Novo reforço do Corinthians destaca principal característica em campo e fala de preparação para 2019

Novo reforço do Corinthians destaca principal característica em campo e fala de preparação para 2019

Por Meu Timão

7.1 mil visualizações 65 comentários Comunicar erro

Michel Macedo destacou principal característica em campo e já fez projeção para 2019

Michel Macedo destacou principal característica em campo e já fez projeção para 2019

Rodrigo Vessoni/Meu Timão

Michel Macedo e Corinthians viveram um namoro no início de julho, quando o clube do Parque São Jorge demonstrou interesse pelo lateral-direito, à época recém-saído do Las Palmas, da Espanha. Após a negociação ter esfriado, o jogador disse publicamente que se arrependeu de não ter fechado com o Timão.

Contudo, para a felicidade do jogador e do Corinthians, o namoro virou casamento meses depois e, enfim apresentado na última quarta-feira, o atleta falou sobre suas credenciais em campo, definindo sua melhor característica: "Jogar para frente, sou ofensivo".

Michel Macedo comparou o futebol europeu com o brasileiro analisando que, na Europa, os atletas desta posição precisam aprender a marcar primeiro, sendo mais defensivos; já no país canarinho, os laterais são mais ofensivos e, por isso, deixam a desejar na marcação em algumas oportunidades.

"Lá no futebol europeu muda um pouco, lá fora os treinadores gostam que os laterais subam quando podem e defendam mais, no Brasil são mais ofensivos. Às vezes deixam a desejar na marcação. Lá fora, aprendi que o primeiro é marcar", explicou.

Leia também:
Arrependido, novo reforço explica por que não fechou com Corinthians no meio do ano
Corinthians busca reforços para dois setores, revela Vampeta
Jair esboça escalação do Corinthians com Díaz e Danilo contra o Bahia; Jadson vira dúvida

Revelado pelo Flamengo, o lateral defendeu a camisa do Atlético-MG naquela que foi a sua última passagem pelo Brasil. Michel Macedo construiu carreira na Espanha, atuando por Almería e Las Palmas, mas recordou sobre a passagem com o clube mineiro, no qual pôde disputar a final da Libertadores em 2013.

"Foi uma passagem curta, tive poucas oportunidades, mas disputei a final da Libertadores, que é uma grande experiência. Antes do jogo bate aquele nervosismo, mas em campo as coisas mudam. Foi uma das maiores experiências que tive como jogar na minha vida", revelou.

Comparado ao caso de Jô, que chegou em outubro de 2016 para fazer grande temporada em 2017, Michel Macedo comentou que sabia do período de treinos do ex-centroavante corinthiano. Para o novo lateral-direito do Timão, tal tempo para treinamentos será benéfico para ele, visto que poderá ganhar condicionamento físico e, em sua visão, ficar à frente dos demais atletas do elenco quando a temporada 2019 se iniciar.

"Eu sabia, sim, desse período dele (de treinos), muita gente quando cheguei me falou dessa passagem de treinos do Jô. Vai servir de adaptação para mim na volta ao Brasil e para pegar condicionamento físico. Vai ser uma parte boa. E no ano que vem todos começam do zero e eu começo um pouco na frente de todo mundo. Agora é focar e no ano que vem tentar largar na frente dos companheiros", projetou.

Veja mais em: Michel Macedo e CT Joaquim Grava.

Veja Mais:

  • Corinthians estreia no Brasileirão de 2019 contra o Bahia

    CBF divulga tabela, e Corinthians já sabe contra quem estreia no Brasileirão-2019

    ver detalhes
  • Léo Santos está perdendo espaço no elenco do Corinthians

    Corinthians pode emprestar Léo Santos ao Fluminense; clubes discutem pagamento de salário

    ver detalhes
  • Rosenberg é diretor de marketing do Corinthians desde fevereiro de 2018

    Rosenberg tenta explicar comentário sobre mulher com HIV; Corinthians divulga nota oficial

    ver detalhes
  • Corinthians de Cássio tentará octacampeonato brasileiro em 2019

    VAR, limite de inscritos e Supercopa do Brasil: mudanças confirmadas para o Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes