Técnico aponta Corinthians 'vacinado' para decisão contra Chapeconse na Copa do Brasil

Técnico aponta Corinthians 'vacinado' para decisão contra Chapeconse na Copa do Brasil

Por Meu Timão

2.1 mil visualizações 62 comentários Comunicar erro

Loss finalizou a preparação do Corinthians para decisão na Copa do Brasil

Loss finalizou a preparação do Corinthians para decisão na Copa do Brasil

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Corinthians e Chapecoense voltam a se enfrentar na Arena Condá, nesta quarta-feira, apenas dois dias após a virada de 2 a 1 dos catarinenses sobre o time alvinegro no domingo, pelo Campeonato Brasileiro. As circunstâncias, no entanto, são totalmente diferentes. Desta vez, o duelo vale a classificação para a semifinal da Copa do Brasil e o Timão entra com vantagem, após ter vencido o jogo de ida por 1 a 0, em Itaquera.

Após finalizar a preparação para a decisão em Chapecó, o técnico Osmar Loss projetou a postura do Timão e garantiu que a equipe não está "mordida" pelo resultado do último domingo. "Mais vacinado, certamente a gente vai buscar conter o que aconteceu na partida, um jogo muito intenso, de contra-ataques de ambas as equipes. A gente tem que entender nossas características para jogar o melhor jogo", afirmou.

O Corinthians derrotado pela Chapecoense no final de semana foi composto por oito jogadores considerados reservas, algo que não deve acontecer nesta quarta. No último treino antes da partida, o treinador confirmou a volta dos atletas poupados e esboçou um Timão com força máxima em busca da classificação.

"O caráter do jogo tem um peso diferente, é uma eliminatória, uma decisão, só uma equipe passa. O jogo do último domingo tinha importância para nós continuarmos subindo, nos aproximando do bloco de cima, e para a Chapecoense sair da zona de rebaixamento. São pesos diferentes, não sei como eles tratam. Para nós era importante, imagino que para eles, também. Esse jogo agora também. Talvez tenha mais valor, é uma decisão. No Brasileiro, não. Temos mais 20 rodadas para percorrer. Agora, quem passar vai para a semifinal", completou o treinador.

Leia também: Loss explica situação de Clayson, pede calma com Jonathas e exalta atuação de Araos

Para avançar na Copa do Brasil, o Corinthians precisa de qualquer triunfo ou igualdade no placar. Uma eventual derrota por um gol de diferença leva a decisão para as penalidades na Arena Condá. Com a vantagem no bolso, Loss definiu como o Timão deve entrar em campo diante da Chapecoense.

"O Corinthians tem uma característica que a gente vem tentando implantar, e talvez até venha sofrendo alguns resultados em função de manter essa ideia do início ao fim da partida. A gente vai buscar nossa forma de jogar, a manutenção da posse de bola, é claro que quando chega nos momentos finais o adversário acaba se expondo um pouco mais, se o resultado estiver contra, aí sim a gente pode usar", contou.

Já na parte final do treino desta terça-feira, Osmar Loss passou algum tempo trabalhando as cobranças de pênaltis com o elenco corinthiano. A decisão de realizar a atividade, segundo treinador, é uma precaução.

"A gente tem que se precaver. Tem o cuidado de dar uma orientação... mas a ideia não é chegar nesse momento, não, que é tenso para todos", concluiu.

Veja mais em: Osmar Loss e Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Fábio Carille foi heptcampeão brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Carille volta a ser opção para treinar o Corinthians em 2019; entenda a situação

    ver detalhes
  • Corinthians volta a enfrentar o Atlético-PR, nesta quarta-feira, em Curitiba

    Veja onde assistir ao jogo entre Corinthians e Atlético-PR ao vivo na televisão

    ver detalhes
  • Malcom é apontado como fator principal na desistência do Barcelona por Pedrinho

    Barcelona desiste de Pedrinho e abre caminho para negócio entre Corinthians e Real Madrid

    ver detalhes
  • Corinthians pode voltar a jogar Sul-Americana; última participação foi em 2016

    Corinthians pode carimbar vaga na Sul-Americana nesta rodada; veja a classificação

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes