Ralf admite erro, pede desculpas e diz considerar expulsão de Cássio como sua primeira pelo Timão

28 mil visualizações 192 comentários

Por Andrew Sousa e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

Ralf recuou mal para Cássio, que acabou sendo expulso por pegar com a mão fora da área

Ralf recuou mal para Cássio, que acabou sendo expulso por pegar com a mão fora da área

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Mesmo não jogando bem, o Corinthians tinha o jogo tranquilo contra o Ceará até a metade do segundo tempo, quando Ralf recuou mal para Cássio e obrigou o goleiro a defender com a mão fora da área, recebendo o cartão vermelho. Com um a menos, o Timão não aguentou a pressão e acabou perdendo por 1 a 0, mas avançou na Copa do Brasil.

Depois do apito final, o volante não fugiu da responsabilidade e admitiu o erro no lance da expulsão do companheiro, pedindo desculpas para os companheiros e para a Fiel.

"Tranquilo. Admito que eu errei, sou ser humano, faz parte. Pedi desculpas na hora, no vestiário e agora diante de vocês. Mas faz parte. Quando erra, erra todos, quando acerta, acerta todos. Não pode ser crucificado por esse lance. Temos que valorizar a classificação que foi de suma importância, independente de ter perdido", afirmou, na saída do gramado.

Leia também:
Cássio diz concordar com segunda expulsão pelo Corinthians e já projeta volta contra o Santos
Em noite de notas baixas, Walter 'se salva' como melhor em campo e Carille amarga pior média
Carille nega que time tenha se acomodado e credita postura do segundo tempo à expulsão e cansaço

Aliviado com a classificação, Ralf entrou na onda da torcida e "assumiu" o lance como seu primeiro cartão vermelho pelo clube - em mais de 400 partidas, o volante é muito valorizado justamente por nunca ter sido expulso com o manto alvinegro.

"Eu considero (minha primeira expulsão), porque foi no momento da recuada que acabei pegando mal para o Cássio. Agora, com a cabeça fria, fica mais fácil. No momento é muito rápido, acabei tomando a decisão errada e resultando na expulsão do Cássio. Peço desculpas mais uma vez", pontuou.

Depois do lance protagonizado pela dupla, cabe ressaltar, Clayson deu lugar ao goleiro Walter, que ainda conseguiu ser importante na partida, fazendo duas boas intervenções antes do apito final e garantindo a vaga do Timão na próxima fase.

Veja mais em: Ralf, Copa do Brasil e Cássio.

Veja Mais:

  • Vagner Mancini mira estreia do Corinthians na Copa do Brasil

    Mancini 'alerta' elenco do Corinthians sobre Copa do Brasil e relembra sucesso pessoal no torneio

    ver detalhes
  • Lucas Piton volta a trabalhar sem restrições no CT Joaquim Grava

    Com Lucas Piton, Corinthians faz treino tático de olho na Copa do Brasil; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Mancini conquistou duas vitórias importantes em três jogos pelo Corinthians

    Corinthians vê risco de queda no Brasileiro cair em 17% após chegada de Mancini; veja probabilidades

    ver detalhes
  • Guilherme chegou ao América-MG em agosto e, até agora, disputou sete jogos; foram quatro anos de vínculo com o Corinthians

    Corinthians reencontra meia do América-MG que custou R$ 30 milhões em quatro anos de contrato

    ver detalhes
  • Mandatário fez promessa de bomba e a Fiel não esqueceu

    Torcida do Corinthians cobra bombas prometidas por Andrés para o mês de outubro; veja tuítes

    ver detalhes
  • Junior Sornoza deve retornar ao Corinthians no fim deste ano

    Sornoza tem casa assaltada no Equador; meia deve retornar ao Corinthians em janeiro

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: