Vilson relembra lesões e explica processo de amadurecimento até convite para ser dirigente

Vilson relembra lesões e explica processo de amadurecimento até convite para ser dirigente

Por Andrew Sousa e Vinícius Souza, no CT Joaquim Grava

2.0 mil visualizações 44 comentários Comunicar erro

Vilson não conseguiu se recuperar de grave lesão no joelho

Vilson não conseguiu se recuperar de grave lesão no joelho

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O início desta terça-feira foi movimentado no CT Joaquim Grava. Após novo treino do plantel de Fábio Carille, o Corinthians anunciou oficialmente o meia Sornoza, além de apresentar a dupla Emerson Sheik e Vilson, agora parte da diretoria alvinegra.

Mais do que falar de sua nova função, o ex-zagueiro revelou o processo até assumir o cargo. Com apenas 30 anos, optou pela aposentadoria por conta de graves lesões, que o levaram a exercer papel importante fora das quatro linhas antes mesmo do convite para a direção.

"Minha lesão é muito grave. Depende muito de mim conviver com dor. Isso me incomodava, tirava minha paz, não estava me dando alegria dentro do campo. Tentei tirar força disso para não me atrapalhar pessoalmente. No momento que comecei a entender o problema que eu tinha, comecei a pegar força, trabalhar isso", afirmou, antes de explicar o que vinha fazendo pelo clube.

Leia também:
'Roya' brilha de novo, Corinthians empata com Ituano e conquista liderança do grupo na Copinha
Fessin quebra a perna em jogo da Copinha e sai de ambulância; veja lance em imagens
Corinthians faz 'melhor jogo do século' e atropela Minas no NBB; Leandrinho é vaiado pela Fiel

"Senti que precisava ajudar de alguma forma. Pelo meu caráter, meu jeito de ser, sempre solidário, pensei que tinha de ajudar de alguma forma. Comecei a orientar os mais jovens, conversar com os mais velhos, sempre ia aos jogos, sempre com o desejo de ficar bem e ter oportunidade de jogar", completou.

Sempre fui muito comprometido com meus compromissos, tentei dar sempre o meu melhor. Internamente, acho que fiz um bom papel, não à toa recebei esse convite. Agradeço à diretoria pela oportunidade.

Ao lado de Emerson Sheik, vale destacar, Vilson vai dividir as funções que vinham sendo executadas por Alessandro Nunes, também ex-jogador do Corinthians - coordenador técnico e gerente de futebol, respectivamente.

Veja mais em: Vilson, Diretoria do Corinthians, CT Joaquim Grava e Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Em noite abaixo tecnicamente, Timãozinho dá adeus à Copa São Paulo; Vasco fará final contra São Paulo

    Corinthians sucumbe nos pênaltis e cai na semifinal da Copinha 2019

    ver detalhes
  • Léo Santos está de volta ao time titular; Corinthians busca primeira vitória após volta de Carille

    Carille saca Marllon e define Corinthians para jogo contra Guarani

    ver detalhes
  • A saída de Romero do Corinthians | #113

    VÍDEO: A saída de Romero do Corinthians | #113

    ver detalhes
  • Gustagol estará outra vez no comando de ataque corinthiano; Carille leva 21 jogadores

    Sem Boselli e Manoel, Carille relaciona 21 jogadores para duelo com Guarani

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes