Os medos que assombram a torcida do Corinthians no retorno das competições oficiais

Os medos que assombram a torcida do Corinthians no retorno das competições oficiais

Por Andrew Souza

23 mil visualizações 87 comentários Comunicar erro

Não contar com a melhor versão de Rodriguinho preocupa a Fiel

Não contar com a melhor versão de Rodriguinho preocupa a Fiel

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Invicto nos três amistosos que disputou durante a pausa para a Copa do Mundo, o Corinthians chega para o segundo semestre com a confiança restabelecida. Apesar disso, a Fiel ainda tem alguns medos pontuais para o restante da temporada. E nada melhor do que uma sexta-feira 13 para destacá-los.

O Meu Timão fez uma lista com as principais preocupações da Fiel para as disputas do Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil. E aí, faltou algo que ainda te assombra?

Bola aérea

Timão tem levado desvantagem quando adversários colocam a bola na área

Timão tem levado desvantagem quando adversários colocam a bola na área

Daniel Augusto Jr/ Ag. Corinthians

Durante os amistosos contra Cruzeiro, duas vezes, e Grêmio, neste período de intertemporada, o fator que mais preocupou a Fiel foi, sem dúvidas, a bola aérea defensiva. A cada escanteio ou falta lateral para os adversários, um frio na barriga tomava conta dos alvinegros.

Por conta disso, o tema tem sido muito discutido nas redes sociais. Com um sistema defensivo novo, sem Balbuena e Sidcley, Osmar Loss terá tempo para ajustar esse problema com seus titulares - Fagner, Henrique, Pedro Henrique e Danilo Avelar.

Reposições

Pedro Henrique não é unanimidade com a Fiel

Pedro Henrique não é unanimidade com a Fiel

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O fato de ter novos titulares no sistema defensivo também assusta um pouco a Fiel. Apesar do bom início de Danilo Avelar, que substitui Sidcley, parte dos alvinegros ainda tem pé atrás com Pedro Henrique, que herdou a posição de Balbuena.

Além da dupla, quem também deixou o clube foi Maycon. E a ausência do camisa 8 tem sido tema de bastante preocupação. Mesmo tendo Renê Júnior para a função, o Timão tenta trazer Douglas, do Fluminense, para repor a perda do cria do Terrão.

Janela de transferências

Fagner foi titular na Seleção Brasileira na Copa do Mundo

Fagner foi titular na Seleção Brasileira na Copa do Mundo

Lucas Figueiredo/CBF

A saída de três titulares durante a Copa já rende muita dor de cabeça ao torcedor corinthiano. O medo, então, é de mais gente importante rumar ao exterior. E, ao que tudo indica, há muita chance de isso acontecer.

Em destaque pela titularidade no Mundial, Fagner é um dos cotados e parece já despertar interesse europeu. Por conta disso, o Timão já trabalha com o nome de Michel, ex-Las Palmas, como substituto. Rodriguinho, Romero e o próprio Pedro Henrique também podem receber propostas em breve.

Lesões

Clayson desfalcou o Timão em boa parte do primeiro semestre

Clayson desfalcou o Timão em boa parte do primeiro semestre

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

No primeiro semestre, a maratona de jogos do Corinthians acabou tendo efeitos bastante negativos para o plantel alvinegro. Sem muitas opções para rodar o elenco, Fábio Carille viu Ralf, Renê Júnior e Clayson terem lesões sérias, tornando-se importantes desfalques.

Para a segunda metade de 2018, então, a torcida espera que o número de lesões seja menor e que Osmar Loss tenha o máximo de opções possíveis para escalar a melhor equipe.

A falta de um homem-gol

Roger tem sido alvo de constantes críticas da Fiel

Roger tem sido alvo de constantes críticas da Fiel

Daniel Augusto Jr/ Ag. Corinthians

Problema antigo, a falta de uma referência de ataque já incomoda a Fiel desde a saída de Jô, no final do ano passado. Primeiro foi Kazim quem não convenceu. Depois, Júnior Dutra. Para o Brasileirão, a solução tentada foi Roger, que ainda não emplacou.

Para o segundo semestre, as esperanças dos corinthianos estão em dois nomes: Jonathas e Matheus Matias. Contratado durante a pausa para a Copa, o primeiro é o preferido da torcida para ser titular durante a temporada. O ex-ABC, por sua vez, aproveitou bem as oportunidades nos amistosos e deve brigar por espaço.

Referência em baixa

Rodriguinho está longe do que já rendeu no Corinthians

Rodriguinho está longe do que já rendeu no Corinthians

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Principal nome do Corinthians na conquista do Paulistão, o meia Rodriguinho sofreu queda vertiginosa na primeira parte da temporada. E nos amistosos, para a preocupação da Fiel, o rendimento segue bem abaixo.

Por conta disso, há muitos alvinegros preocupados com o camisa 26. Referência técnica e principal esperança de criação, o jogador é peça-chave para o ataque alvinegro funcionar. Até aqui, não tem rendido e já tem quem cobre chances a Marquinhos Gabriel, Mateus Vital ou Jadson.

Veja mais em: Rodriguinho, Osmar Loss, Pedro Henrique, Danilo Avelar, Renê Júnior e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Caetano (à dir.) está relacionado para a partida ante o Vasco

    Sem Carlos, Jair recorre a titular do Sub-20 para 'final' contra o Vasco

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez sabe dos números ruins de Jair Ventura, mas evita falar em troca de treinador

    Diretoria do Corinthians quer fim da tensão no BR-18 para confirmar Jair; cobrança aumentará

    ver detalhes
  • Fiel volta à Arena Corinthians neste sábado, às 19h

    Botafogo vence Chapecoense, e Corinthians mantém distância do Z4; veja tabela

    ver detalhes
  • Timão avança à decisão com duas vitórias sobre o São José

    Corinthians repete placar e vai à quarta final consecutiva da Liga Paulista de Futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes