Em Belo Horizonte, Corinthians tenta se manter intransponível como visitante na Copa do Brasil

10 mil visualizações 38 comentários

Corinthians segue invicto como visitante na Copa do Brasil

Corinthians segue invicto como visitante na Copa do Brasil

Rodrigo Gazannel/Ag. Corinthians

O Corinthians chega para o jogo de ida da final da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro, com um índice e tanto nas mãos. A equipe de Jair Ventura entra em campo no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, dona de uma defesa ilesa no torneio. É isto mesmo: o Timão não sofreu nenhum gol nas últimas três decisões que disputou fora de seus domínios.

Até aqui, foram dois empates e vitória para o Corinthians na eliminatória. As classificações foram garantidas com resultados positivos no jogo de volta - seja ela em casa ou não. A estratégia de não levar gols como visitantes, segundo o zagueiro Henrique, é crucial na briga pelo título.

"Nosso objetivo é sim (não tomar gol). Temos que tomar cuidado, o mesmo que tomamos contra o Flamengo. Na final não pode ter erros, tem que entrar focado, ligado, para conseguir uma grande partida nesse primeiro tempo dos 180 minutos. Trazer um bom resultado e decidir em casa", garantiu o camisa 3.

O mata-mata entre Corinthians e Cruzeiro tem início às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, e a finalíssima será sediada na Arena em Itaquera, no mesmo horário, no próximo dia 17. E neste cenário de reta final, o Meu Timão resolveu relembrar a trajetória do Corinthians - fora de casa - na Copa do Brasil. Confira abaixo!

Leia também:
Fagner & cia: Corinthians relaciona 25 jogadores para final da Copa do Brasil
Sem Fagner, Jair testa escalação do Corinthians para final contra o Cruzeiro; reforços vão a campo

0 a 0 no Barradão

Corinthians não fez gol, mas passou ileso pelo Vitória no Barradão

Corinthians não fez gol, mas passou ileso pelo Vitória no Barradão

Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Ainda comandado pelo técnico Fábio Carille, o Corinthians abriu as oitavas de final da Copa do Brasil no dia 25 de abril deste ano. A disputa foi contra o Vitória, em pleno Estádio do Barradão, em Salvador, e terminou com um placar de 0 a 0. Foi uma noite em que os goleiros não trabalharam, e a decisão da vaga acabou indo para a Arena, em Itaquera, 15 dias mais tarde.

E por lá, o cenário foi completamente diferente. O Corinthians garantiu a classificação com um 3 a 1 sobre o Vitória - gols de Maycon e Romero (duas vezes). Firmes e fortes rumo às quartas de final!

0 a 1 na Arena Condá

Timão venceu a Chapecoense, fora de casa, na ida das quartas de final

Timão venceu a Chapecoense, fora de casa, na ida das quartas de final

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Nas quartas de final, a situação se mostrou um pouco diferente para o Corinthians. Tendo Osmar Loss como treinador, a equipe deu início a uma situação irregular no Campeonato Brasileiro e só precisava de um empate sobre a Chapecoense, na Arena Condá, para a avançar na Copa do Brasil. Isto porque, neste caso, o jogo fora foi válido como a volta da eliminatória e o Timão já havia vencido os catarinenses por 1 a 0 - gol de Romero -, na Arena em Itaquera.

Foi aí que o lado ofensivo do Corinthians voltou a brilhar. O meia Jadson balançou as redes aos 38 minutos do segundo tempo, em uma bela cobrança de falta. O tento do camisa 10 garantiu outra vitória pelo placar mínimo de 1 a 0, e a vaga do Timão nas semifinais da Copa do Brasil.

0 a 0 no Maracanã

No Maracanã, Corinthians ficou no 0 a 0 na estreia do técnico Jair Ventura

No Maracanã, Corinthians ficou no 0 a 0 na estreia do técnico Jair Ventura

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Na semifinal da Copa do Brasil, o Corinthians enfrentou um clássico de peso contra o Flamengo. E as circunstâncias eram complicadas: Osmar Loss havia caído e voltado ao posto de auxiliar-técnico do Corinthians, e Jair Ventura faria sua segunda partida no comando da equipe. O treinador estreou com uma derrota de 1 a 0 para o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro, e já seguiu de cara para uma decisão no Estádio do Maracanã. A proposta do jogo de ida contra os cariocas foi não tomar gols... E assim foi.

O Timão de Jair Ventura ficou no 0 a 0 e, mais uma vez, levou a decisão para a Arena Corinthians. A equipe voltou a ser superior em Itaquera e levou a vaga para a final com uma vitória de 2 a 1 - gols de Danilo Avelar e Pedrinho.

Resta saber se a característica insuperável de visitante do Corinthians se mantém no mata-mata.

Veja mais em: Copa do Brasil e Especiais do Meu Timão.

Veja Mais:

  • Léo Natel jogou emprestado no futebol do Chipre

    Léo Natel inicia bateria de exames e já tem data limite para ser anunciado pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Situação de Cantillo não preocupa o Corinthians

    Presidente do Corinthians garante pagamento no prazo e afasta chances de saída de Cantillo

    ver detalhes
  • Tiago Nunes separou o grupo para mais um dia de treinos no CT Joaquim Grava

    Tiago Nunes trabalha setores separados em nova manhã de trabalho do Corinthians; veja fotos

    ver detalhes
  • Neto conversou com a reportagem do Meu Timão nesta segunda-feira

    Ao Meu Timão, Neto indica ponto positivo na gestão de Andrés e valoriza homenagens do Corinthians

    ver detalhes
  • O Corinthians é o time do povo, mas exatamente de que povo?

    [Mayara Munhoz] O Corinthians é o time do povo, mas exatamente de que povo?

    ver detalhes
  • Tiago Nunes e sua comissão técnica podem levar os atletas novamente à Arena Corinthians para treinamentos

    Comissão técnica do Corinthians prepara ações para minimizar estádios sem presença de público

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: