Corinthians encara Chelsea para conquistar o mundo pela segunda vez

Corinthians encara Chelsea para conquistar o mundo pela segunda vez

Torcida do Corinthians marcou presença até no jogo do Chelsea, mas Rafa Benítez não está assustado

Torcida do Corinthians marcou presença até no jogo do Chelsea, mas Rafa Benítez não está assustado

Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Se ouvissem na virada do ano que terminariam 2012 com o título da Copa Libertadores e com o rival Palmeiras na segunda divisão do Campeonato Brasileiro, poucos corintianos acreditariam. Neste domingo, a partir das 8h30 (de Brasília), o Timão decide o Mundial com o Chelsea para fechar o que o presidente Mário Gobbi chamou de "temporada maravilhosa".

"Seria um ano perfeito. Ganhar a Libertadores e agora levar o Mundial é o que todo o mundo espera. Tem 30 milhões de loucos querendo isso, mais um monte aqui dentro. Queremos retribuir toda a loucura, a ânsia desse povo, que só quer que a gente honre a camisa", afirmou o zagueiro Paulo André.

Cerca de 25 mil alvinegros acompanharam a saborosamente sofrida vitória por 1 x 0 sobre o Al Ahly, em Toyota, na última quarta-feira. Eles prometem fazer do Estádio Internacional de Yokohama mais uma casa preta e branca no Japão.

"São loucos, né?", sorriu Guerrero, um dos poucos destaques do Corinthians na complicada semifinal. Decisivo contra os egípcios, o centroavante peruano segue no time, mas com um novo companheiro - Tite centralizou Danilo, sacou Douglas e colocar Jorge Henrique na direita.

A entrada do camisa 23 tem mais preocupações defensivas do que ofensivas. A principal incumbência de Jorge será acompanhar as subidas do lateral esquerdo Ashley Cole, que tramou boas jogadas com Hazard contra o Monterrey.

Em sua semifinal, o Chelsea se impôs com muito mais facilidade do que o Timão. A equipe de Rafael Benítez abriu grande vantagem no início do segundo tempo e pôde levar um gol no final sem sustos, batendo os mexicanos por 3 x 1.

O desempenho dos finalistas fez jornalistas ingleses apostarem em um triunfo tranquilo do time azul. No entanto, atletas e o técnico Rafael Benítez elogiaram o campeão sul-americano. "Eles são uma equipe compacta, com bons jogadores, bem organizada e trabalhadora", disse o treinador, que esconde a escalação.

A conquista seria importante para ele, que chegou ao Chelsea sob desconfiança e protestos. Nos últimos jogos, apesar de não conseguir evitar a eliminação na Liga dos Campeões, o espanhol viu renascer o atacante Fernando Torres e obteve bons resultados.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS X CHELSEA

Local: Estádio Internacional de Yokohama, em Yokohama (JAP)

Data: 16 de dezembro de 2012 (domingo)

Horário: 8h30 (de Brasília)

Árbitro: Cüneyt Çakir (TUR)

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho; Jorge Henrique, Danilo e Emerson; Guerrero. Técnico: Tite

CHELSEA: Cech, Ivanovic, Cahill, David Luiz e Ashley Cole; Obi Mikel e Lampard (Ramires); Juan Mata, Oscar (Marin) e Hazard; Fernando Torres. Técnico: Rafael Benítez

Fonte: Placar

Veja Mais:

  • Jogadores do Corinthians durante chegada ao avião no Aeroporto de Guarulhos

    Corinthians embarca rumo a Buenos Aires com direito a 'estratégia à la Ronaldo Fenômeno'

    ver detalhes
  • Romero não marca há exatos 100 dias pelo Corinthians

    Idolatrado pela Fiel na Arena Corinthians, Romero completa exatos 100 dias sem gol

    ver detalhes
  • Jô marcou o único gol da vitória do Timão sobre o Vasco

    Falar a verdade ou assegurar vitória do Corinthians? Fiel vota no que faria se bola pegasse no braço

    ver detalhes
  • Antes de bater Vasco, Timão não vencia há dois jogos pelo Brasileirão

    Vantagem do Corinthians na liderança do Brasileirão volta a ser de dez pontos; confira a tabela

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes