Roger relaciona reserva a obstáculo crucial, vê Danilo merecedor de vaga e já pensa em 2019

Roger relaciona reserva a obstáculo crucial, vê Danilo merecedor de vaga e já pensa em 2019

Por Meu Timão

12 mil visualizações 77 comentários Comunicar erro

Em busca de mais gols, Roger é opção no banco neste domingo, diante do ex-clube, o Botafogo

Em busca de mais gols, Roger é opção no banco neste domingo, diante do ex-clube, o Botafogo

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Contratado para ser o sonhado substituto de Jô, Roger segue tentando se firmar no Corinthians. O centroavante soma apenas cinco gols em 22 partidas, sendo 16 como titular. Números que só não são maiores porque o camisa 9 não pôde disputar duelos da Copa do Brasil pelo Timão.

Em entrevista franca ao portal GloboEsporte.com, Roger revelou o principal motivo, segundo ele, que o atrapalhou neste início de passagem pelo Corinthians: o fato de estar impedido de entrar em campo no torneio mata-mata (por já ter defendido o Internacional, ex-clube), obrigando o técnico Jair Ventura a escalar outros jogadores também nos compromissos que antecediam os confrontos decisivos.

“Com certeza isso atrapalhou, porque teve dois ou três jogos que eu conversei com o Jair, e ele me colocou que não adiantaria me pôr para jogar. Ele precisava do Jonathas ou do Danilo como opção para quarta-feira, que eram os jogos da Copa do Brasil. Então, eu acho que me atrapalhou um pouco”, disse Roger.

“Acho que não foi só isso, claro que tem ainda sete jogos, bastante coisa pode acontecer, mas uma das coisas que me atrapalharam com certeza foi não estar apto a jogar a Copa do Brasil”, acrescentou o centroavante.

Leia também:
Treinador explica opção de Danilo titular do Corinthians e Roger no banco contra a ex-equipe
Jair Ventura volta a trabalhar equipe titular para enfrentar o Botafogo; Romero é ausência

O último dos gols de Roger foi marcado no empate por 2 a 2 com o Vitória, no Barradão. Ele só não ganhou sequência diante do Bahia porque levou o terceiro cartão amarelo e precisou cumprir suspensão na rodada seguinte. Por sorte (ou azar), viu Danilo brilhar e comandar a vitória por 2 a 1 na Arena.

Questionado sobre a provável escalação de Danilo na linha de frente alvinegra no embate com o Botafogo, domingo, no Engenhão, Roger é sincero e diz que o camisa 20 é merecedor da oportunidade.

“Cara, eu acho que... Eu acho que ele tem que jogar. É difícil falar isso, sabe? Assumir publicamente, mas ele não vem bem? Não fez os gols? Então, tem que ser dada a oportunidade, né? Eu quero muito jogar, eu também fiz o gol contra o Vitória, mas fiquei suspenso. Enfim, acho que seria muito justo (o Danilo jogar contra o Botafogo), ele teve uma grande atuação de 45 minutos, fez os gols, nós vencemos, e ele esperou o ano inteiro essa oportunidade”, discorreu o centroavante, que aproveitou o bate-papo para projetar o ano que vem e até alfinetar rivais.

“Acho que 2019 o Corinthians promete um grande ano e também o Corinthians já levantou uma taça este ano, né? Tem muita gente que investiu muito e não levantou nada este ano”, completou.

Saudações: o que sabemos sobre Diego Tardelli no Corinthians

Veja mais em: Roger, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Danilo.

Veja Mais:

  • Na segunda partida da temporada, Corinthians de Carille já conheceu o sabor da derrota

    Corinthians marca no início, mas leva virada e sofre primeira derrota no Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Gustagol sobe de cabeça contra zaga do Guarani; camisa 19 é ponto alto do Timão

    Gustagol é eleito craque, e trio de defensores decepciona na primeira derrota do Corinthians em 2019

    ver detalhes
  • Argentino Mauro Boselli já treina com bola e pode estrear no fim de semana

    Carille é cauteloso, mas não descarta estreia de Boselli contra Ponte Preta

    ver detalhes
  • Arana voltou a atuar pelo Sevilla, mas segue na mira do Corinthians

    Duílio garante que rumo das negociações não mudam após Arana voltar a atuar pelo Sevilla

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes