Andrés diz que Corinthians deve perder três titulares durante janela de transferências

Andrés diz que Corinthians deve perder três titulares durante janela de transferências

Por Meu Timão

75 mil visualizações 596 comentários Comunicar erro

Maycon (à esq.) não fica após Copa; Rodriguinho e Jadson devem receber ofertas

Maycon (à esq.) não fica após Copa; Rodriguinho e Jadson devem receber ofertas

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians deve perder de um a três jogadores titulares para equipes do exterior durante a janela internacional de transferências, entre julho e agosto. A estimativa é do próprio presidente do Timão, Andrés Sanchez, que prevê saídas para dar fôlego aos cofres alvinegros.

O Corinthians vai perder de um a três jogadores, eu acho. Gente, não tem jeito, se chegam com o dinheiro aqui, jogador quer sair, não tem o que fazer”, declarou Andrés em entrevista concedida ao programa Camarote FC, do canal Premiere.

Ao menos uma saída já é dada como certa internamente: a do volante Maycon para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. O Corinthians, inclusive, já recebeu parte do valor total da transferência (6,6 milhões de euros, o equivalente a R$ 27,6 milhões). 80% do montante (R$ 22,1 milhões) ficará com o Timão. Já Maycon deve se apresentar ao novo time após a parada da Copa do Mundo da Rússia.

Andrés não mencionou os atletas que podem a deixar o Corinthians no meio de 2018. Nomes como Cássio e Fagner, a serviço da Seleção Brasileira em solo russo, podem tendem a ser procurados devido à visibilidade da competição.

Outro possível alvo alvinegro é Ángel Romero. Artilheiro da Arena Corinthians, o atacante paraguaio está nos planos do Bologna, da Itália, conforme noticiou um portal do país no último dia 18. O vínculo do jogador com o Timão termina em julho de 2019.

Na visão de Sanchez, a saída de Fábio Carille para o Al-Wehda, da Arábia Saudita, é prova de que o Timão, atual campeão nacional, sofrerá com investidas do exterior.

“A Arábia vai levar tudo, treinador, jogador, especialista de inteligência dos clubes, de computador. O rei, príncipe ou xeique, sei lá como chamam, pagou todas as dívidas do futebol de lá e o país resolveu investir no futebol. Infelizmente, a Arábia é a nova China que está aí. É uma pena que não vão levar presidente, dirigente, senão eu iria também”, completou.

No vermelho

O Corinthians registrou déficit de cerca de R$ 35 milhões ao longo da temporada de 2017. O valor, que não engloba a dívida do clube pelo pagamento da Arena Corinthians (avaliada em R$ 1,7 bilhão), é explicado por duas frentes: saldos negativos tanto do departamento de futebol como do clube social.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Mercado da bola, Diretoria do Corinthians, Maycon e Romero.

Veja Mais:

  • 'Não sei por que fazem tanto romance em torno disso', declarou Rosenberg sobre dívida pela Arena

    Rosenberg atualiza dívida do Corinthians pela Arena: 'Na pior das hipóteses, deve R$ 650 milhões'

    ver detalhes
  • Mais maduro, Pedrinho quer aumentar coleção de títulos pelo Corinthians em 2019

    Questionado sobre Carille, Pedrinho sugere permanência no Corinthians para 2019

    ver detalhes
  • Jorge Henrique foi Campeão da Libertadores e do Mundial na temporada de 2012

    Jorge Henrique analisa comparação de estilo de jogo com Romero e fala em 2019 melhor no Corinthians

    ver detalhes
  • Atacante Janderson é opção para Barroca em duelo com Internacional; bola rola às 16h

    Classificados, Corinthians e Internacional duelam por liderança na Copa RS

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes