De Amarilla a desabafo de Fagner: Timão também foi prejudicado em torneios recentes da Conmebol

De Amarilla a desabafo de Fagner: Timão também foi prejudicado em torneios recentes da Conmebol

37 mil visualizações 239 comentários Comunicar erro

Tite cumprimentou Amarilla em forma de protesto: "Fui cínico"

Tite cumprimentou Amarilla em forma de protesto: "Fui cínico"

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Entre a noite de quarta e a manhã desta quinta-feira, o assunto entre os fãs de futebol brasileiro foi um só: os erros das arbitragens sul-americanas contra times do Brasil. O prejudicado da vez foi o Cruzeiro, que teve Dedé expulso em lance completamente normal, mesmo com o uso do VAR (árbitro de vídeo).

Com mais uma decisão revoltante, desta vez do paraguaio Eder Aquino, a internet foi tomada pela revolta dos torcedores, que lembraram de outros casos. O mais famoso deles em 2013, quando Carlos Amarilla e sua equipe de arbitragem prejudicaram o Corinthians diante do mesmo Boca Juniors, beneficiado na noite desta quarta-feira. O caso, porém, não é o único envolvendo o Timão.

Focando apenas nos últimos anos e nos casos mais recentes, pelo menos três partidas da equipe alvinegra causaram revolta na Fiel, nos dirigentes e nos jogadores do clube. No ano em que o Corinthians venceu a Libertadores, por exemplo, Mário Gobbi desabafou de forma muito pesada contra as decisões do árbitro Jose Buitrago no embate contra o Emelec.

Em um exemplo ainda mais próximo, cabe lembrar outro desabafo, dessa vez de Fagner, que alertou para as injustiças da Conmebol e pediu a união dos times brasileiros - que não foi atendida. As reclamações foram direcionadas ao árbitro do jogo contra o Racing, na Copa Sul-Americana de 2017.

Relembre os casos recentes em que o Timão foi prejudicado em torneios da Conmebol

"P... que pariu" de Tite em Guayaquil

Jogo no Equador não teve muito critério da arbitragem

Jogo no Equador não teve muito critério da arbitragem

Daniel Augusto Jr./Fotoarena

No primeiro embate das oitavas de final da Libertadores de 2012, o Corinthians empatou sem gols com o Emelec, em Guayaquil, no Equador. Apesar do resultado bom longe de seus domínios, o então presidente alvinegro, Mário Gobbi, não saiu nada satisfeito com a arbitragem e a organização da Conmebol - o time não pôde treinar no campo e teve Jorge Henrique expulso injustamente.

"Não sei que mel que a Libertadores tem. Isso aqui é um povico, uma coisa medíocre, ridícula. Foi uma arbitragem dolosa, tendenciosa, nos prejudicou abertamente. Ele operou o Corinthians aqui. Essa é a libertadores que todos falam? Você vem aqui e não deixam treinar com bola. Eles vão em São Paulo e treinam no Pacaembu. Isso é uma várzea. Nem o varzeano de Jaú é tão ruim como isso aqui. É terra sem lei", disse o mandatário.

"O Corinthians está indignado com a arbitragem que teve aqui hoje. Espero que não se repita mais isso. O que este homem, que se diz árbitro fez, é algo para o torcedor deixar de ir a campo. É uma vergonha. O grupo, a comissão e a diretoria estão revoltados", completou.

E as reclamações não pararam por aí. Tite, que viria a ser campeão do torneio meses depois, também mostrou sua indignação com o árbitro colombiano. "Eu me senti envergonhado com a arbitragem. Fiquei profissionalmente envergonhado. P... que pariu", afirmou em coletiva.

Dia escuro no Pacaembu

O árbitro paraguaio Amarilla ficou conhecido por polêmica arbitragem contra o Timão em 2013

O árbitro paraguaio Amarilla ficou conhecido por polêmica arbitragem contra o Timão em 2013

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O episódio mais dolorido e marcante de uma injustiça recente com um clube brasileiro aconteceu com o Corinthians. Pela Libertadores de 2013, Tite e seus comandados reencontraram o Boca e precisavam vencer para avançar. A tarefa, que já era difícil, ficou praticamente impossível com os erros de Carlos Amarilla e sua equipe de arbitragem.

Em 90 minutos, foram quatro erros cruciais do trio, que anulou gols legais e deixou de marcar pênaltis claros - relembre abaixo.

A exemplo do que aconteceu no ano anterior, Tite não poupou críticas ao árbitro. Desde o ocorrido, o treinador já falou muito sobre o jogo, definindo-o como um "dia escuro" e como o momento mais sujo que já vivenciou no futebol.

“Tiveram dois pênaltis, dois gols legais (que o árbitro não deu) e nós sofremos um gol que o cara (Riquelme) foi cruzar. Tem certas coisas que o futebol... Não gostaria de encontrar nunca mais o Amarilla, para o resto da minha vida. Não quero mais ver esse cara em nenhum lugar. Vai trabalhar em outro local”, disse o técnico, em entrevista à Band na época.

A atuação de Amarilla é ainda mais polêmica por áudios vazados em que Julio Grondona, ex-presidente da Associação de Futebol Argentino, influencia a Conmebol na escolha do árbitro. O paraguaio, vale lembrar, assumiu seu erro em 2015 e mandou recado aos alvinegros.

É preciso se unir

Fagner se revoltou com arbitragem diante dos argentinos

Fagner se revoltou com arbitragem diante dos argentinos

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O caso mais recente em que o Timão foi prejudicado num torneio da Conmebol aconteceu no ano passado. Ainda comandado por Carille, o Corinthians acabou eliminado da Sul-Americana após empate sem gols com o Racing, na Argentina. Chama atenção o fato da equipe ter tido dois expulsos - Rodriguinho e Jô - enquanto os donos da casa saíram ilesos, mesmo com uma agressão a Romero.

Na saída de campo, quem demonstrou a revolta de todo o elenco foi Fagner. Mais do que questionar o árbitro uruguaio Leondan González, o lateral bateu firme na Conmebol e pediu a união dos brasileiros para mudar essa situação - fato que não aconteceu.

"Simplesmente o juiz o jogo todo apitou para eles. Falta que dava do Jô não dava do zagueiro, do atacante adversário. O jogo todo ele dando falta para eles. O cara chutou a cara do Romero e ele não deu cartão vermelho. O Rodriguinho foi em uma dividida e ele expulsou o Rodriguinho", argumentou, enfurecido, o camisa 23 do Corinthians.

"Isso é errado. O brasileiro sai do Brasil totalmente desprotegido. O futebol brasileiro tem que se unir e ir contra a Conmebol. Isso é uma vergonha! A gente vem aqui e toma tapa na cara, um monte de coisa. Somos pais de família", esbravejou.

O embate de ida entre Corinthians e Racing ainda merece um parenteses: foi o único jogo do Timão apitado por Eder Aquino, árbitro que cometeu o erro desta quarta-feira, contra o Cruzeiro, diante do Boca Juniors.

Veja mais em: Libertadores da América, Erros de arbitragem e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Tem clássico! Timão e São Paulo decidem na terça vaga à semifinal da Copa RS

    Corinthians faz clássico contra São Paulo nas quartas da Copa RS

    ver detalhes
  • Rosenberg chamou Leila Pereira de 'imperadora' do Palmeiras e ironizou Allianz: 'Pneu deitado'

    Diretor do Corinthians ironiza Palmeiras e diz que 'Fiel não aceitaria imperadora'

    ver detalhes
  • Corinthians e Internacional se enfrentaram pela liderança do Grupo B da Copa RS

    Corinthians vai bem, mas cede empate para Internacional e deixa escapar liderança na Copa RS

    ver detalhes
  • 'Não sei por que fazem tanto romance em torno disso', declarou Rosenberg sobre dívida pela Arena

    Rosenberg atualiza dívida do Corinthians pela Arena: 'Na pior das hipóteses, deve R$ 650 milhões'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Melhores comentários

    Foto do perfil de Gisele

    Ranking: 103ª

    Gisele 382 comentários

    por @ghisa.nascimento

    Fagner avisou sobre a roubalheira e riram, não deram importância. Quando se trata de Corinthians é "bem feito", "que se exploda", etc. Quando o calo aperta "tem que ter união dos clubes", "boicotar a libertadores", etc. O certo seria os clubes se unirem e não disputar mais essa competição, mas o ego fala mais alto, é cada um por si e que o outro se ferre. Por isso a conmebol vai continuar beneficiando clubes argentinos, até porque o Boca e o Independiente têm representantes na entidade... Fica fácil!

  • Foto do perfil de Leonardo

    Ranking: 6892º

    Leonardo 114 comentários

    por @leo.s7

    Tite cumprimentando o amarilla foi o maior dos tapas na cara, pqp.
    2013 tínhamos um timaço que seria sim Bi da Liberta, mas por conta desse paraguaio ai, deu tudo errado.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Ramon

    Ranking: 20º

    Ramon 17241 comentários

    239º. por @ramon.felipe1

    Mais do mesmo, depois que ganhei essa porcaria nem ligo mais pra essa bosta.

  • Foto do perfil de Felipe

    Felipe 11 comentários

    238º. por @felipe.gomes42

    Aonde tem violência no lance? Foi um choque forte sim concordo. Infelizmente o goleiro levou a pior mas se fosse ao contrário ele tivesse dado um soco no rosto do Dedé seria pênalti e expulsão do goleiro? Essa história que força exceciva não cola isso é história pra boi dormir.duvido se fosse em um jogador do Corinthians você teria opinião aí

    Foto do perfil de Felipe

    Felipe 11 comentários

    20/09/2018 às 21h08 por @felipe.gomes42

    Meu amigo não sei se você e abirto de futebol ou estudou isso! Mas até uma criança de 3 anos se olhar o lance vai ver que não teve nenhuma. Intenção de machucar o goleiro preste bem atenção no escreve.tem que punir ao máximo o jogador! Sou corinthiano e te lembro o lance do Fagner no jogador do Flamengo.o cara rompeu os ligamentos se não estou enganado. Eo juiz nem falta deu.ai te pergunto tinha que expulsar o Fagner? O dede foi pra cabecar a bola infelizmente o goleiro foi mas rápido e se chocaram.! Te pergunto de novo se fosse ao contrario se o goleiro desse um soco no rosto do dede ao invés de ser na bola o juiz ia expulcar ele? Seria a mesma decisão. Ao invés de você falar as neira ai do jeito que disse você devia olhar o lance melhor.como já dizia o grande filosofo uma imagem vale mais que mil bobagem escrita em regras que nenhum juiz segue direito e que idiotas lêem e acha que é melhor que todos!

  • Foto do perfil de Leco

    Ranking: 357º

    Leco 2140 comentários

    237º. por @leco.da.silva

    Ah pode kkkkkk você não estava no Brasil esses últimos anos não, o Corinthians tentou se juntar aos outros clubes e boicotar a Libertadores e eles disseram não ao Corinthians, na época o Corinthians foi prejudicado, você não acompanha futebol não, o Corinthians tem que ficar calado mesmo e cada um com seu prejuízo, eles não gosta da gente porque vamos cheirar o raboh deles? Você vai na casa de quem você não gosta?

    Foto do perfil de Marco

    Marco 1317 comentários

    21/09/2018 às 17h52 por @marco.apolinario.da.

    Me mostre uma só linha onde eu tenha escrito que o Corinthians deva procurar quem quer que seja.
    O Corinthians, pela sua grandeza, pode encabeçar um movimento e chamar os outros clubes a participar.
    E não só contra Conmebol.
    Também contra FPF e CBF, entidades parasitas que vivem dos clubes, quando deveriam viver p eles.

  • Foto do perfil de Eduardo

    Ranking: 2135º

    Eduardo 489 comentários

    236º. por @eduardo.maisao

    é noix! Timão acima de tudo! Deus acima de todos! Vai Coringão! Bi fifa sem Toyota fax!

    Foto do perfil de Marco

    Marco 1317 comentários

    21/09/2018 às 17h08 por @marco.apolinario.da.

    Até em casos de morte se absolve o matador, dependendo das circunstâncias.
    Não cabe culpa ao Dedé pelo acontecido.
    A lesão foi resultado de um choque que, eu repito, PODERIA ACONTECER ATÉ COM O DEDÉ PARADO e com o mesmo resultado.
    Ele não fez nem sem intenção uso de força excessiva, quanto mais de violência.
    Tendo em vista que nós 2 temos enraizados nossos diferentes pontos de vista, não vejo sentido, de parte a parte, de continuarmos nossas argumentações.
    Porém, agradeço à você por ter mantido o diálogo em bom nível, coisa difícil nesta época de tanta intolerância com opiniões divergentes.
    Saudações Corinthianas!

  • Foto do perfil de Hugo

    Ranking: 15º

    Hugo 18689 comentários

    235º. por @domhugoleonardo

    Maldito Amarilha

  • Foto do perfil de Tyler

    Ranking: 2ª

    Tyler 7729 comentários

    234º. por @stevens

    É bom ver os adversários sentindo o gostinho amargo do tapetão na Libertadores, vê-los reclamando de algo que riram quando aconteceu conosco.
    Quase fico com dó...quase.

  • Foto do perfil de Ricardo

    Ranking: 644º

    Ricardo 1359 comentários

    233º. por @ricardo.augusto2

    Dá pra colocar o árbitro do jogo de volta contra o Colo Colo na lista também. Os chilenos fizeram cera o segundo tempo inteiro, não teve uma bronca, um cartão amarelo, goleiro deitava e rolava em campo e nenhuma atitude foi tomada, Valdívia contundiu o Pedro Henrique e nem cartão tomou, saiu tirando sarro do Corinthians, aí o Avelar vai lá e levanta o pé sem nem encostar no jogador deles e é expulso na hora...

  • Foto do perfil de EDUARDO

    Ranking: 1862º

    Eduardo 561 comentários

    232º. por @eduardomansano

    Viraria um campeonato varzeano, só não é Várzea porque os times brasileiros disputam.

    Foto do perfil de Lincoln

    Lincoln 5176 comentários

    21/09/2018 às 07h17 por @lincoln.tsuyama

    Imagina a falta de prestígio do evento sem brasileiros

  • Foto do perfil de Marco

    Ranking: 667º

    Marco 1317 comentários

    231º. por @marco.apolinario.da.

    Me mostre uma só linha onde eu tenha escrito que o Corinthians deva procurar quem quer que seja.
    O Corinthians, pela sua grandeza, pode encabeçar um movimento e chamar os outros clubes a participar.
    E não só contra Conmebol.
    Também contra FPF e CBF, entidades parasitas que vivem dos clubes, quando deveriam viver p eles.

    Foto do perfil de Leco

    Leco 2140 comentários

    21/09/2018 às 17h32 por @leco.da.silva

    Dúvida esses caras se juntar ao Corinthians, o que você quer é o Corinthians se juntar a eles, pra depois o Corinthians ficar por baixo, tipo " vocês que nis procuraram " acorda você meuuuu, que mundo você vive? Eles que nis procure e não nós a eles, o que não procuraram quando nós fomos prejudicados? Deixa de ser besta, eles morrem de rir da nossas derrotas, vai lá então só você, não chama ninguém não, passa vergonha sozinho

  • Foto do perfil de Leco

    Ranking: 357º

    Leco 2140 comentários

    230º. por @leco.da.silva

    Dúvida esses caras se juntar ao Corinthians, o que você quer é o Corinthians se juntar a eles, pra depois o Corinthians ficar por baixo, tipo " vocês que nis procuraram " acorda você meuuuu, que mundo você vive? Eles que nis procure e não nós a eles, o que não procuraram quando nós fomos prejudicados? Deixa de ser besta, eles morrem de rir da nossas derrotas, vai lá então só você, não chama ninguém não, passa vergonha sozinho

    Foto do perfil de Marco

    Marco 1317 comentários

    21/09/2018 às 08h54 por @marco.apolinario.da.

    Não vou comprar camisa do Cruzeiro, porque sou Corinthians.
    Pago meus ingressos, vou a todos os jogos, compro produtos oficiais, consumo nas lojas da Arena e tudo que possa contribuir para o meu time.
    A rivalidade deve ser dentro de campo e lá quero que todos os adversários se f*[email protected]
    Agora só idiotas não vêem que a união por interesses comuns FORA de campo são benéficos para que não haja prejuízos esportivos DENTRO de campo.
    Como você mesmo disse, TODOS sabem da força do Corinthians e estas bravatas de "campeonato manchado", "pedir anulação", e outras são só jogo de cena pros torcedores idiotas deles.
    Nenhum dirigente rival é louco de sequer imaginar excluir o Corinthians do que quer que seja.
    É uma simbiose, a grandeza de 1 depende da existência dos outros.
    Se só houvesse o Corinthians, íamos ganhar de quem?
    Abra este teu pensamento, não só para o futebol, mas também pra vida.