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians lotou Arena para finalíssima da Copa do Brasil

    Salvo padrão Fifa, Arena Corinthians tem seu maior ganho líquido de renda na final da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Cássio falou com o jornalistas na tarde desta sexta-feira no CT do clube

    Cássio critica agente de Pedrinho após postagem: 'As coisas se resolvem aqui, não falando fora'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes