Corinthians mantém busca por camisa 9, mas trabalho de Carille dá fôlego à diretoria

Corinthians mantém busca por camisa 9, mas trabalho de Carille dá fôlego à diretoria

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni

17 mil visualizações 200 comentários Comunicar erro

Andrés atualizou busca por camisa 9 após vitória do Timão sobre Bragantino

Andrés atualizou busca por camisa 9 após vitória do Timão sobre Bragantino

Foto: Larissa Lima/Meu Timão

O Corinthians segue em busca de um centroavante capaz de substituir Jô, craque do último Campeonato Brasileiro. Enquanto não repõe tal saída, Fábio Carille vai trabalhando com o que tem em mãos e dando “fôlego” à direção do clube. Em entrevista na zona mista da Arena Corinthians após a vitória por 2 a 0 sobre o Bragantino, na noite desta quinta-feira, o presidente Andrés Sanchez reiterou a dificuldade para contratar um camisa 9.

“Estamos procurando, mas todo mundo sabe que está difícil. É uma posição que nós, do futebol brasileiro, temos que discutir. Os centroavantes dos grandes times hoje têm mais de 33 anos, para não dizer 35 e 37. Tem que começar a olhar nas categorias de base para ver o que está acontecendo com os centroavantes. Mas vamos continuar procurando e, com certeza, quando menos se esperar, ele chega”, afirmou Andrés Sanchez, que relacionou a carência de centroavantes no mercado da bola com o trabalho desempenhado na formação de atletas nas categorias de base.

“Tá difícil (encontrar um camisa 9), não é um problema só do Corinthians, é um problema do futebol brasileiro como um todo. Três de quatro times têm jogador de mais de 34 anos. Temos que trabalhar isso, com os treinadores de base, o porquê de não ter um centroavante como sempre tivemos”, declarou.

Leia também:
Carille explica mudanças, confirma sequência a Vital e projeta Majestoso
Corinthians revê São Paulo nas semis do Paulista; veja datas e horários

Andrés fez questão de valorizar não só a classificação do Corinthians às semifinais do Paulistão como o trabalho de Carille à frente da equipe de futebol. Segundo o dirigente, o técnico está perto de encontrar o chamado “time ideal” mesmo sem o futuro centroavante.

“Programado nunca está. Queremos ganhar sempre, mas tivemos algumas mudanças no começo do ano. Repusemos algumas peças, tiramos outras, mas o Carille está achando um time ideal. O Campeonato Paulista, infelizmente, está se tornando isso. É praticamente uma pré-temporada. O campeonato foi bem disputado, jogo difícil e hoje, graças a Deus, passamos”, finalizou.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Campeonato Paulista, Mercado da bola e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Jonathas está na mira do Corinthians; atacante está no Hannover, da Alemanha

    Uma contratação, uma baixa e duas negociações: como se reapresenta o Corinthians pós-folga

    ver detalhes
  • Éric Cantona utilizou imagem de Sócrates para criticar Neymar

    Ídolo francês usa foto de corinthiano Sócrates para dar indireta a Neymar

    ver detalhes
  • Goleada da Inglaterra inspirou memes de corinthianos

    Torcida do Corinthians usa goleada da Inglaterra para provocar São Paulo nas redes sociais

    ver detalhes
  • Bernard, Marinho e Sánchez são algumas sugestões da Fiel ao Corinthians

    Sete sugestões de contratação da Fiel ao Corinthians para o segundo semestre de 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes