Andrés Sanchez nega desmanche, mas diz que quer evitar novas saídas do Corinthians

Andrés Sanchez nega desmanche, mas diz que quer evitar novas saídas do Corinthians

Por Thaina Barros e Rodrigo Vessoni

43 mil visualizações 530 comentários Comunicar erro

Andrés Sanchez não quer mais perder jogadores do Corinthians

Andrés Sanchez não quer mais perder jogadores do Corinthians

Larissa Lima/Meu Timão

Presidente do Corinthians, Andrés Sanchez não quer perder mais jogadores nesta janela de transferências. O mandatário negou que esteja ocorrendo um novo desmanche no Timão, mas reforçou que o clube não pretende mais abrir mão de outras peças. Até aqui, dos nomes considerados titulares, deixaram o time: o volante Maycon, o zagueiro Balbuena, o lateral-esquerdo Sidcley e o meia Rodriguinho - que teve saída confirmada nesta quarta-feira.

"Qual desmanche? Quais jogadores? Balbuena e Rodriguinho... Infelizmente é a realidade do futebol, com o dólar a quatro reais é isso", declarou.

"A janela vai até 31 de agosto, não queremos mais vender ninguém", completou Andrés após a derrota de 3 a 1 do Corinthians diante do São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro. A tese foi reforçada pelo presidente com a revelação que o clube recusou proposta do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, sobre o meia Mateus Vital. A equipe foi a mesma que levou Maycon.

Leia também: Loss reconhece que saídas dificultam trabalho no Corinthians, mas afirma: 'Tem que se adaptar'

"Teve proposta pelo Mateus Vital e não aceitamos, teve duas pelo Rodriguinho e não aceitamos, mas chega uma hora que não dá para segurar. Vários clubes fizeram propostas pelo Vital, o Shakhtar é um, mas não aceitamos, e o jogador não quis ir", afirmou.

A venda de Rodriguinho para o Pyramids, do Egito, pegou a torcida do Corinthians de surpresa. O acertou foi anunciado momentos antes do clássico contra o São Paulo, no Morumbi, e os valores giraram entre US$ 6 milhões (cerca de R$ 22,6 milhões).

Leia também: Rodriguinho confirma saída e se emociona ao se despedir do Corinthians

As saídas recentes foram justificadas pelo presidente. "Isso é mercado, idade, tempo de contrato, um monte de fatores. Eu quero vender pelo valor mais caro possível, mas nem sempre é como a gente quer. O Shakhtar investiu oito milhões no Maycon, não está bom? Eu entendo o torcedor, mas agora só tinha uma proposta, e foi aceita, não tinha opção", encerrou.

O Corinthians de Osmar Loss volta a campo nesta quarta-feira, diante do Cruzeiro, na Arena em Itaquera. A partida, realizada às 21h45 (de Brasília), será válida pela 15ª rodada do Brasileirão.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Rodriguinho e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Resta apenas o acerto dos jogadores com seus novos clubes para selar o negócio

    Corinthians e Atlético-MG se acertam por troca de atacantes; jogadores aceitam conversar

    ver detalhes
  • Uendel pode acertar retorno para o Corinthians em breve

    Empresário confirma que Corinthians deve acertar retorno de Uendel em janeiro

    ver detalhes
  • Ramiro assinou com o Corinthians nesta quinta-feira e é o quinto reforço para 2019

    Novo reforço do Corinthians, Ramiro se aproxima de Jadson e Luan em estatísticas do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians jogou boa parte da temporada sem estampa no espaço principal do uniforme

    Otimismo do Corinthians com patrocínio contrasta com fracasso inédito desde era Kalunga

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes