Sheik chega a sete expulsões com a camisa do Corinthians; apenas uma foi em disputa com a bola

Sheik chega a sete expulsões com a camisa do Corinthians; apenas uma foi em disputa com a bola

2.3 mil visualizações 61 comentários Comunicar erro

Emerson Sheik chegou a sete cartões vermelhos no Corinthians

Emerson Sheik chegou a sete cartões vermelhos no Corinthians

Foto: Reprodução/TV

O atacante Emerson Sheik entrará para a história do Corinthians com títulos, gols, polêmicas e... expulsões. Muitas expulsões. A última, diante do Independiente (ARG), na noite desta quarta-feira, pela Copa Libertadores da América, foi a sétima do jogador com a camisa do Timão.

Foram cinco na primeira passagem (entre 2011 e 2014), uma na segunda passagem (2015) e, agora, outra na volta ao clube. O detalhe fica por conta da maneira que foram recebidos os cartões vermelhos, sendo a imensa maioria sem sequer ter a bola em disputa.

Leia também:
Camisa 7 deve levar gancho de três jogos e só voltar em eventual oitavas de final
Sheik beira nota zero e só Pedrinho se salva em derrota do Corinthians
Atacante publica texto em rede social após expulsão na Libertadores: 'Cometi um erro'

A reportagem do Meu Timão fez um levantamento das sete expulsões do atacante - veja abaixo. Uma delas foi por ironizar o árbitro com aplausos, duas por troca de empurrões, uma por colocar a mão na bola tendo tomado amarelo antes e duas por tentativa de agressão ao adversário.

A única que teve disputa de bola foi na Libertadores 2012, quando Emerson Sheik deu um carrinho mais forte em Neymar na Vila Belmiro, em duelo válido pela semifinal da competição sul-americana.

As sete expulsões de Sheik no Corinthians

1ª expulsão | Brasileirão 2011 | A primeira expulsão de Emerson Sheik pelo Corinthians contra o Bahia. A equipe vencia por 1 a 0, com gol dele. Ao ser atendido e precisar ser retirado de campo pela maca, o árbitro Evandro Rogério Roman entendeu que o atacante fazia cera e dá o amarelo. Sheik o aplaude. O vermelho vem na sequência.

2ª | Libertadores 2012 | A primeira expulsão em Libertadores pelo Corinthians foi na edição de 2012, na semifinal contra o Santos, na Vila Belmiro. Minutos depois de fazer o gol que seria o da vitória do Timão na Baixada Santista, o atacante deu uma entrada mais forte em Neymar e acabou levando o cartão vermelho. É a única expulsão com contato com a bola.

3ª | Brasileirão 2012 | Contra o Atlético Mineiro, no estádio do Pacaembu, Emerson Sheik foi expulso pelo segundo cartão amarelo. No primeiro lance, reclamação com o árbitro. No segundo, dominou a bola com o braço direito, em lance no campo de ataque. Acabou expulso pelo árbitro Péricles Bassols pelo segundo amarelo. Sheik deixou o gramado com xingamentos ao árbitro.

4ª | Copa do Brasil 2013 | Diante do Luverdense, em Lucas do Rio Verde (MS), pela Copa do Brasil, o atacante se envolveu em confusão com um dos zagueiros do rival da Série B. Após trocar peitadas com o adversário, que também foi expulso, Sheik levou o cartão vermelho direto.

5ª | Copa do Brasil 2013 | Na eliminação do Corinthians, contra o Grêmio, no Sul, Sheik foi expulso após receber uma falta por trás do chileno Vargas. O gremista fez a falta em Sheik e tentou levantá-lo, mas o corintiano não aceitou a ajuda. O árbitro Paulo Godoy Bezerra expulsou os dois.

6ª | Libertadores 2015 | No clássico contra o São Paulo, no último jogo da fase de grupos, Sheik ficou apenas 18 minutos em campo. Após disputa de bola com Tolói, na qual o zagueiro são-paulino teria dado um pisão, o camisa 11 deu um leve toque com o pé no zagueiro tricolor, que caiu no chão. Alertado pelo assistente, o árbitro Sandro Meira Ricci expulsou o corintianho.

7ª | Libertadores 2018 | De volta ao Corinthians, Emerson Sheik voltou também a ser expulso na competição sul-americana (terceira vez). E de forma infantil mais uma vez, ao tentar dar um chute para intimidar um jogador do Independiente mesmo com a falta a favor do Corinthians.

Veja mais em: Emerson Sheik e Arbitragem.

Veja Mais:

  • Marquinhos Gabriel está de saída do Corinthians

    Rumo aos Emirados Árabes, Marquinhos Gabriel pode render R$ 17 milhões ao Corinthians

    ver detalhes
  • Pedrinho treinou com bola normalmente nesta sexta-feira

    Pedrinho treina sem limitações e pode voltar ao Corinthians na escalação deste sábado

    ver detalhes
  • Fagner deu entrevista no CT Joaquim Grava e falou sobre a convocação para seleção canarinha

    Fagner comemora volta à Seleção e evita entrar em dividida com a CBF por ausência no Corinthians

    ver detalhes
  • Eduardo Bandeira de Mello reclamou da convocação de jogador do Flamengo

    'Fomos prejudicados', diz Flamengo sobre convocação; Corinthians, porém, também deve ter baixa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes