Corinthians retoma pagamento de parcelas do financiamento da Arena, diz Andrés Sanchez

Corinthians retoma pagamento de parcelas do financiamento da Arena, diz Andrés Sanchez

Por Meu Timão

6.6 mil visualizações 159 comentários Comunicar erro

Andrés aguarda valor de renegociação da dívida com a Caixa

Andrés aguarda valor de renegociação da dívida com a Caixa

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Desde que assumiu o cargo de presidente do Corinthians, Andrés Sanchez tem sido muito questionado sobre a Arena. O pagamento do estádio é tido como prioridade pela torcida. Nessa sexta-feira, o clube deu passo importante para isso. Depois de meses, uma parcela do financiamento com o BNDES voltou a ser paga.

"Pagamos uma parcela de R$ 5.960 milhões na sexta-feira, dia 13, depois de oito ou nove meses", disse o presidente, na sede da CBF, nesta terça-feira.

Além de comunicar a volta dos pagamentos, o mandatário alvinegro fez questão de garantir que o Timão vai arcar apenas com o valor da dívida renegociada, que deve ser confirmado em até dois meses. Para cumprir esse objetivo, o caminho é rentabilizar ainda mais a Arena.

"Mais do que isso, não compete a nós. A parte do Corinthians é de R$ 400 milhões ou uns R$ 470 milhões, com a correção. Precisamos fazer mais dinheiro com a Arena. Queremos pagar a parte que devemos, e não a parte dos outros", completou.

Leia também:
Sanchez prevê 'problemas' ao Corinthians por não apoiar novo presidente da CBF
Andrés Sanchez ataca presidente do Flamengo por assédio a Carille e Rodriguinho

Aguardando a renegociação da dívida, Andrés descartou alongar o tempo limite de quitação do valor. Para o presidente alvinegro, o importante seria achar um denominador comum que possibilite o pagamento no prazo anteriormente estipulado - 12 anos.

"Eu sou contra alongar o contrato (com a Caixa). Pode diminuir a prestação agora e aumentar no final, ou vice e versa. O importante é que voltamos a pagar", pontuou.

Veja mais em: Andrés Sanchez e Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Léo Príncipe está de saída do Corinthians por empréstimo ao futebol francês

    Corinthians encaminha empréstimo de Léo Príncipe a clube da segunda divisão francesa

    ver detalhes
  • Osmar Loss terá parada da Copa do Mundo para trabalhar em melhorias com o Corinthians

    Corinthians volta ao treinos com dez situações a serem ajustadas, corrigidas ou melhoradas; veja

    ver detalhes
  • Após férias, Loss agora terá período de treinos para ajustar o time do Corinthians

    Reapresentação, futebol feminino e categorias de base: os compromissos do Corinthians na semana

    ver detalhes
  • Jadson foi um dos escolhidos por Fagner para sua seleção ideal de companheiros e ex-companheiros

    Com maioria do Corinthians, Fagner monta seleção de melhores jogadores com quem já atuou

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Melhores comentários

    Foto do perfil de Cezar

    Ranking: 9412º

    Cezar 60 comentários

    por @cessar

    Quando foi para construir a Arena, tinha ouvido falar do valor de 400 milhões, aí apareceu a possibilidade de se fazer a Abertura da Copa do Mundo, porém, no meu entendimento, não há porque o Corinthians arcar com a exigências da FIFA, tendo em vista que, a COPA DO MUNDO, não pertence ao Corinthians, pertenceu ao Brasil, então, não podemos pagar por uma coisa que fugiu dos planos para atender as mazelas da FIFA...Concordo com o Andrés Sanchez, em número, gênero e grau...

  • Foto do perfil de Mario

    Ranking: 4289º

    Mario 190 comentários

    por @mario.bifolco

    Na minha santa inocência ou burrice eu não entendi uma coisa: se o Corinthians teve média de 40 mil ano passado conseqüentemente com uma boa arrecadação que e dito como um dinheiro"imexível"reservado apenas para pagamento das parcelas da Arena como pode estar a oito ou nove meses sem pagar?

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Ramon

    Ranking: 27º

    Ramon 13516 comentários

    159º. por @ramon.felipe1

    Oremos

  • Foto do perfil de JOAO

    Ranking: 1066º

    Joao 827 comentários

    158º. por @joao.batistarodrigue

    Certo.

  • Foto do perfil de Fabricio

    Ranking: 37º

    Fabricio 10587 comentários

    157º. por @alemaoocz

    Concordo com Andrés, tem que pagar o que compete ao Corinthians. E mais importante é que voltou a ser pago.

  • Foto do perfil de Jimes

    Ranking: 3350º

    Jimes 261 comentários

    156º. por @jimes

    é nóis! Vai Corinthians! Pelo menos no futebol a gente passa alegrias kkkkkk

  • Foto do perfil de Cláudio

    Ranking: 10º

    Cláudio 22605 comentários

    155º. por @claudioalves

    Infelizmente o FT ajuda pouco com a parceria ridícula com a OMNI.

  • Foto do perfil de Diogo

    Ranking: 680º

    Diogo 1170 comentários

    154º. por @diogo.figueira

    O empréstimo com BNDES foi de 400 milhões + correção isso é publico e todos sabemos.

    O Corinthians pegou empréstimos com Santander 100 milhões e mais 150 milhões com o Banco do Brasil através da ordebrerch, essa é outra informação amplamente divulgada na época da construção diversas vezes o próprio Andrés reclamou que teve que gastar mais de 100 milhões de juros por causa do atraso no repasse do BNDES...

    Eu não to vendo ninguém chorar, apenas estou dando minha opinião esse é o objetivo de ter comentários nas noticias divulgadas no site, minha opinião tem base no que foi divulgado na imprensa e no que foi falado pelo próprio presidente Andrés, pode ser que eles consigam uma solução e torço muito pra isso, mas negar que a divida existe é uma atitude ridícula.

    É inegável que ocorreram erros no projeto financeiro tanto que estamos pagando com dificuldades o empréstimo do BNDES, o que nos resta é torcer para que consigam resolver a situação.

    Foto do perfil de Fernando

    Fernando 119 comentários

    18/04/2018 às 16h32 por @fernandoxt98

    Se o Contrato tiver 400 milhões paga 400 milhões.. Nós (torcedores) não temos acesso ao contrato então não chorando por algo que nem sabemos.

  • Foto do perfil de Jimes

    Ranking: 3350º

    Jimes 261 comentários

    153º. por @jimes

    Então.. Os valores que eu falei são com base nos valores divulgados pelo Corinthians inicialmente e fazendo uma progressão estimativa... Como eu disse o problema maior é a falta de transparência... O que, como você disse, atrapalha CIDs, Naming rights, patrociinios.. Enfim... Temos que cobrar a transparência

  • Foto do perfil de Luiz

    Ranking: 11º

    Luiz 21976 comentários

    152º. por @timao.in.rio

    Porque estava negociando a divida, não por que não tinha dinheiro.

    Foto do perfil de Mario

    Mario 190 comentários

    18/04/2018 às 17h18 por @mario.bifolco

    Na minha santa inocência ou burrice eu não entendi uma coisa: se o Corinthians teve média de 40 mil ano passado conseqüentemente com uma boa arrecadação que e dito como um dinheiro"imexível"reservado apenas para pagamento das parcelas da Arena como pode estar a oito ou nove meses sem pagar?

  • Foto do perfil de Jimes

    Ranking: 3350º

    Jimes 261 comentários

    151º. por @jimes

    N verdade não... Temos 3 anos de arena.. E juntando grana... Pelas minhas contas e valores divulgados a tempo, a arena deve ter em caixa uns 120mi.. Jogando por cima porque eles não divulgam nada faz tempo... Da pra pagar sim.. Ainda mais se for um financiamento em parcelas crescentes... O resto é alarde da mídia.. Fora que tem os CIDs.. Que em 12 anos podem ser vendidos também...e valem 400mi... O valor que divulgaram por último foi 1,2bi.. Mas isso é contando juros... E muita coisa pode acontecer em 12 anos... Tipo um naming rights, uma parceria gigante... Enfim.. Eu to tranquilo... O que falta nessas gestões é transparência.. E é isso que deviamos cobrar pesado deles.. Principalemnte em questões de venda de jogadores e essas luvas gordas

  • Foto do perfil de Fernando

    Ranking: 56º

    Fernando 7387 comentários

    150º. por @fernando.zemetek

    Kara não sou economista não mas, depois d ver várias reportagens e depoimentos, você acaba entendendo alguma coisa.
    O fato é que teve superfaturamento e alteração do projeto original que, infelizmente, caíram nas costas do Corinthians.