Jair lamenta não ter treinado formação da final: 'Coisa mais normal'

Jair lamenta não ter treinado formação da final: 'Coisa mais normal'

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

4.9 mil visualizações 120 comentários Comunicar erro

Jair escalou Corinthians na base da conversa para decisão nacional

Jair escalou Corinthians na base da conversa para decisão nacional

Foto: Rodrigo Gazannel/Ag. Corinthians

Jair Ventura surpreendeu torcedores e imprensa com uma escalação bastante modificada para a final da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira, contra o Cruzeiro, na Arena. Precisando de uma vitória por dois gols de diferença, o técnico deu chance a Gabriel, Emerson Sheik e Jonathas Jesus mesmo sem ter treinado tal formação, apenas na conversa. O próprio comandante confirmou a informação após a derrota por 2 a 1.

De acordo com Jair, não foi possível treinar a equipe com os onze jogadores juntos. O Timão havia entrado em campo na noite do último sábado, diante do Santos, e por isso alguns jogadores foram preservados nos dias que antecederam a finalíssima nacional.

“Não deu pra treinar com todos porque muitos jogaram contra o Santos, corremos o risco de perder jogadores. Por conta disso não deu pra botar todo mundo junto”, confirmou Jair Ventura.

Os próprios atletas foram surpreendidos com a escalação armada pelo técnico, que abriu mão do usual 4-2-4 por um time com centroavante – Mateus Vital e Clayson, então considerados titulares, começaram no banco de reservas.

Para Jair, no entanto, a situação está longe de ser inusitada: “Mas o que mais acontece é a gente jogar sem treinar, foi assim na minha estreia contra o Palmeiras, contra o Flamengo... Isso é a coisa mais normal dentro do futebol. Você acaba não conseguindo treinar o suficiente”, declarou.

Leia também:
Mais velho e mais novo do Corinthians são eleitos os melhores da final da Copa do Brasil
Torcida do Corinthians dá novo show e 'se salva' em vice da Copa do Brasil; veja repercussão
Em andamento, planejamento de 2019 mira jovens e trio de veteranos está com os dias contados

A história de Corinthians x Cruzeiro passa por um erro crasso de arbitragem. O juiz Wagner do Nascimento Magalhães invalidou gol de cobertura de Pedrinho por suposta falta de Jadson em Dedé. Jair, por sua vez, não quis falar sobre o assunto e analisou o desempenho do Timão no revés.

“Nós tivemos uma postura ofensiva e jogamos em cima do Cruzeiro o tempo todo. No final do jogo, numa transição, sofremos a derrota. Quem viu o jogo viu um jogo bom, onde o Corinthians tentou propor desde o início. Como o Andrés falou, temos que ficar tristes, temos esse direito até o próximo jogo, pois temos que dar a volta por cima no Brasileiro. É fazer nosso melhor campeonato possível para terminar o mais alto possível na tabela”, finalizou.

Confira os próximos jogos do Corinthians

21 Out, Dom, 16h00 - Vitória x Corinthians - Brasileiro
27 Out, Sáb, 19h00 - Corinthians x Bahia - Brasileiro
04 Nov, Dom, 17h00 - Botafogo x Corinthians - Brasileiro
10 Nov, Sáb, 17h00 - Corinthians x São Paulo - Brasileiro
14 Nov, Qua, 21h45 - Cruzeiro x Corinthians - Brasileiro

Veja mais em: Copa do Brasil, Arena Corinthians, Jair Ventura e Escalação do Corinthians.

Veja Mais:

  • Caetano (à dir.) está relacionado para a partida ante o Vasco

    Sem Carlos, Jair recorre a titular do Sub-20 para 'final' contra o Vasco

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez sabe dos números ruins de Jair Ventura, mas evita falar em troca de treinador

    Diretoria do Corinthians quer fim da tensão no BR-18 para confirmar Jair; cobrança aumentará

    ver detalhes
  • Fiel volta à Arena Corinthians neste sábado, às 19h

    Botafogo vence Chapecoense, e Corinthians mantém distância do Z4; veja tabela

    ver detalhes
  • Timão avança à decisão com duas vitórias sobre o São José

    Corinthians repete placar e vai à quarta final consecutiva da Liga Paulista de Futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes