Falência de clube italiano congela saída de Matheus Vidotto do Corinthians

Falência de clube italiano congela saída de Matheus Vidotto do Corinthians

29 mil visualizações 105 comentários Comunicar erro

Matheus Vidotto tinha tudo acertado com o Bari, da Itália

Matheus Vidotto tinha tudo acertado com o Bari, da Itália

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Matheus Vidotto não deve mais vestir a camisa do Bari nesta janela de transferência como estava acordado entre seu empresário e o Corinthians há cerca de quatro meses. Tudo porque o clube da Série B do Campeonato Italiano interessado na contratação do goleiro corinthiano não existe mais.

Envolvido em uma grave crise financeira, o Bari teve falência decretada pela Justiça da Itália. O recomeço deverá ser obrigatoriamente na Série D, uma espécie de divisão amadora do país. Um novo nome e um novo escudo também serão obrigatórios. Reggiana e Cesena, na mesma situação, também estão rebaixados.

"Ele tem contrato e seguirá treinando (no CT Joaquim Grava). Vamos esperar a definição final sobre isso. Estão dizendo (na Itália) que o dono do Leeds (Unites, da Inglaterra) está comprando o Bari. Vamos aguardar um pouco", explicou o agente do goleiro, Giuseppe Dioguardi, ao Meu Timão.

Leia também: Vidotto e Rodrigo Sam mantêm a forma física no CT do Corinthians

Vidotto possui passaporte italiano, algo que facilitou os trâmites da negociação com o Bari. O goleiro inclusive havia perdido a viagem do Corinthians à Florida Cup do ano passado justamente para ir à Itália tirar a documentação. Essa facilidade pode ajudá-lo na busca de um novo destino europeu.

Hoje com 24 anos, Matheus Vidotto está afastado desde novembro do ano passado, quando se rebelou ao ser preterido por Caíque França após a lesão de Walter na reta final do Brasileirão - Cássio estava na Seleção Brasileira.

Vidotto com Cássio, Walter e Caíque, antes de ser afastado pela diretoria

Vidotto com Cássio, Walter e Caíque, antes de ser afastado

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Vidotto tem contrato com o Corinthians até o próximo dia 31 de dezembro, mas não deve voltar a ficar à disposição da comissão técnica, agora comandada por Osmar Loss. Neste momento, Cássio, Walter, Caíque França e Filipe são os goleiros do elenco principal do Corinthians.

Em tempo: O Parma, em 2015, e a Fiorentina, em 2002, foram os casos mais famosos de clubes rebaixados para a Serie D após terem falência decretada. Mais de 20 clubes italianos faliram nos últimos cinco anos. Entre eles estão Siena, Modena, Como e Messina.

Veja mais em: Matheus Vidotto e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Corinthians de Romero foi derrotado pelo Grêmio por 1 a 0 no fim do primeiro turno

    Cruzeiro só empata, Corinthians mantém posição, mas vê distância para o G6 aumentar

    ver detalhes
  • Fessin anotou o único gol do Corinthians no José Liberatti

    Com goleiro Filipe, Corinthians sai atrás, empata, mas é superado pelo Palmeiras no Paulista Sub-20

    ver detalhes
  • Corinthians caiu para o Grêmio, na Arena Corinthians

    Corinthians chega a 16 derrotas em 2018; falta uma para igualar pior temporada nesta década

    ver detalhes
  • Time comandado por Arthur Elias conquistou nova vitória na temporada de 2018

    Cacau sai do banco, marca golaço e dá vitória ao Corinthians feminino fora de casa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes